Constrangimentos pós-armário


Super discreta.

Ah, quem já fez seu outing sabe o quanto é libertador sair do armário. Você pode enfim deixar as coisas às claras com os amigos e familiares, contar sobre relacionamentos, lugares e situações sem necessidade de mentir. O problema é que antes de arrasar trelíssima na pinta depois de sair do closet,  você já teve que dar muitas voltas para trucar em outras ocasiões sua viadice. E a memória do povo é boa.

Eu e meus amigos rimos até hoje de quando eu entrei na faculdade e era enrustido. Eu contava meus relacionamentos adaptando as histórias. Quem era homem virava mulher, dar virava comer, etc. As histórias ficavam meio absurdas e se cumpria aquele pacto social “você finge que é verdade e eu finjo que acredito”.

Nossa, para minha mãe eu era o top dos tops na BlowUp (boate hétero de Vila Velha) porque eu dizia para ela que sempre ia lá e deixava subentendido que era para pegar gatchynhash. Mal sabia ela que eu já praticamente fazia ponto na Move Music de tanto dar close lá.

Era só virar a esquina…

Um amigo me contou que na escola passavam a revista de mulher nua entre os meninos e ele ficava lá fingindo que curtia, até fazia aquele barulhinho de pneu furado para ser convincente: Shhhhhhhhhhlipt!

Fora quando a guei para parecer autêntica pega racha: depois que todos descobrem, vira piada! Teve uma amiga minha que ficou com três beeshas enrustidas que depois se assumiram. E ela ficou com má fama, pobrezinha… Mas não era culpa dela, sabe como é, comunicação social…

E você, já inventou histórias absurdas para camuflar sua sexualidade? Fala a verdade, conta pra tchytchya!

BOMBA! Alexandre Frota reafirma ter namorado com o Marco Feliciano


Além de já ter povoado o sonho de 10 em cada 10 bicha, Alexandre Frota – muso da G Magazine, ator pornô e poeta – acaba de ganhar todo meu respeito e admiração. Após ter dito no programa Morning Show, da RedeTV!,  que o pastor e deputado Marco Feliciano foi seu namorado por dois anos, esse gostoso reafirmou a revelação, sustentando a versão no programa Sábado Total. Chora:

“Eu conheço como Dumdum!”

Como não amar o Frotinha, gente?! Gosto dele ainda mais agora.

É claro que é mentira e ele só está fazendo isso pra xoxar o Feliciano, mas acima de tudo demonstra o respeito que ele tem pelo público gay que o admira e segue.

Vilão gay: como não amar?


Ontem (20), estreou a nova novela global Amor à Vida. Todo mundo dando graças a deus por ter acabado a novela da queda livre e na expectativa do boom da aparição de Tatá Werneck no horário nobre da Gluóbo. Mas vamos falar de coisa boa?! Eu já tenho minha personagem preferida, claro:

Tá vilão, tá pintoso, tá divo, tá caricato! ❤

Ele será apenas o simbolo do “Moça, seu namorado é gay!” Hauhauhauhauhuahuahuahuahua. LOOSHO.

“Mãe, eu sou gay!”


Olha que legal este vídeo! Um cara hétero decidiu pregar uma peça na mãe e se assumir gay para ela. Veja que interessante a reação da mãe:

Oooooowwwwwwnnnnnnnn! ♥

Gente, chocado como as mães são TÃO parecidas. Todas as histórias são super semelhantes! Elas sempre ficam #chatiadas, preocupadas, choram, dão conselhos, mas aceitam nossa “”””opção””””. Elas dizem que não era o que queriam, mas sempre nos aceitam porque nos amam. O amor de mãe é incondicional.

Mãe é mãe.

Você que quer e ainda tem alguma insegurança em se assumir, talvez até seja um incentivo. Claro, cada um sabe de sua situação e com o que está lidando.

Mas, como lhe dar com o fato da mãe já ter desconfiado, hein, heterozão? Huahauhauhauhauhauhauhauhaua. #morri

Dica do leitor.