Lembrando que…


…hoje tem a festa Pop Magazine, na Move Music!

1000306_609362792437139_400686915_n

Cata a descrição:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=wYYBf6GcXIo]

Quem nunca imaginou uma noite com o pop invadindo a pista mais agitada do estado??

Vitorinha precisava elevar o pop a um nível que: Paris Hilton aprovaria. Para isso, a Pop Magazine traz toda a realeza do pop para uma festa inédita na Move Music. E para abrir esse novo projeto, convidamos o Thiago Araújo, referência do Pop no país, acompanhado de 4 djs do estado que trarão o melhor das festas pop da terrinha!

Thiago Araujo faz sets irreverentes que, pautados por interação com a pista e hits de todos os estilos, conquistou espaço nos melhores clubes do circuito nacional. Ele dá expediente todos os meses na festa Wallpaper, na The Week Rio, e na badalada festa Chá da Alice, assim como na San Sebastian (Salvador), Victoria Haus (Brasília) e na Off Club (Aracaju). Além disso, acumula diversas apresentações por cidades como Belo Horizonte, Goiânia, Recife, Caruaru, Vitória, Campo Grande e Angra dos Reis!

0sexy

Bom pra caralho, Max!

Ah! E tem promoção na página deles se você entrar NESSE LINK, compartilhar e curtir a página do evento. Não é delicioso?

Então corre que a promoção acaba hoje às 18 horas!

Você já foi abusada no ônibus?


Quarta-feira estava indo pro grupo das beeshas, ou Gepss (Que se vocês quiserem ir, sintam-se convidadas a apareçam no IC-IV às 18h30, sala 21, toda quarta).

Sentei no 507 ao lado de um homem plus size, sim, porque eu gosto de fazer minha boa ação do dia e sei que quem é gordo se sente como aquele rockeiro no clipe Beautiful, da Christina Aguilera

rock rock

Aí tá, apareceu um homem mais velho e parou no banco a minha frente, em pé. Olhei normalmente pra frente, como todo mundo faz pra descansar os olhos enquanto lê, e observei que a neca da cacura tava armada.

link-irado-02e59d7636226fd5fcc8c708acd8552aO primeiro choque foi em saber que um homem daquela idade ainda tinha ereção, mas o mais impressionante foi que ele estava esfregando a mala pronta dele no ombro da racha que estava sentada na minha frente.

Por sorte, ela estava pra chegar no ponto dela e conseguiu fugir do martírio. Mas a viagem mais terrível da minha vida tinha acabado de começar.

O ônibus subiu a terceira ponte e o imundo se posicionou do meu lado do mesmo jeito que se posicionou ao lado da racha.

Começou a fingir usar o balanço do ônibus como motivo pra encostar aquela tripa murcha em mim. No começo eu achei MESMO que fosse só o balanço do ônibus, mas mesmo se eu me afastasse, colocando o ombro pra frente, ele ia com a pélvis até o meu ombro de qualquer jeito.

000003033

Até que ele começou a esfregar freneticamente e minha vontade era a de fazer que nem aquela mulher chinesa que matou o cara apertando os testículos dele. Eu deveria ter reclamado, mas fiquei tão apavorado que a minha única reação foi a de descer do ônibus e pegar o próximo.

Lógico que ao sair soltei um “velho tarado!” bem perto dele.

214_2729-dicesarQuando cheguei no Gepss, o Dé me disse que também já havia passado por aquilo (mas no caso dele o tarado era um boy magia), e que era mais comum do que eu imaginava.

Fiquei curioso em saber como é a reação de vocês diante dessas situações, porque eu já fiz um post sobre isso, mas não teria nem um terço da coragem que a bicha teve para gritar:

“Você vai parar de roçar esse piru nojento em mim ou não? Tá achando que minha bunda é lixa pra você esfregar até gastar, porra?!”

Vocês se afastam, fazem cara feia ou dão bafão e jogam a bolsa no chão? Conta pra mim!

00000111

Como surge a homofobia?


Voltei, delicinhas!

Como disse nesse post, estava no interior do Rio de Janeiro passando o feriado com a família. Mas como eu não valho nada, logo convenci todos a fazerem um passeio pela cidade maravilhosa, com a desculpa de que queria ir ao zoológico (“Mãe, sou bióloga, preciso ver as beesha…OPA, os BICHOS!”)

Até fui, mas de bicho mesmo só vi cobra… em outro post eu conto com detalhes a minha pegação zoológica ao lado da jaula do elefante hahahaha.

amorece

images (1)Mas primeiro, pra deixar vocês curiosas e assim lerem esse post super intelectual, esperando uns minutos até eu escrever o BCG, quero falar de um assunto muito importante: Camisinha Femini…zzzzzzz meu koo.

Não, sério agora, é que eu estou animadíssima por voltar a escrever, senti falta demais de vocês enquanto estava lá. O assunto é homofobia mesmo.

Tanto na ida quanto na volta levei um livro pra ler na viagem: “Diversidade Sexual na Educação: Problematizações sobre a homofobia nas escolas”. Foi meu orientador fofíssimo que me mandou ler como base teórica pro meu TCC.

Enquanto lia essas paradas de Sociologia, que doem no meu ego cientificista, encontrei o texto de uma racha que fala sobre a origem da Homofobia. Afinal, a gente sempre se perguntou o porquê esse povo ter tanta raiva das bee’s, né?

Fala logo, Max!

Fala logo, Max!

O texto é complexo e você pode encontrar clicando AQUI, mas vou tentar dar uma resumida daquele jeitinho que vocês adoram.

Guacira Lopes Louro (que eu vou fazer a íntima e chamar de Guacirão) começa a discussão quebrando todo o caralho e falando sobre a necessidade de reafirmação da heterossexualidade nos meninos. Mas não como uma forma de se considerar hétero, sim evitando ser relacionado ao termo gay.

É, basta observar como a maioria dos héteros mal sabem o que heterossexualidade significa:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=Yaqa8iHbSd0]

Quer dizer, na cabeça dessa galera eles são a “norma” e devem evitar o “desvio” (nós, as beeshas), e somando isso às religiões judaico-cristãs que, quando começaram sua expansão, foram categóricas quanto ao caráter pecaminoso da homossexualidade – lembrando que o termo homossexual surge depois, mas os gregos e romanos já comiam e davam o koo numa boa, só que com outra conotação, o casamento ainda era restrito aos HT’s – temos a merda feita.

Um olho no bacalhau e o outro no gato

Um olho no bacalhau e o outro no gato sem camisa

Ela comenta alguma coisa sobre o processo nas sociedades orientais, mas é basicamente a mesma coisa: ideologia nova cagando regra.

Eu não sei porque eles odeiam tanto as beeshas, mas eu acho que deve ter alguma coisa a ver com a expansão da religião e a necessidade de procriação dos fiéis, já que as gays não faziam filho.

E aí começa uma fiscalização generalizada do cu alheio. Se por um lado criam os meninos para fazer sexo adoidados, por outro devem controlar o contato físico entre eles e as manifestações de afeto entre amigos… porque a gente sabe, passou a mãozinha, o pintinho ficou duro, a bee em formação já bota a boquinha e pronto, cometeram pecado abominável.

Empinando meu edi, mas de uma forma heterossexual

Empinando meu edi, mas de uma forma heterossexual

Claro, tudo isso com muita misoginia, “mulherzinha” pra cá, “frutinha” pra lá, porque é de extrema importância que NINGUÉM jamais pense que você tenha características consideradas femininas e que possam ser confundidas com viadagem.

Com as mulheres isso é um pouco menos marcado, já que se permitem manifestações de afeto e tal, afinal, quem ia determinar com quem a filha ficaria era a família, independente da opinião dela. Hoje a história mudou um pouco, já observaram como as héteras estão mais espertas com as sapas? Acabou a era do peitinho, infelizmente.

- Olha lá as sapas - rsrs

– Olha a cara das sapas
– rsrs

131467052Onde Guacirão quer chegar com isso tudo? Que a heterossexualidade NÃO é a norma! O sistema sabe disso e está com o cu na mão.

Você acha que se a heterossexualidade se desenvolvesse tão naturalmente ela precisaria ser reiterada toda hora? Precisariam de tanto esforço pra fixar na cabeça das criancinhas que meninos não podem se tocar e que o certo é brincar de médico com a menina?

Se isso precisa ser relembrado o tempo todo, ao ponto de virar uma fobia, será que no final das contas não somos todos sexualmente volúveis e só queremos obter prazer?

Até porque, nós já sabemos que o sexo, na nossa espécie, não tem como principal função a reprodução:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=oLVHF9K1JRg]

Durma com esse barulho, heterozinho.

Como sambar na cara das recalcadas em três passos:


Passo 1: Cante com playback numa grande apresentação:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=w3aMUN76C0E]

Passo 2: Seja gongada pela mídia, tenha seu talento posto em xeque, mas admita o que fez:

play

Passo 3: Cante de novo, a mesma música. Mas dessa vez ao vivo e sem nenhum tratamento sonoro:

[youtube http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=3_VkCmnAr4s]

Marília Gabriela, a Gaga faria isso?

gaga

E os boatos se confirmam!


Informação OFICIAL: A nova boate Rouge House, como informou AQUI o Dé, será sim onde era a antiga Heaven e a pré-histórica Moulin Rouge.

Aliás, eu acho que esse negócio de Moulin Rouge é uma lenda urbana. Ela fechou antes de eu completar a maioridade, nem cheguei a conhecer. Mas desde que era uma biluzinha adolescente as beeshas mais velhas falavam da finada e maravilhosa Moulin Rouge, com seus dois andares e camas pros viados fazerem pegação no segundo piso.

Ouvia a tudo aquilo e me sentia o Simba, do Rei Leão, quando o pai dele mostra as terras que pertenciam à família, extasiada! Era um mundo de possibilidades pra uma gay que acabara de dar o primeiro beijo.

Pois é, eles estão reformando tudinho de novo e os dois andares voltarão, mas as camas não. Além disso, a abertura está prevista para dezembro de 2012, no mais tardar em janeiro do ano que vem.

Eu só quero que vocês puxem aí na memória o satanás que era a Heaven/Moulin Rouge. Aquele lugar é abençoado, tudo que abre lá dá certo… mas é perecível, ambas tiveram um fim trágico em pouco tempo.

Bobagem, como disse o Kurt Cobain: “Morra jovem e permaneça belo”

Alguém duvida?