Que tal um teatrinho hoje?


Hoje tem uma excelente peça com temática gay DE GRAÇA. Vamos aproveitar, sabe como é Vitorinha, quando tem algo tem que aproveitar porque sabe se lá quando, e se, vai ter de novo…

A obra apresentada é Luis Antônio Gabriela.

Imagem

A história? É essa:

O diretor Nelson Baskerville coloca em cena sua própria história, no qual o irmão mais velho, homossexual, Luis Antonio, desafia as regras de uma família conservadora dos anos 1960 e parte para a Espanha sob o nome de Gabriela.
A história tem inicio em 1953, com o nascimento de Luis Antonio, filho mais velho de seis irmãos, que passou infância, adolescência e parte da juventude em Santos até ir embora para Espanha aos 30 anos. O espetáculo foi construído a partir de documentos e dos depoimentos do ator e diretor Nelson Baskerville, de sua irmã Maria Cristina, de Doracy, sua madrasta e de Serginho, e narra sua história até o ano de 2006, data de sua morte em Bilbao onde vivera até então como Gabriela.

Veja o teaser da peça:

Serviço:
Luis Antônio Gabriela
Onde? Teatro Carmélia
Quando? Hoje, 02/07, terça-feira.
Que horas? 20 horas.

“Rosas Brancas para Salomé”, amanhã no Carlos Gomes


Amanhã tem peça com temática LGBT na Carlos Gomes, a preços BEEEEEM populares, cata:

O projeto ‘Quartas no Theatro Carlos Gomes’ trás em sua próxima exibição, no dia 18 deste mês, às 19h, o monólogo “Rosas Brancas para Salomé”, da companhia Por Acaso. Os ingressos podem ser adquiridos por R$ 1 (meia).

A peça, interpretada por Mauro Pinheiros, conta a vida de um transformista dos anos 50, 60 e 70, que é apaixonado pela cantora Ângela Maria.

(do G1)

Sabe como é, né, Vitorinah nunca tem nada, quando tem, não dá pra ficar sem prestigiar.

Vamos, vamos, VAMOOOOOOOS!!!

“Divinas Divas” abrem amanhã I Mês do Orgulho LGBT em Vitória


Do Gazeta On-Line:

Na próxima terça-feira (4), a capital capixaba dá o pontapé nas atividades do I Mês do Orgulho LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) do Espírito Santo. Ao longo do mês de agosto, até meados de setembro, o público LGBT terá uma extensa programação em Vitória, com shows, festival de cinema, seminário de políticas públicas e cidadania e desfiles de moda. O evento que marca a abertura do calendário, no dia 4, será o espetáculo Divinas Divas, no Teatro Carlos Gomes, às 20h. O show homenageia cantoras brasileiras e internacionais de todos os tempos, com referência ao teatro de revista e aos musicais da Broadway. A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados no dia do evento, na bilheteria do teatro a partir das 12h.

Confira tudo que vai acontecer bem aqui.

Em cena


"O Amor em Muito Mais Que Preto e Branco".hora do beijo!

"O Amor em Muito Mais Que Preto e Branco".hora do beijo!

Acho que a gente nunca deu – Calma sua looka, me deixa terminar – Uma dica de teatro!

Há um tempo, no já longínquo 2006, uma montagem babado agitou as gays de Vitória. O Amor em Muito Mais Que Preto e Branco, contava a história de dois amigos que descobriam o amor(suspiro poético), e acabava com um beijo bafo entre os coleguinhas. Lembro de achar o texto previsível, mas me emocionar com a quantidade de olhos e narizes vermelhos na platéia. Quase tive que dá um acorda Alice no meu primo!
Agora, o Grupo Empório convida para a pré estréia de Boulevard 83, no Teatro do Marista. Depois fará temporada de 06 à 28 de junho no Teatro do SESI, em Jardim da Penha. Site do Grupo Empório.

emcartaz
Banque a beesha rica, absoluta, e vá de Crossfox ao teatro. Depois dê pinta em um barzinho fazendo a fina  que prestigia as manifestações culturais  no estado.

Peça com personagem transexual nos palcos capixabas


De hoje até domingo, no palco do Theatro Carlos Gomes, Vitória receberá a peça “Vidas divididas”. Sei que capixaba não tem ainda o hábito de ir ao teatro, assim que tal nessa peça começar a frequentar, hein? O enredo parece ser bem legal: um rapaz ambicioso que quer subir na vida de qualquer jeito. e seduz uma jovem secretária que fica totalmente apaixonada por ele. Entra na história um transexual, que já teve um relacionamento com o distinto, tenta ajudar a garota a ser mais refinada e menos ingênua em relação à vida. A trans é vivida por Antônia Fontenelle e o gatíssimo Henri Castelli vive o malvado Nelson, que já vale a pena o ingresso, néam?!

Vidas Divididas
Texto: Maria Adelaide Amaral.
Direção: Marcos Paulo.
Elenco: Antônia Fontenelle, Henri Castelli, Fernanda Vasconcelos.
Quando: Hoje a domingo, 20h.
Onde: Teatro Carlos Gomes, Praça Costa Pereira, s/n, Centro, Vitória. (27) 3132-8398.
Ingresso: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia/estudantes com carteira 2008 e idosos a partir de 60 anos).
Pontos-de-venda: Bilheteria do teatro, Óticas Londres (Shopping Vitória e centro de Vila Velha). Em domicílio: (27) 3323-0476. Assinantes de A GAZETA têm 20% de desconto em dois ingressos no valor da inteira.