SUAS CASAMENTEIRAS!!!


Do Século Diário:

Casamento gay vitória ES

Isso mesmo, gatinhas, Vitorinha é a QUARTA capital brasileira em registro de uniões, com um casamento a cada três dias!!!

É isso aí, continuem casando, mostrando para a sociedade que podemos exercer nosso direito de amar e viver nosso amor com todos os direitos civis que assistem aos casais segundo a lei.

Mas não esqueçam de convidar as amigas para a festinha, hein?! A gente adora um after, prometemos nos comportar…

tim tim gif tumblr_mhpw53WSQF1ry6msio1_400 tumblr_mhpy1jUSty1ry6msio1_400quédizê.

 

AÊÊÊÊ!


941113_612374018790128_471638143_n

Sim, você não leu errado, agora é casamento em vez de união estável! Você não precisa mais ficar 2 anos com o boy pra dar aquele golpe do baú gostoso.

Não tem Silas, Valdomiro, Feliciano ou nenhum outro capeta que breque a evolução da sociedade.

A resolução aprovada pelo CNJ diz que: “É vedada às autoridades competentes a recusa de habilitação, celebração de casamento civil ou de conversão de união estável em casamento entre pessoas de mesmo sexo”

Veja a matéria completa clicando AQUI.

Dica de dois leitores, então ninguém ganha crédito hahaha

07 leituras sobre o caso “Veja” e as cabras


“Adoro espinafre!”

Essa semana a revista Veja finalmente abriu um alçapão e dirigiu-se ainda mais fundo no poço em que há anos está afundada. Não é de hoje que ela vomita imbecilidade e ignorância direitista na cara da sociedade brasileira, travestindo-se de uma moral que ela não tem.

Quem tem facebook e segue pessoas minimamente informadas deve ter recebido trecho do artigo do colunista J. R. Guzzo, baixo, até para os padrões da Veja. Cata:

 O artigo completo está aqui para que tirem suas próprias conclusões.

“Toma, Veja!”

A questão da vez é que lapso tempo-espacial houve, que chegamos ao ponto de uma publicação que se diz “séria” poder afirmar tamanhos impropérios claramente homofóbicos e idiotas – desculpa, é idiota sim -, como comparar “não gostar” de bicha, a não gostar de espinafre, ou ainda associar o direito ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, a casamento entre pessoas e animais.

A revista tem responsabilidade jurídica e financeira e tem consciência da postura política que seus leitores tem, pois sabe que não haverão protestos do tipo cancelamentos em massa de assinaturas e que os anunciantes continuarão mantendo seu faturamento. Ou não?! Ou seja, o problema é infinitamente maior que o artigo em si. O problema é o que o mantém impresso naquelas páginas!

Em protesto ao texto algumas pessoas – EU! – trocaram a foto do perfil por foto de uma cabra.

Muita gente foda indignada com a Veja, como nós ficamos, escreveram sobre o assunto. Em vez de replicar tudo, nós separamos os melhores e vamos botar os links aqui, para que vocês se informem, criem suas próprias opiniões sobre o tema e tomem as atitudes que melhor lhes convier.

Sete bons textos para ler sobre o assunto:

1. “Veja que lixo!”, por Jean Wyllys.

2. “Não é só homofobia: 10 erros do texto ‘Parada gay, cabra e espinafre’ publicado na Veja”, por Manu Barem.

3. “Artigo na Veja sobre gays, espinafre e cabras me deixou cabreira”, por Lola Aronovich.

4. “Veja? Pense! uma crítica sobre o artigo preconceituoso publicado na revista Veja”, por Besha Má.

5. “A falácia da falsa discriminação”, por Carlos Orsi.

6. “A @veja não entende nem de panelas, que dirá paneleiros”, por Carlos Cardoso.

7. “A Essência do preconceito 2 – a missão”, por Madrasta Má do Texto Ruim.

E ainda tem o tumblr “Cabras para casar“! rs.

Agência de viagens divulga comercial LGBT


Eu vou contar uma coisa pra vocês: quando vejo esses vídeos de beeshas fazendo declaração de amor meu koo nem pisca, porque homem com homem não me emociona.

Acho feio, acho bruto e acho sem graça todo esse comportamento comedido deles ao demonstrar sentimento.

Mas sapas casando… sapas casando ME QUEBRAM tanto quanto assistir ao final de Beethoven! Vamos então chorar juntinhas?

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=jUabxJXMfbo]

OPA! Desculpa, gente, que distraída que eu sou, segue o vídeo correto do casamento:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=wALxbX-mw7s]

Ó, que lindo, deu até vontadinha de jogar sal arroz pra desejar boa sorte:

Segundo o site Administrador.com, foram 8 mil compartilhamentos, 30 mil likes (as encubadas só curtem, pra não dar pinta) e 4 mil comentários, sendo somente 30 homofóbicos.

Isso quer dizer que pelo menos lá pra cima as pessoas estão começando a mudar pra melhor 😉

Dica do Alexandre

Hoje é dia da vitória do amor!


No jornal ‘A Tribuna’ de hoje:

Sim, hoje acontece o primeiro casamento gay do estado. Na verdade, é um casamento lésbico, das lindas Ediana Calixto (23) e Kamila Roccon (20). Não é união civil não. É casamento meeeeeeeeesmo! Saiba mais aqui.

Não é lindo, não é romântico? Não soa como uma pequena vitória para a causa LGBT? Não dá aquela sensação de que o mundo ainda tem jeito?

Sabe como eu fico lendo essas coisas de casamento? Assim ó:

Então, não me julgue piegas por postar aqui a música do Jeneci, tá? Fico todo bobo, todo molinho. Open your heart, baby:

Ai, como o BC anda romântico, né?

Via Diego Herzog.

Edmeire is back!


Falei de Edmeire aqui na semana passada, lembram?

Pois é, a nossa amada revolucionária voltou a agir ontem, clique na imagem abaixo e cata o que aconteceu:

Nem confiança

Edmeire está cada vez me conquistando mais. Aliás, foi só eu ou vocês também acharam Edmeire mais bonita que muito boy magia de Vitorinha?

Vou te contar, se eu fosse pensar nos ativos que já tive o desprazer de pegar, ela estaria no meu top 10.

Agora imaginem se, num universo paralelo, ela realmente fosse um caso antigo de Dilmão, e essa história estourasse no Fuxico?

Silas Malafaia arrancaria todos os cabelos do edi na pinça!

Dilmão quando viu Edmeire chegando

Dica do Will

♫ “Exatamente como você é” ♪ – Pedido de casamento gay emocionante


Talvez eu esteja sensível, mas acho que qualquer um que tenha coração e tem (ou sonha encontrar) seu amor, vai ficar arrepiado, ou, como eu, chorar com este vídeo tão singelo e fofo, que diz antes de mais nada que “sim, o amor entre iguais é possível”:

OMG! Eu depois de ver o vídeo:

Pode parecer brega, cafona ou sei lá. Mais é tão lindo, tão romântico. E que casalzinho lindo, né?! Isso é amor, conhecer o outro, saber agradá-lo e ter essa vontade de querer estar junto para sempre. Oooooooooooowwwwwnnnnnnnnnnn! ♥

Espero que sejam muito felizes!

Via Ursos do ES.