D’A Tribuna #2: Sô ryca, garaleon!


Hoje (19/04), editoria de ‘Cidades’, página 19:

Tsá, meu bein?! Pavarô!

Estou aqui para provar que não é preciso nada de tanta riqueza pra ser bunita, feminina e glamourosa, desmistificando ao  mostrar a última vez que me montei, quando gastei no máximo 20 arô, qüenda, beu abôr:

Quédizê… deixa pra lá.

Smartão!


Daí que você está lendo a Folha e se depara com essa manchete:

Um homem acusado de tráfico de drogas fugiu da delegacia de Penedo (156 km de Maceió) nesta quarta-feira (4) vestido de mulher (…) “Vestido de mulher, com unhas pintadas, pernas e braços depilados, peruca e usando vestido comprido, o preso chegou a sair da carceragem. Ainda disfarçado, ele foi recapturado”, contou Carlos Welber, chefe de operações da 7ª Delegacia Regional.

Então você pensa: “Mor esperto esse bandido, arrasô, fez igual filme, igual desenho animado. Fiquei curioso pra ver como ficou, vou clicar na matéria pra ver o quanto ele ficou feminino e convincente pra sair do xadrez”. Click!

HAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA

HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUHA

UHAUHAUHAUHAUHAUHAHAUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAH

HAUHAUAHUAHUAPUTAQUEPARIUHAUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAH

UAHAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHAUHUAHAUA…

#morri