A profundidade do ser passivo e ativo


Papo cabeça sobre os papéis sexuais gays. Aqüenda a mona:

Adorei essa visão de pensar esse tema a partir de uma perspectiva da arte, mitologia e psicologia. É mor chata essa disputinha entre ativos x passivos x versáteis, não só na vida sexual, como também na forma de agir, já que para muitos o comportamento define a “posição” da guei na cama. Olha eu por exemplo, sou feminina e no entanto sou… é, deixa pra lá…

Enfim, muito blá, blá, blá pra dizer que ativo mete e passivo dá e que todo o resto é preconceito/construção cultural.

Essa discussão lembra aquele post que fizemos para escalonar os passivos e ativos, lembram? 

30 comentários sobre “A profundidade do ser passivo e ativo

  1. Não entendi o que ele quis dizer com oposto e complementar, opostos também podem ser complementares (na maioria das vezes são), aliás, tudo que ele falou que se complementa são na verdade opostos: “bruto e delicado, toma a iniciativa e espera a iniciativa, calmo e agitado”

    Enfim, falou e falou de rótulo, mas no final rotulou todo mundo do mesmo jeito e estabeleceu um padrão lógico para que um relacionamento seja perfeito. Não adianta pregar contra a taxação e logo após criar listas em cantos da tela e influenciar os telespectadores a se rotularem.

    Ou seja, criticou a heteronormatividade, mas a única coisa que ele fez foi tirar os sexos dessa normatividade e atribuir as mesmas características sexistas de dominador e dominado às partes da relação.

  2. “Se você não é capaz de explicar de forma simples, não entendeu o suficiente” Albert Einstein.

    Se Einstein falou isso mesmo, eu nao sei, por que citação falsa e internet são companheiros, mas acho super válido em relação ao vídeo. O cara falou, falou, falou, confundiu quem estava assistindo umas quinze vezes, e, no fim, não disse a que veio.

    Cadê opinião? Só vi exposição de teorias e, o que foi doído de se ver, agregar 3 conceitos absurdamente diferentes como se fossem a mesma coisa. Não é por que o taoísmo, o yaoi e um Junguiano trabalham com polaridade que você vai conseguir encaixá-los perfeitamente. Ele simplesmente forçou a barra. E pior, reforçou um preconceito ao associar as características do personagem passivo no Yaoi com o símbolo taoísta do feminino.

    Enfim, com todo o respeito, não li muito de Jung e o que li se refere mais à gênese da personalidade que a questão da homossexualidade (e por favor, não sou obrigado a ouvir pseudo-intelectual usando a expressão ‘à frente do seu tempo’ em 2013), mas esse menino não tem a menor idéia do que está falando. O vídeo é quase dadaísta. Ele simplesmente sorteou palavras e foi repetindo, sem se preocupar se faria sentido ou não. E não fez.

    • Sim, e só faltou ele me chamar de burro sem capacidade de interpretação quando falei isso pra ele nos comentários do vídeo. É foda, as pessoas me avisam pra nunca perder meu tempo comentando em vídeo no Youtube, mas eu não aprendo!

      Por isso que eu não gosto dele, é prepotente e só porque meia dúzia de bichas semi-analfabetas da cultura de massa o acham genial ele simplesmente NÃO discute com quem pensa diferente dele. Tenta contra-argumentar pra você ver, ele apenas ataca o argumentador, não o argumento, com essas frases feitas de intelectualoide que tenta ganhar a discussão pela desvalorização da capacidade de entendimento do outro.

  3. A Max e o LEIO são Top! Apesar de enorrrrmes eu sempre leio os comentários deles pq apesar de muitas vezes ñ concordar adoro argumentações plausíveis *.*

    • Um tapa na cara do Max que me ignorou completamente para o Babado Awards 2012.
      Pra 2013 eu desejo discordar do Max. Vai ser choque de monstro! muah!
      hauahuahuahuahauha

      • hahahaha eu percebi que você ficou mais assídua depois de ter sido excluída do Babado Awards, no final das contas não foi de todo ruim, olha a delícia de elogio que você recebeu 🙂

        • Estou de férias até março e o dinheiro pra viajar acabou no começo de dezembro, então vou aparecer bastante por aqui. E os post também estão mais comentáveis. E desde antes do prêmio que eu comecei a comentar. :p

          • No meu caso, comportamento, por que sempre gera polêmica e eu adoro um bom barraco…rs
            Brincadeira. Comento mais sobre comportamento por que não sou muito informado do lado político das causas LGBT, então se eu fosse comentar qualquer coisa ia ser igual o moço do vídeo.
            Mesmo os posts de humor que eu curto muito, acabo não comentando, por que, por mais que deva ser legal pra vocês ter um feedback, eu não vejo muito sentindo em comentar “hahaha…ri muito”.
            Adoro saber o que está acontecendo em vitorinha pelos bafões aqui no blog também, mas raramente comento nesses.

  4. Achei o vídeo ótimo! O cara explica super bem, tem um discurso ótimo e utiliza categorias para melhor explicar a proposta.
    Ele fala que cree que as pessoas sejam combinações infinitas de qualidades dentro dessas duas categorias, que ele chama de polaridades, que são opostas/complementares.
    Dá de generalizar? Não, simplesmente porque as ideias são construídas em função de amostras, e como o próprio nome diz, amostra não representa todo o universo.
    E no final ele pergunta se há a identificação, o que pode levar todos que compartilham o vídeo a aumentar as suas observações sobre este assunto.

  5. Adorei o video.É previsível que fosse atacado por veados histéricos adeptos do construcionismo social e dos dogmas errôneos de Foucault.
    Essa gente se acha o supra sumo da elite intelectual,por isso gostam de categorizar os outros como imbecilizados e analfabetos da cultura de massa.
    Mas suas teorias obscuras têm o único propósito de manter os demais na ignorância e evitar críticas.

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s