Bichas tocando uma b*ceta pela primeira vez


Um experimento interessantíssimo. Três gays aceitaram passar pela experiência de ver e apalpar uma vagina pela primeira vez. Não é fofo?! ❤

A youtuber Stevie Boebi aceitou servir de “cobaia” para que os três garotos finalmente ficassem frente a frente com uma pepeca.  A experiência era simples: a moça fica de pernas abertas e as gueis tocam a buça com uma luva cirúrgica. Tá em inglês, mas é babado:

anigif_enhanced-buzz-2767-1375397756-18

Uma das gueis já começa falando que nasceu de cesariana e, por isso, nunca teve qualquer contato com pepecas. “Buraco negro”, “balão murcho” e “porta de um armário com algumas cortinas”, foram algumas das impressões. “Achei que aqui fosse mais peludo”, disse um dos rapazes. Aparentemente, todos terminaram a experiência com uma visão positiva sobre a buça e muito mais familiarizadash.

E você, como reagiria a essa experiência?

Ah, tem uma versão similar com sapatões pegando numa piroca, dá pra ver aqui ó.

 

Uma neca dourada!


Estamos aqui para fazer uma menção honrosa a bicha que passou horas para cortar um pedacinho de poucos segundos do filme Garota Exemplar e nos deu um dos gifs mais deliciosos do ano. É essa saborosa cena – que agora podemos ver em um sensual loop infinito – em que o ator Ben Affleck deixa escapulir seus lindos dotes. Apreciem:

COISA BOA PRA VOCÊ, MEU AMOR!

Sim, bicha, tá mole. TÁ MOLE!!!!!!

benNovamente, obrigado a todos os envolvidos. Depois dessa só nos resta cantar:

Não faz a donzela!


Muita bicha faz a like a virgen e fica amarrando edí no primeiro encontro. Bicha, acorda, não faz a Alice! Essa coisa de fazer a pura e casta não cola com mais ninguém. A não ser que a senhora esteja com a chuca vencida – o que justifica o truque -, nunca esqueça daquela máxima: pirocada adiada, é piroca perdida! Ouça o que minha amiga Mônica tem a dizer, ela vai jogar a real na SUA CARA:

Sou dessas: amarrou neca nos primeiros encontros, beijo, tchau e não me liga!

E as senhoras, como lidam com a amarração do boy no primeiro encontro?

Por que cada signo dá a bunda


Pouca gente sabe, mas as estrelas dizem muito porque uma pessoa dá ou não o edí. Vamos ver porque cada signo libera o brioco e vai ser feliz? Qüenda:

porque cada signo dá a bundaPor que o ariano dá a bunda?
Porque alguém foi lá cutucar.

Por que o taurino dá a bunda?
Porque está com preguiça de fazer outra coisa.

Por que o geminiano dá a bunda?
Porque ficou curioso pra saber como era.

Por que o canceriano dá a bunda?
Porque está apaixonado.

Por que o leonino dá a bunda?
Para ouvir elogios sobre ela.

Por que o virginiano dá a bunda?
Porque ela está tão limpinha…

Por que o libriano dá a bunda?
Na dúvida se dá ou não, acaba dando.

Por que o escorpiano dá a bunda?
Porque é sexo, oras.

Por que o sagitariano dá a bunda?
Porque a bunda é dele e ela faz com ela o que bem entender.

Por que o capricorniano dá a bunda?
Porque é de graça, então está de boa.

Por que o aquariano dá a bunda?
Porque alguém exigiu que ele não desse. Humpf!

Por que o pisciano dá a bunda?
Só para arder e depois ele chorar.

Post inspirado em alguns tweets do Dossi.

Passado com a nova do SapaBonde!


PPKGente, não sei se vocês estão preparadas para essa nova música do SapaBonde, “XXT de Ouro”. Ela é tão sapatonesca, tão fanchista que não tem língua que ao ouvi-la não fique dura. A música é um batidão estilo pepeca-ostentação, sobre uma das pererecas mais desejadas de Brasília. Hmmmmmmmm!

Qüenda:

TÔ FÚCSIAAAAAAAAAAAA!

♪ “na universidade me formei em sapatão, fiz mestrado em xereca, doutorado em tesão” ♫

Dessa vez o grupo de funk-sapatista mais amado do Brasil se superou! Que música deliciosa, quanta rima rica, gente!

No site Noisey do Vice, elas explicaram qual foi a inspiração para a canção:

“Nos inspiramos numa viagem que fizemos para Fortaleza em 2010”, explica Carol, que produziu o beat da faixa. “Passamos dez dias nuas e bêbadas na praia, e no meio dessa intimidade toda apelidamos carinhosamente as xanas das amigas, dependendo da depilação. As mais destacadas foram Fidel e Hitler”.
A intimidade virou concurso para eleger a perseguida mais bela da turma, com a própria Carol no papel de jurada. “Depois de analisar bastante, houve um empate entre as gêmeas do Bonde. Afinal, melhor que uma xxt, são duas xxt iguais!”, celebra.
A letra, escrita pela Luara, se inspirou ainda em outra das Sapabonde, Nina, que vivia com as unhas douradas. “Nos intrigava saber quem era a menina com a xoxota de ouro que a Nina vivia comendo”, brinca.
Delícia, né non?

Um ponto para o time das VIADAAAAAAS!!!


Babado!!! Não tem aqueles pregadores evangélicos inconvenientes que vem prometendo o inferno a todos que estão dentro dos transportes coletivos e que transformam qualquer viagem em um verdadeiro purgatório, pregando o ódio e a homofobia?! Então, bee, uma gata nova-iorquina não deixou barato e grudou no pastor no subway de lá e disse umas boas verdades para ele. E é aplaudidíssima.

Se delicie:

Eu gosto daquela parte em que o falso profeta diz: “Homem gay não. Você é uma bicha. Se eu não fosse pastor e visse você, e não sendo da igreja, eu pegaria minha escopeta”. E a bee responde: “Não, essa não é a era do ódio. Jesus me ama. Jesus me ama”. Fiquei esperando depois disso começar a tocar “Born This Way” e todos no metrô fazerem a coreografia, num flashmob de gozo amor e alegria em que todos iam terminar abraçado. Algo assim:

Um sonho.

Via Pragmatismo Político.

O beijo que pesa como uma bomba


Beijo Felix

Parecia final de Copa do Mundo, Brasil e Argentina. As bichas todas reunidas em volta da televisão, tomando uma cervejinha e comendo uns quitutes. Toda vez que o Félix e o Niko ficavam um pouquinho mais juntos todo mundo gritava ao mesmo tempo, uma loucura: “AI, MEU DEUS, AGORA VAI!” “VAI, VAI, VAI!”, “BEIJA LOGO, GARÁLEON!”. Um nervosismo…

[Afinal era o final da novela Amor à Vida e pela primeira vez a emissora de TV mais popular e tradicional do país, a Globo, havia dado sinais de um possível beijo entre dois homens em uma de suas novelas – verdadeiros monumentos da cultura de massa nacional – o que até então era um tabu (em 2005, na novela América, um beijo gay chegou a ser gravado, mas foi vetado de última hora). Ou seja, bizarramente, era um momento histórico na televisão do Brasil, desses de contar pro netos, “eu tava lá”, quando reexibido na retrospectiva de 2050].

Ai foram todas aquelas cenas de final de novela, gente casando, gente parindo, gente reunida e festejando… As gueis ansiosas, viravam especialistas em teledramaturgia e ficavam comentando os furos no enredo, como o naquela cena bizarra dos comparsas da Aline entrando com um bolo (um bolo, gente!!!) INTEIRO, ENORME, dentro do presídio! rs. Todos ficaram chocados (desculpa pelo trocadinho infame) e amaram a morte da vilã. Foi inédita e inovadora. Depois veio aquele monte de cena de perdão ao Félix. No fim das contas, o enredo na novela tornou-se a redenção desse personagem.

O capítulo da novela já ia para mais de duas horas, quando Félix e Niko, na sua casa de praia riquíssima – onde moram com seus filhos e com o Cesar, pai do ex-vilão -, ficaram sozinhos… Aquela tensão já tomou toda a sala, ficamos todos em silêncio, mãozinhas dadas, vidrados na telinha. Os dois se aproximaram e o personagem do Thiago Fragoso passou os bracinhos em torno do pescoço do personagem do Mateus Solano. Já pensei: se for para ser vai ser agora. Um misto de esperança e de ódio me consumiu, pois se com aquela ação eles ainda não se beijassem seria muita filhadaputice da Globo.

Os dois se entreolharem, cada um com a cabecinha levemente virada para o lado e Félix disse emocionado: “Eu não vivo sem você, Carneirinho”. Daí eles foram se aproximando e…

*BOOM*

*BOOM*

Os viados ficaram loucos. Gritavam, pulavam, soltaram fogos. Todo mundo saiu na varanda ensandecida fazendo barulho comemorando a grande vitória. PUTA QUE PARIU!!!!! Filmei nossa reação quando houve o beijo, cata, mona:

Como esperado, o beijo caiu como uma bomba no país. As redes sociais foram tomadas de reações a cena. Muitas positivas e lindas! O dia 01 de fevereiro acabou virando o Dia Nacional do Beijo Gay. Uma onda de amor tomou o país! ❤ Pessoas se abraçando, dando beijaços, compartilhando mensagens de respeito e defesa a homoafetividade. Muitos perfis do face foram trocados pelo frame da cena do beijo. Foi coisa linda de se ver.

No outro dia TODOS os reacionários nacionais e locais estavam aos jornais esbravejando, ameaçando (alguém me explica porque quando o tema é gay NECESSARIAMENTE a fonte ouvida é um religioso cristão?). Quanto mais eles ficavam nervosos mais as gays gozavam de amor e alegria:

Um dos melhores tuítes, aos reacionários foi este:

E claro, teve autor de novela que ficou queimadíssimo. Lembram disso:

Aguinaldo Silva Sobre Beijo Gay

“Tá feio, tá eshcroto”

É aquilo, né, quem nasceu para Clô, nunca vai ser Félix. Beijos, Gui!

Enfim, algumas considerações sobre o beijo:

  1. Foi tardio: o fatídico beijo-gay-na-novela-da-Globo veio super tarde. Tão tarde, mas tão tarde que nem soou mais como algo revolucionário, moderno, etc. Não havia nada de avant-garde nele. Soou mais como uma corrida atrás de um tempo perdido, a emissora perdeu o timming da mudança de costumes na sociedade e transformou a coisa em algo muito maior do que precisava ser. Mas, antes tarde que nunca, né?
  2. Foi elegante: a Globo cumpriu o que prometeu. Querendo agradar gregos e troianos, a cena foi exatamente como anunciada, não foi apenas um selinho chocho, mas também não foi um beijão de língua ultra-erótico. Ficou uma cena de bom gosto que não fez ruir a tradicional família brasileira.
  3. Foi político: é ingênuo acreditar que não há articulação entre política, afeto e cultura de massa. Os discursos estão aí circulando e modificando a sociedade. Cenas como essa vão naturalizando as relações LGBTs e, se não aprovadas, pelo menos estimulam o respeito às diferenças.

O mais lindo foi que logo após o beijo veio aquela cena lindíssima do Félix e do César, observando o pôr do sol, ambos se perdoando. Foi lindo pois lembrou a todos – logo depois do beijo – que o gay tem uma família e que muitas vezes ela é, antes mesmo da sociedade, seu próprio inferno particular. Acabou que essa cena foi mais importante e emocionante que o próprio beijo e deu a sustentação afetiva para a cena anterior.

felixpai1 felixpai2

felixpai3 felixpai4

felixpai5 felixpai6

felixpai7 felixpai8

felixpai9felixpai10

Foi um final de novela lindo como a muito tempo não se via. É inegável que a cena só ficou tão perfeita e emocionante (quem não chorou tem uma pedra no lugar do coração) graças ao talento, experiência e sensibilidade de um Mateus Solano e de um Antônio Fagundes. Para vocês entenderem o peso que a cena teve leia esse relato de um gay a uma colunista do IG (um dos vários que surgiram na rede):

“…estavam todos na sala… eu no sofá quando o Felix beijou o carneirinho… Silêncio… Fiquei quieto também pra não dar motivos, embora estivesse fazendo a drag por dentro… Mas a cena final, do Felix e do César, eu não aguentei, veio um choro descontrolado que estava preso esses quatro anos que não falamos direito.., estava total descontrole… dai veio minha mãe com a cara  inchada de chorar me abraçar e meu pai do outro lado segurou minha mão e pôs a mão em volta do meu ombro… Não falamos nada! Na hora de dormir, o Felipe (irmão) entrou no quarto, deu a mão e quando eu ia apenas apertar, ele me puxou, deu um abraço e disse que ele sempre vai ser meu irmão. E chorei de novo… Pela primeira vez não dormi no inferno” (FONTE).

Nossa, para nós blogueiros gays foi um alívio agora toda a vez que começar uma novela com personagem gay não vamos precisar ficar perguntando “será que vai ter beijo gay bla bla bla”. Nossa, tirou um peso das costas. rs

Mas a luta ainda não acabou, minha gente: queremos agora um beijo gay numa novela BOA! rs #fikadika, João Emanuel Carneiro!

Que isso, gordinho, que isso?!


Crossfilia: Fetiche em transar com motos e outros objetos motores.

Ou isso:

ines parece uma pornô

Mas a culpa é da moto que sai por aí toda insinuante. #ironia

Cada um com seus fetiches, néam?!

——————————————-

UPDATE: No grupo do Babado Certo no Facebook (já entrou lá, viado?!), alguém muito sagaz catou a inspiração do rapaz:

♪ “Bound to fall in love… ahan, honey” ♫

[+18] Um é pouco, dois é bom


Vocês já ouviram falar no cara conhecido como DoubleDickDude? Isso mesmo, suas aulas do CCAA estão corretas: é um cara com DOIS pênis. O cara afirma que os dois são funcionais, ou seja,  ele ejacula e urina por ambos simultaneamente.

Isso mesmo, goza pelos dois!!!

Aparentemente ele “sofre” de uma condição conhecida como diphallia ou duplicação do pênis.  Houve apenas cerca de 100 casos deste no mundo, com a ocorrência de cerca de 1 em 5,5 milhões de homens americanos.

Alguns dados sobre o rapaz :

Ele comentou que sempre foi humilhado na escola, mas mesmo com todas as piadinhas ofensivas, nunca pensou em fazer uma cirurgia para remover um dos órgãos: “Eu sempre soube que eu tinha um extra quando era mais jovem e nunca foi um problema”, disse.

“Minha mãe reforçava a minha auto-estima dizendo para mim que todos os outros meninos tinham apenas 1 e eu tinha 2, portanto, era alguém especial”, acrescentou.

Ele comentou ainda que na adolescência teve um problema na uretra no lugar onde ela se divide em 2 para ir para o pênis direito e esquerdo. Exatamente nessa intersecção houve um pequeno “entupimento” e ele precisou de ajuda médica através da inserção de cateteres para esticá-la e abrir melhor a passagem da uretra.

O rapaz disse ainda que às vezes tem algum incômodo, pois a pele que fica entre um e outro é mais sensível do que deveria. Segundo ele, ir num banheiro público só é possível se for nas cabines, pois urinar nos mictórios seria um grande problema de falatórios.

Ao urinar, ele precisa ficar atento porque o músculo controla a saída de urina em cada pênis, mas eventualmente pode sair pelos dois ao mesmo tempo. Sua próstata costuma ficar inflamada se ele não ejacular completamente porque ele recebe estimulação dupla dos dois pênis, o que provoca grande produção de líquido seminal.

Em um papo muito descontraído para saciar a curiosidade das pessoas que nunca ouviram falar sobre isso, ele também revela detalhes de sua vida íntima: “Varia de menina para menina. Algumas dizem que isso é falso e estou mentindo. Algumas ficam apavoradas, mas na média tudo acontece bem, até porque hoje não tenho mais relacionamentos sexuais casuais por não gostar da sensação de vazio que dá no dia seguinte”.

Pra te deixar ainda mais intrigado, fique sabendo que ele se diz bissexual e hoje está namorando um casal. Esse casal já era namorado antes de conhecê-los e firmar uma relação estável (via Superpride).

Ah, claro e as fotos dele:

BdFq_-gCMAApH_q dd1 dd2 doubledickdude Double-Dick-Dude-2

Encara?

——————-

Vale lembrar desse pornô clássico: “O homem de dois paus”.

Quando eu era jovem minha mãe me disse que todos nós éramos superestrelas


Eu acho que viado tinha que ter desconto em companhia aérea, porque a medida que mais interessa a nós não são centímetros de piroca, mas a quantos quilômetros a piroca desejada está da gente. E assim, eu fui passar a virada de ano acompanhando um boy hipster, desses que cortam o cabelo colocando a cabeça no liquidificador, num barzinho imundo da Liberdade. Não que ele valesse muita coisa, é que ele só me disse uma palavrinha mágica: ka-ra-o-kê.

não há nada que me deixe com os mamilos entumescidos mais do que a palavra “karaokê”

Quando ele me falou isso, não pensei duas vezes na quantidade de quilômetros ou de parcelas no meu cartão: joguei a minha edição especial da Nova sobre os cinquenta tons de calcinhas champange que iam fazer sua chimamanga ter uma espumante virada de ano e saí correndo em direção à rodoviária voadora de Vitória tão rápido que até me esqueci deste pequeno acessório indispensável para algumas notinhas no Ego.

Nenhuma calcinha, porém duas perucas que a gente nunca sabe quando vai precisar, não é mesmo?

Chegando lá, minhas amiguinhas, só pensava naquele cardápio musical e já me deliciava com aquelas páginas tão grudadinhas quanto as da minha edição especial da G Magazine com um encarte especial do Vampeta. Enquanto eu me decidia se encarnava Dira Paes e me jogava numa canção de Alcione ou se prestava um tributo à música pop saindo de dentro de um bolo cantando Too Little, Too Late, uma senhoria de meia idade passou na minha frente, agarrou aquele microfone de forma fálica e já engatou nada mais, nada menos que… E.VA.NES.CEN.SE

BRIIIIIIIIIIIIING ME TO LIFEEEEEEE

Naquele momento, fui carregada diretamente para minha adolescência, bebendo sangue e tomando benflogim no píer do Shopping Vitória.

Óbvio que não pensei duas vezes e iniciei um dueto com aquela mulher misteriosa, tão cubista quanto um pokémon, que terminou num delicioso beijo molhado entre vaias e aplausos de uma platéia composta por traficantes de órgãos, donos de pastelaria, três power ranges e o Yudi.

não à toa, já apelidei um namorado com gengivite de Sharon Needles

Na hora que desci do palco, um amigo do boy praticamente fez uma cena, quis levantar, quis ir embora, não queria estar ~exposto daquela maneira que eu e minha perna mecânica fizemos. Gente, faz um favor. Sabe por que viado ama música, adora ficar com dor de garganta pra poder virar a Ana Carolina? Música é expressão e nesse mundo tão chato, tão cheio de bichinha com não me toques, é em cima desse palco gostoso que você pode mandar seu gênero, seu peso, sua cor, sua idade, dois hambúrgueres, queijo, molho especial, cebola, picles e um pão com gergelim às favas e ser nada menos do que você.

no outro dia, a gente pode até acordar com uma ressaca daquelas, pedir água, bate pezinho, mas esse papo de ressaca moral por dar show em cima na bancada é mó caô

Todo mundo deveria descer mais do salto, subir em cima da mesa, inventar a própria coreografia até para jingle de campanha política. Sabe, viado que canta, os males espanta. Não tenha medo do mico, amiguinha, porque você já está em cima do palco: as atenções se voltam pra quem é extraordinário, pra quem quebra a expectativa das tias e das namoradinhas, dos colegas do trabalho e suas piadinhas sem graça. O show é seu, minha amiguinha. Pára de ser chata e vá em frente.

insane-in-themembrane:☾♡☽

requebra, requebra, requebra, aí sim, pode falar, pode rir de mim

Eu mesma fui. E fui de novo. Dei show. Se tem uma coisa que eu aprendi, meu amor, é que quando a vida te faz dublar pela sua vida, é melhor você não fuder com isso tudo pra cima. Afinal, se você não pode amar a você mesma, como quer amar a mais alguém. Posso ouvir um amém?

E só posso dizer, arrasei no Per Amore, viu.

Desculpa se eu desafinei um pouquinho. E você, amiguinha, se chegasse a sua hora de dublar pela sua vida, qual a música que você escolheria? Aproveita aí os comentários e se joga. Quem sabe a gente não faz um dueto no 20Cantar?

[+18] Roni do BBB 14 se masturbando na webcam


Mal saiu da lista da 14ª edição do Big Brother Brasil e já tem sextape de participante! Quem já vazou na net é participante Roni, tido como um misto de

Roni

Ele que é modelo, paulista, tem 27 anos e que tem tudo para ser o galã dessa edição, ao contrário do ex-participantes Jonas e Yuri, acabou decepcionando no vídeo. Veja:

BBB pelado

Clique na imagem para ver o vídeo.

O rosto é bem, corpo é bem,  a performance é bem. A neca é média.

Fica a dúvida: a produção do BBB tem procurado os participantes no xvideos?

——————————————

UPDATE: Acaba de vazar OUTRO vídeo do Roni, assistam (se ainda restou interesse/curiosidade) AQUI.