Bafinho: Darkroom é coisa do passado


É, meninas, parece que foi-se o tempo em que as bee’s precisavam se esconder em banheiros e darkrooms para copular.

Ninguém tá vendo…

Hoje uma gay me contou que na última Happy Monday, no Celebration, uma bee “surfista” e um boy de formas pouco convencionais, foram vistos em posições um tanto estranhas dentro da piscina do cerimonial.

Segundo a bee informante (e mais outras que vieram confirmar a história), a surfistinha era jogada de um lado para o outro dentro da piscina, prensada na parede, e por pouco não desenvolveu uma Hérnia de Disco, de tanto que foi dobrada. Tudo isso enquanto ela sorria e gritava.

Ai, coitadinha!

Dizem que os gritos lembravam os gatos de rua na madrugada: você sabe que estão fazendo sexo, mas o som é como se o gato estivesse matando a gata de dor…

…e realmente está, do ponto de vista biológico, mas não vou entrar em detalhes, porque segundo o Dé, eu acabo com toda a magia do sexo quando dou um parecer biológico, e a cada vez que faço isso um ativo em Vitória entra com o nick de “Passivo_JP” no Chat Uol.

Não quero ser responsável pela extinção de nenhuma espécie ‘Criticamente em Perigo’.

Só faço na Lagoa de Ponta da Fruta