Procura-se casa para alugar na Ponta da Fruta


Por motivos de: TERÁ UMA LINHA CHAMADA 666 ligando o Terminal de Itaparica à Ponta da Fruta ❤

Só os iluminati satanistas curtem

Só os iluminati satanistas curtem

meia meia

Clique para ampliar

Essa notícia é extremamente irrelevante, mas vocês não sabem por quantos anos eu sonhei com essa linha do Transcol.

Eu tenho quase uma centena de piadas para se fazer com a relação entre satanás e transporte público, toda vez que eu for pra Ponta da Fruta agora terei praticamente metade de um post já pronto com piadas dessa categoria.

Sem contar o close maravilhoso que vai ser tirar uma foto com esse ônibus vindo na minha direção e a legenda “Partiu, Black House” :X hahahahah.

tumblr_mxvg0xhul51qasdemo4_250

Você já foi abusada no ônibus?


Quarta-feira estava indo pro grupo das beeshas, ou Gepss (Que se vocês quiserem ir, sintam-se convidadas a apareçam no IC-IV às 18h30, sala 21, toda quarta).

Sentei no 507 ao lado de um homem plus size, sim, porque eu gosto de fazer minha boa ação do dia e sei que quem é gordo se sente como aquele rockeiro no clipe Beautiful, da Christina Aguilera

rock rock

Aí tá, apareceu um homem mais velho e parou no banco a minha frente, em pé. Olhei normalmente pra frente, como todo mundo faz pra descansar os olhos enquanto lê, e observei que a neca da cacura tava armada.

link-irado-02e59d7636226fd5fcc8c708acd8552aO primeiro choque foi em saber que um homem daquela idade ainda tinha ereção, mas o mais impressionante foi que ele estava esfregando a mala pronta dele no ombro da racha que estava sentada na minha frente.

Por sorte, ela estava pra chegar no ponto dela e conseguiu fugir do martírio. Mas a viagem mais terrível da minha vida tinha acabado de começar.

O ônibus subiu a terceira ponte e o imundo se posicionou do meu lado do mesmo jeito que se posicionou ao lado da racha.

Começou a fingir usar o balanço do ônibus como motivo pra encostar aquela tripa murcha em mim. No começo eu achei MESMO que fosse só o balanço do ônibus, mas mesmo se eu me afastasse, colocando o ombro pra frente, ele ia com a pélvis até o meu ombro de qualquer jeito.

000003033

Até que ele começou a esfregar freneticamente e minha vontade era a de fazer que nem aquela mulher chinesa que matou o cara apertando os testículos dele. Eu deveria ter reclamado, mas fiquei tão apavorado que a minha única reação foi a de descer do ônibus e pegar o próximo.

Lógico que ao sair soltei um “velho tarado!” bem perto dele.

214_2729-dicesarQuando cheguei no Gepss, o Dé me disse que também já havia passado por aquilo (mas no caso dele o tarado era um boy magia), e que era mais comum do que eu imaginava.

Fiquei curioso em saber como é a reação de vocês diante dessas situações, porque eu já fiz um post sobre isso, mas não teria nem um terço da coragem que a bicha teve para gritar:

“Você vai parar de roçar esse piru nojento em mim ou não? Tá achando que minha bunda é lixa pra você esfregar até gastar, porra?!”

Vocês se afastam, fazem cara feia ou dão bafão e jogam a bolsa no chão? Conta pra mim!

00000111

#Rapidinhas: A solução de seus problemas


Tá preocupada com seu futuro porque não consegue arrumar namorado? Tá com medo de passar o resto da sua vida sozinha criando sete gatos? A Transcarioca tem a solução:

O grande problema é a galera que a gente vê no Transcol nos dias de hoje, né? Tanta gente bonita por dentro que o único que salva é o trocador.

Aliás, eu já falei aqui sobre o quanto eu estou amando essa nova frota de funcionários da Ceturb? Me apaixono a cada viagem, vai chegar um dia que eu vou entrar no Transcol solteira e sair grávida, com um anel de noivado.

Basfond no Transcol [3] – Edição do leitor


A edição desse Basfond do Transcol é de um leitor que contou sua história pras amigas no Facebook e me marcou na publicação. Vamos acompanhar?

Antes de tudo, uma pergunta pras bee’s que fazem Letras-Bajubês: O que é nanã?!

You wanna be on top?!

You wanna be on top?! (brbrbrzzzzz brbrzzzzz: barulho de choque)

Sobre o bafo, adorei a atitude da senhorinha, apesar de achar que esses pequenos momentos de sensualidade só tornam o Transcol um ambiente mais harmônio e interessante, não é meishmo?

Eu mesmo sempre sensualizo com as pessoas que passam do lado de fora, é tipo um hobby. Fico sentado na janela, com meus olhos negros e enigmáticos, até que um boy lá na rua acaba olhando. Aí eu faço aquele olhar de Tyra Banks, na abertura de American’s Next Top Model, e conto quantos segundos consigo fazer com que ele me acompanhe.

Tentem! É ótimo pra auto-estima quando eles torcem o pescoço que nem uma coruja.

Como pegar um Transcol


Uma de nossas leitoras assíduas, sempre muito antenada com possíveis posts sobre a noite de Vitorinha, estava na sua casa, foi até a janela fumar um cigarrinho e deu de cara com várias bee’s utilizando técnicas infalíveis para pegar o Transcol, naqueles horários mais difíceis:

Cachaça é foda, e o pior é que eu super me identifiquei, já fiz posições sexuais INÚMERAS vezes na Orla de Camburi depois de sair da Move… e vou te contar que JÁ consegui carona assim, tsá, bêu abôr!

Pra esses casos, a prefeitura deveria colocar uma placa na frente, escrito assim:

“SENAS” da noite capixaba #14


No Transcol. Dois jovens cafuçús héteros conversam sobre trabalho. Um deles lamenta a falta de emprego com o brother. Diálogo:

– Eu estou lá na Embratel. Lá é maneirinho, tem sempre vagas, o salário é razoável, você pode trabalhar a noite e tem vários benefícios.

– Eu não! Lá só tem emo, bicha e sapatão.

– Ai, nada a ver…

Minha reação:

“Não sei de nada…”

BAFÃO: Rebuceteio no Terminal de Vila Velha


Aconteceu no domingo:

Iza sensualizando na Pool Party

Segundo testemunhas oculares, várias sapas estavam curtindo a festa Black House, na Prainha, que diga-se de passagem, depois que saíram do Ibes e mudaram pra lá, tenho escutado ótimas críticas quanto ao local.

Acontece que uma das sapas desse grupo de anfíbias começou a dar em cima da namorada de um boy hétero que estava lá, o lugar ficou pequeno e uma briga coletiva se iniciou. Até porque, a gente sabe como é sapa quando briga, não querem nem saber quem tá errado, já chegam de voadora e garrafa quebrada na mão. A graça está em liberar a testosterona acumulada.

Fujam!

Enfim, provavelmente essa sapa foi expulsa do evento e, puta na paulista, saiu com todas as suas amigas em direção ao ponto de ônibus… Lembrando que esse grupo somava a quantia de 20 fanchas… PENSE no perigo!

No ônibus, todas as vinte pularam a roleta, e o motorista, indignado, se negou a seguir viagem.

Resultado: 20 sapas viradas no Saci pulando amarelinha, quebrando tudo dentro do Transcol!

Obviamente o motorista foi até o Terminal de Vila Velha e chamou a polícia. Aí o bicho pegou, com direito a agressão física, algumas prisões e muito pacote de Sal Globo para conter os ânimos.

Depois falam que o mundo vai acabar esse ano e ninguém acredita nos sinais… quem nunca ouviu falar dessa passagem:

As rãs sugiram no Nilo e em outros volumes de água, vieram do lodo dos pântanos, local onde as águas brotavam. As pragas das rãs infestavam o Egito, adentrando nos cômodos, nas camas, fornos, tigelas, não só das habitações do povo Egípcio, mas também do Faraó e de seus oficiais.

Êxodo 8.1-15

Elas estão só começando…