Podcast #3: Entrevista com Elaine Rowena


Em seu apartamento no centro de Vitória, Rowena me recebeu. Eu com meu MP3, entre os vários gatos (felinos, bee!) da cantora, conversei sobre o show de hoje a noite, sobre preconceito, cena gay capixaba, sobre nova boate gay, Lady Gaga e otras cositas. Ouça:


Admito que sou péssimo entrevistador, mas foi bem legal a experiência. Depois da entrevista Rowena me mostrou o look que loosho que ela vai usar na última música do show: um micro-vestido de paetê vermelho e uma cabeça de carnaval toda trabalhada em plumas da mesma cor. Arrasô!

SERVIÇO:

O que: Show “Dance”

Quando: Hoje (28/01)

Onde: Praia de Camburi – Tenda Musical (perto do BB)

A DIVA MOR ENTRE NÓS?!


Da coluna Retratos da Vida, d’O Globo, dizem que o babado é certo:

Estou dando um braço, uma perna e um edí (os da Tchynna, lógica!) para ir nesse show (Monter Ball Tour). Ele é tão babadeiro, mas tão babadeiro que as notícias dizem que mesmo lotando todos a Gaga está gastando mais que ganhando devido aos mega cenários e figurinos fechativos. Quem gosta de se montar sabe que é assim mesmo, gasta-se mais do que ganha. É muito amor ao loosho, glamour, poder, riqueza e sedução!

– Buah! Mãe, quero ir no show da Gagaaaaa!

– Quem?!

-Lady Gaga, aquela do Bad Romance!

– Ahasô! Também quero.

Será que vai bombar?


Recebi pelo orkut o seguinte recado de uma racha amiga:

Vocês vêm pra Lama sexta? Vai ter o show de uma banda francesa e de um coletivo capixaba…Vai bombar! Vai ser na Lama mesmo, no meio da rua. Tem um palcão la já. Tudo mundo que é travesti vai!!!

duvida cruelFiquei intrigado e procurei saber o que era. Daí fiquei sabendo tudinho a respeito no Gazeta OnLine:

A sexta-feira começa com um intercâmbio musical na Rua da Lama, em Jardim da Penha. Lá acontece o Batuke Musike, onde as bandas Yolk (França), Coletivo Vix. ES e Bloco Bleque se apresentam a partir das 20h num show gratuito.

Ah, tá! Peguei meu celular e liguei para a racha-amiga. Ela explicou mais uma vez sobre o show, só que com a voz super empolgada, reforçando que eu não poderia perder porque ia bombar e completou dizendo: “se não for, você vai ser a beesha mais desatualizada de Vitória! Tudo mundo que é alguém na noite vai. Semana que vem você nem terá assunto para conversar“. Daí não tem jeito, né? Vou ter que ir. Mais alguém vai?!

Cobertura do show de Angela Jackson em quadrinhos e notas


Agradecimento especial pelo post a Angela Jackson por ter dado informações fundamentais.

Enfim, fizemos a tão esperada cobertura do show de Angela Jackson, The queen of the Meow (no truque, é claro!). Confira (se quiser, clique para ver ampliado): angela-jackson-001

O show foi apresentado pela Chica. Ela não falou muito, mas lembrou que logo, logo terá o Sex Boys, apresentação de vários bophes escââââândalos!

angela-jackson-002

Na abertura, Angela surgia com um vestido de rainha muito bonito dublando a música ‘The queen‘. Num certo momento, a saia se destacava do vestido e dela surgia os dançarinos de Angela, os Jackitos. Veja o vídeo da abertura do show bem aqui.

angela-jackson-003

Logo em seguida, acompanhamos a apresentação de Lóise Szaryff que fez o papel de fada. Ela diz que a meia-noite Angela deixará de ser rainha e voltará a ser uma simples trabalhadora.

angela-jackson-005

Depois, tivemos a madrasta malvada que foi interpretada por Lara Face, com um figurino ba-ba-dei-ro, ela dublou Saturday. Como não poderia faltar, teve um bate-cabelo nervoso e ela é muito boa nisso.

angela-jackson-004

Após, foi a  vez da Miss ES 2009, Ava Simões, fazendo papel dela mesma: miss. Ela de fato é muito bonita e capricha na produção. Dublou If I were a boy da Beyoncé e dublou mal. As bees reclamaram…

angela-jackson-006

Andréxia Simon fez o papel do espelho mágico e surpreendeu a todos com um dueto numa nova música da rainha do miado, uma paródia de Mamma Mia, do Abba.

angela-jackson-007

A drag fofinha Luise Gan (estou curioso para ver a performace dela de Alcione, dizem ser hilária!) foi a bruxa. Dublou muitíssimo bem, com muita classe e elegância, a música erudita La Voix.

angela-jackson-008

Talvez uma das apresentações mais esperadas da noite tenha sido a de Donna Karão. Desde que ela entrou no palco, até sua saída, o públcio ficou louco e aplaudiu horrores. Mas não é para menos, a bee arrasa nas caricatices e interpretou uma cantora de ópera aloprada que fez todo mundo se mijar tanto de rir.

angela-jackson-009

Até agora ninguém entendeu muito bem onde a personagem interpretada por Ketlin D’Vision, uma funkeira, entra no contexto da história. Porém, a música Mulher Banana agitou a  galera.

angela-jackson-010

No fim do show, a personagem de Angela Jackson perde o encanto e se torna uma reles padeira. Na deixa, Angela e os Jackitos apresentam Queimar a rosca (baixe aqui), paródia de Beijar na Boca de Cláudia Leitte. O show se encerra com a apresentação de cada um dos interpretes e a distribuição de rosquinhas para eles. Daí começou uma confusão de rosquinhas voando, a Chica e a Donna Karão enchiam a boca de rosquinha e cuspiam nas drags, Lara começou a vender pro povo a 1 real cada… Enfim, no final, tinha uns dando rosquinha pra outros e tinha outros comendo a rosquinha de uns. Como deve ser.

It’s Madonna Bitch


Você vai no show da Madonna?“. Se eu ganhasse 1 real toda vez que ouço essa pergunta estaria já milionário (e iria no show da Madonna!!!). Nos últimos dois meses, só se fala nisso. Como já insinuei não vou ao show da nova turnê Sticky & Sweet madonna-safada e tenho raiva de quem vai. Nem gostei do cd “Hardy Candy”. Admito que é inveja mesmo. Aquilo será a maior pegação gay da história desse país, o que vai dar de bee naquele  lugar… Tenho até medo…

Por falar nela, a cantora afirmou semana passada, dia 4 de dezembro, durante uma festa em Buenos Aires, que faz grandes turnês para superar o tédio e não se sentir aborrecida. “Já fiz tudo o que queria fazer, já fiz sexo com todos homens e mulheres que quis, consumi tudo o que tinha pra consumir e comprei tudo o que queria. Agora me sinto entediada”. Uhhuuuu!!! Arrasô, gatam! Poer isso que 9 enrte 10 gays querem ser a Madonna (e muitos héteros também!). A próxima G Maganine traz um ensaio com inspirado nela. No site da revista eles prometem fazer:

…uma releitura do universo fascinante de sensualidade, erotismo, vouyerismo e do amplo leque de fetiches ovacionados por Madonna em seu Sex Book (1992). Uma releitura, claro, repleta de homens sensualíssimos e músculos ressaltados.

A gente vai conferir!!!