Liberdade de expressão?


Primeiro, vejam o vídeo abaixo, mostrando o discurso de um dos oradores da Passeata dos Caga-regra, pela fiscalização do cu alheio, que aconteceu em Brasília hoje:

liberdade

ah sim

Oh, que lindo esse discurso! Eles lutam pela liberdade de expressão! É… mas só pela expressão deles, cata:

bandeira 1 bandeira 2 bandeira 3

E mais: “A assessora do pastor tentou intervir e houve confusão. O pastor resistiu e foi retirado à força do palco pelos seguranças. O G1 tentou fazer imagens da retirada, mas teve que interromper por determinação dos seguranças.”

Fonte: G1

Daí a gente já tira que a homofobia é um problema generalizado, não é preciso mais ser gay para sofrer discriminação homofóbica.

Mas e se fossem gays? É assim que eles recebem opiniões contrárias aos seus protestos? Cadê a defesa da liberdade de expressão?

Engraçado, porque quando um grupo de gays se manifestou também exasperadamente contra a marcha da homofobia família que aconteceu no ano passado, a PRIMEIRA coisa que os crentelhos fizeram foi dizer que todos os gays são assim, que nosso movimento se resume a isso.

Veja:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=E847XI23tBk]

Então, usando do mesmo raciocínio, podemos afirmar que esse movimento também se resume a isso?

É… o feitiço se virou contra o feiticeiro.

00

O que gays, judeus e leprosos têm em comum?


Não, eu não fumei maconha, a comparação também me pareceu maluca ao primeiro contato. Então vamos dar uma olhadinha no vídeo abaixo?

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=H9GhxmmpY4s]

Hoje a gente percebe o quanto foi absurdo o que fizeram com os leprosos e os judeus, será que teremos que esperar que aconteça o mesmo conosco para que a sociedade acorde para a violência que os gays sofrem, violência essa que só aumenta?

Acho que não, né? Então aproveita que na nossa época a comunicação é mais fácil que nos períodos anteriores narrados no vídeo e compartilhe esse vídeo na sua timeline, na sua casa, no churrasco de família, no banheirão da sauna, em qualquer lugar que você possa influenciar uma pessoinha que seja a passar isso adiante.

A petição contra Silas Malafaia e uma verdade incoveniente


Agora que acabou o carnaval, vamos falar de coisa séria: Está circulando por toda a internet uma petição com a intenção de cassar o registro de psicólogo do Silas Malafaia, devido às constantes manifestações homofóbicas dele.

Cata o conteúdo da petição:

doença

Observem que eles estão se pautando na CFP 001/99, uma lei do Conselho Federal de Psicologia que estabelece uma série de regras sobre como um psicólogo deve se comportar quando o assunto for a sexualidade de alguém.

Acontece que o foco está no crime errado quando acusam Silas de ter desrespeitado a ética profissional. Ele nunca atribuiu categoria de doença à homossexualidade, logo, se ele não considera uma doença, não é capaz de “curar”.

Observem no vídeo da entrevista, ele diz do começo ao fim que é uma escolha que pode ser mudada, não uma doença que pode ser curada. Muito diferente.

Ele até comenta a hipótese super obsoleta de Freud sobre haver ligação entre abuso infantil e homossexualidade, mas ainda assim não diz que se desenvolve uma patologia ou desordem mental devido ao trauma.

E, uma vez que a lei diz isso:

tratamento

Ele não fere nenhum dos artigos quando diz que ser homossexual é uma escolha, que deus (não ele) pode ajudar a mudar, e seus ‘pacientes’ o procuram por livre e espontânea vontade.

Infelizmente, ele é homofóbico sim, mas é espertíssimo e não dá ponto sem nó, queridas.

Mas não custa nada assinar, clique AQUI para entrar na página.

Jean Wyllys quebrando o caralho TODO!


Apenas assistam, não existe a necessidade de se comentar nada:

[youtube http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=XQLZOC8XJiU]

Sempre quis procurar na plataforma Lattes o currículo de Silas, toda vez que ouvia dizer que ele tem cacife para falar como psicólogo.

E tá aí, só aquele primeiro minuto do Jean falando já seria suficiente para invalidar qualquer argumento “científico” do pastor. Se bem que isso somente serviria para um debate na câmara, néam?

A gente sabe que de nada adianta, o povo que segue Silas não sabe nem o que é Currículo Lattes.

Dica dos leitores

Senador Magno Malta acusa homossexuais de perseguição


Na última terça-feira (3), o senador Magno Malta defendeu o pastor Silas Malafaia, afirmando que o pastor vem sendo perseguido pela militância gay. O senador foi além e disse que estão tentando criar um verdadeiro “império homossexual” no Brasil.

(Essa desculpa já tá ficando chata, sabia?)

“Se você não aluga seu imóvel para um homossexual, ou não aceita o ato afetivo de um casal gay, pega sete anos de cadeia. Se demite ou não admite um homossexual na sua empresa, cinco anos de cadeia. Eu posso não alugar minha casa para um negro, eu posso demitir um portador de deficiência, eu posso não admitir gestos afetivos de um casal heterossexual na porta da minha casa e pedir que eles se beijem em outro lugar, longe dos meus filhos. Mas, se eu fizer isso com um casal homossexual, um simples boletim de ocorrência me levará para a cadeia”, declarou o senador.

(Não disse? O mesmo disco arranhado!)

Durante o discurso de Magno Malta, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) também saiu em defesa do pastor Silas Malafaia. Segundo ele, a fala de Malfaia foi “tirada de contexto” e o pastor não queria incitar a violência física. “Acho que estão agindo com intolerância contra Malafaia”, declarou.

(E eles estão sendo muito tolerantes mesmo…)

Frente ao posicionamento do senador, a coordenadoria nacional LGBT do PT se manifestou em nota à imprensa condenando a atitude de Lindbergh. “Para a perplexidade da militância petista e de todo o movimento social LGBT brasileiro, assistimos ao senador Lindbergh Farias, do PT, possuidor de uma bela  trajetória de esquerda, de defesa da juventude, da população negra, dos pobres, se somar a Magno Malta na defesa de Silas Malafaia”, diz a nota.

Para a coordenadoria LGBT do PT, a fala do senador Lindbergh “se torna ainda mais grave por ignorar e desconsiderar o debate sobre o PLC 122 [projeto de lei que criminaliza a homofobia em território nacional], que é a interdição dos discursos que incitam a violência utilizando-se do pretexto da liberdade religiosa”.

(Fonte)

Eu só gostaria de deixar explícito a minha inveja sobre a genialidade do Magno Malta. É sério, a estratégia dele é brilhante. Levante a bandeira da pedofilia, lute pelo futuro das criancinhas e faça uma lavagem cerebral no povo brasileiro. Magno Malta encabeça lista de senadores com mais faltas sem justificativa  Tempo pra falar bobeira ele tem, agora pra cumprir a agenda…

BOMBA! Baixar o porrete, Silas?


Finalmente a máscara desse fascista caiu!

Dá uma  olhada nessas imagens do Manifesto LGBT de São Paulo, no qual foram vinculadas propagandas incentivando o uso da camisinha, mas para isso utilizaram bordões religiosos típicos dos brasileiros:

Acontece que o Pastor não ficou muito contente com a “brincadeira” e desceu a lenha nas gays:

E aí? O que vocês acham? A comunidade LGBT errou por ter vinculado tal campanha ou esse mimimi todo é frescura do pastor que, meses atrás, não se preocupou com quem ia se ofender quando expôs o outdoor abaixo nas ruas de São Paulo?

Engraçado… Inúmeros são os artistas que chutam usam imagens religiosas para criar obras de arte, muitas vezes de teor sexual, e o Silas nunca teve a audácia de induzir seus fiéis a tomarem esse tipo de atitude, foi uma gay publicitária ter a ideia de mexer com um bordão católico que a louca da Malafaia incorporou a Menina Pastora assassina? Eu jurava que incitação à violência era crime… deixou de ser?

Tem caroço nesse angu… vai vendo…

Mágoa de cabocla


Dá uma olhada no que o Pastor Silas Malafaia todo se doendo com a nossa vitória, disse no último fim de semana:

Se ele diz que o “maior perigo” para o cristão é não ter conhecimento sobre a Bíblia, eu digo que o maior perigo para o Cristianismo é que o fiel TENHA conhecimento sobre a lei. Afinal, religião é que nem vaga-lume: só reluz na escuridão.

Sobre ele dizer que está contido na Constituição que entidade familiar é só entre homem e mulher, eu acho que ele não compreendeu ainda que ela foi lançada em 1988, numa época na qual nem se pensava na união homossexual, as modificações acontecerão por consequência, assim como foi com a criminalização do racismo.

Ah, será que eu posso chamar esse cara de ignorante, estúpido, babaca e acéfalo? Sabe como é, né, gentchy, “liberdade de expressão” é constitucional.

Engraçado… quando o assunto é de interesse dele ele sabe de cor todas as passagens da Constituição, mas quando o assunto é ser corrupto e extorquir dinheiro do povo sem prestar contas pro Imposto de Renda ele pula direto pra terceira parte da Carta Magna. Aham, Cláudia, senta lá.

Dica do Leitor

Ressuscitay


Depois virar a noite no Rock na Ufes, beber até a hora da nossa matéria do Em Movimento e ficar poota na paulista com essa edição que nos colocou como o blog mais fútil da face da terra. Eu acorday só hoje, no domingo, às 5 da manhã, e dei de cara com isso no Mix Brasil:

E acordar de bom humor? Bobági, néam?