Top Drag ES 2013: resultados comentados


Vencedora Top Drag ES 2013_Nick Sthaufer

“Arrasei, quirida!”

Com grande honra e responsabilidade que aceitei ser jurado de um dos concurso da noite gay mais importantes do estado: o Top Drag. A responsabilidade é grande, pois as meninas investem muito tempo para elaborarem suas performances e figurinos, além de dinheiro. Sem contar a expectativa de receber a faixa que abre portas para se estabelecer no mercado de show performáticos de todo o país.

Os quesitos eram claros: dublagem, visual (incluía figurino, make-up, cabelo etc),  performance e originalidade. Qualquer um desses quesitos poderia levar a candidata a vitória ou a ruína. A avaliação de alguns quesitos eram óbvios como a dublagem e o visual, sendo aquela quem sincronizava melhor os movimentos dos lábios com a música executada e esta quem estava esteticamente mais bonita e interessante.

Muito justa e honesta.

Já performance, por exemplo, é uma qualidade mais subjetiva; alguns considerariam saber bater bem cabelo. Na minha avaliação, é quem causava mais comoção no público, despertando sentimentos, explodindo em pulsão de energia coreográfica e que é coerente com a “personagem” que está realizando no palco. A originalidade é aquela que traz algo novo no que é feito até então por outras drags, que reinventa o fazer performático.

Foram ao todo 11 candidatas, mas comentarei apenas as 5 primeiras colocadas (em ordem decrescente de colocação), destacando os pontos fortes e fracos, pois se para ver tantas candidatas para muitos foi complicado, imagina ler sobre…

Mas chega de enrolação e vamos ao que interessa, as top drags:

————————–

isa5° – Isabelly Bennett

A produção estava simplesmente um luxo: uma roupa de fundo branco fechada nas pedrarias literalmente dos pés a cabeça – riqueza, beu abôr! Brilho, brilho brilho! Ela entrou usando uma máscara toda trabalhada nos swarovski.  Se não ficou melhor colocada foi por sua performance e dublagem serem pouco precisas.

.

rayssa4° – Rayssa Sheiffer

Rayssa tem o mérito de mesmo com pouco tempo de montagem já ter criado uma imagem própria forte. Rayssa se destacou pela performance, especilmente pelo bate cabelo, possivelmente o melhor da noite. A dublagem também foi super bem executada. No entanto, Sheiffer não impressionou no visual e trouxe pouca novidade, nem em relação ao seu trabalho, nem em relação às outras.

.
cyrax3° – Cyrax Simon

Tenho um grande apreço pelo trabalho dela, pois, assim como Rayssa, imprime como poucas sua marca, ímpar. Se o concurso fosse de maquiagem corria sério risco de vencer, pois a make estava simplesmente irrepreensível. O visual estava lindíssimo. A performance em vários momentos foi de arrepiar, assustadoramente passional.

.
kyara2° – Kyara Sthingyrl

Era umas das minhas indicadas a vitória e uma das preferidas do público, tendo arrancado palmas e gritos apaixonados de “já ganhou”. O visual estava fabuloso! A produção em tons laranjas fluorescentes  estava tão apetitosa, que dava até vontade de morder. O make-up desenhado de forma precisa e impecável davam a ela um olhar hipnotizante. A maior característica de Kyara certamente foi a performance: forte e eletrizante! Empolgou o público e quase deu a ela o grande prêmio da noite.

Aqui o vídeo da apresentação.

.

nick1° – Nick Sthaufer

Daí você pergunta: se Kyara foi tão bem, por que não ganhou?

Drag queens são pessoas que tem que dar show e não seguir uma cartilha. O que deu a Nick a vitória foi a originalidade de seu trabalho. Ela corresponde ao que foi Draken (2010) e Ryslen (2011) que em seus respectivos anos venceram pela inovação que as diferenciaram das concorrentes. Nick ganhou pois além de estar com um visual belíssimo e ter imposto uma dublagem competente, trouxe um conceito claro, forte e criativo.

Era evidente o “tema” da apresentação que referenciava as touradas espanholas, sendo que era ao mesmo tempo o toureiro e o touro, ou seja, vítima e algoz. Com isso, ela fugiu da obviedade da performance, leia-se “bate-cabelo”, e imitava movimentos que remetiam ao taurus. Além disso, surpreendeu em vários outros momentos, como quando ela tirou os chifres e exibiu uma peruca tradicional de drag, mas pra surpresa geral, tirou essa peruca também, exibiu seus cabelos naturais, que formavam um moicano comprido. Ao fazer isso, saiu uma nuvem de glitter de sua cabeça. Quando ela bateu cabelo, o espaço foi tomado por uma névoa de brilho e fez com que todos fossem “contaminados” de alguma maneira por sua mágica.

Estava tudo muito bonito e interessante. Deu espetáculo! Deu show! Mereceu! Parabéns a ela e aos envolvidos.

P.S.: Nick não é a cara da JujuBee?

————————–

De maneira geral, o saldo do Top Drag foi extremamente positivo. A competitividade e empolgação das candidatas gerou um show incrível, estão todas de parabéns. Quem ganhou foi o público que soube retribuir com seus aplausos e vibração.

E que venha o Top Drag 2014 com mais surpresas, glamour e novidades!!!

Veja mais fotos do evento em LGBT-ES.

Lirou Monstros tomando no koo


Que os little monsters fashionistas do Facebook são pedantes, e adoram postar a foto dos ingressos caríssimos que compraram antecipado, a gente já sabe.

O que vocês não sabem é que dessa vez ser fã de carteirinha não foi tão bom assim. Cata:

[youtube http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=LUjlAnS2go4]

Rá! Cadê a Dé aqui pra eu zoar? Diz ela que estourou o cartão BB Universitário dela todinho comprando esse ingresso. hahahaha

Mas a grande delícia desse vídeo não é a notícia, e sim uma bee que aparece aos 38 segundos, e comprova uma teoria.

Vejam vocês (ignorem a louca engolindo a cabeça da repórter lá trás):

Sim, uma bee normal e sincera. Entretanto, quando a repórter fala “LEI DE GAGA“, ela se transforma!

O efeito preto e branco foi só pra dramatizar a cena

Por isso que eu digo: Ser pintosa não é uma questão de escolha, a feminilidade brota de dentro da gente quando a gente menos espera!

Dica do Heverton

P.s.: E pra se divertir, o Tumblr Ganhei o ingresso da Gaga

AAAAAAAAAAAAH! @ladygaga, anuncia datas dos show no Brasil!


Grita louca, beesha! A própria Mother Monster, disse agorinha no Twitter, cala a boca e lê:

Isso mesmo bebê, cata:

Gaga na esteira de bagagens do aeroporto Santos Dumont, no Rio.

Já marca na agenda: 09 e 11 de novembro de 2012, no Rio de Janeiro e em São Paulo, respectivamente. OMG, OMG, OMG! Mããããããããããe!

Cheiro de couro em Vitorinha


Cês já tão sabendo da novidade? Não? Cata:

Clique para ampliar

Ahhhhhhhhhhhh! Selo Rebuceteio de Qualidade pro Álvares Cabral:

Isso meishmo! Ana Carolina pela milésima vez em Vitória! Por mim ela viria TODO fim de semana, que eu seria o primeiro a comprar ingresso!

Mas, infelizmente, nem todo mundo curtiu a ideia…

 😦

O Top Drag deveria ser assim + Bônus


Ontem fui à Chica, na festa “As Brasileiras”, e fiquei chocada com a genialidade do show!

Vocês sabem que eu sou uó pra gostar de show de drag, néam? Entretanto, As Brasileiras consistiu numa homenagem a algumas das principais divas da Música Popular Brasileira: Daniela Mercury, Cássia Eller, Elza Soares, Vanessa da Mata, Margareth Menezes, Ivetão e até Valesca Popozuda!

Nada ficou mais bárbaro que a abertura da apresentação:

Viados, eu amo tanto essa música que toda vez que começa a minissérie eu saio andando pela casa sensualizando em todas as cadeiras da cozinha e nos puffs da sala! Aposto que vocês também. hahaha

Enquanto eu pensava que aquilo seria o ponto alto da apresentação, me vem Fernanda Ferrari com um Mashup de Ivete e Valesca, com direito aos boys dando uma aula de Lambaeró(tica)bica em cima do palco. Quase dei um tiro no meu koo de tanta emoção:

Por um segundo me senti no Axé Moi, em Porto Seguro. ❤

Veja todos os shows clicando AQUI.

BÔNUS: Em falar em Chica, sexta-feira eu estava do lado de fora, ouvindo Sensível Demais com Anwar, e aconteceu uma situação estranha. Apareceu uma travesti (bonita e bastante parecida com o Humberto Martins) me pedindo isqueiro, dei, e ela começou a falar:

– Te conheço de algum lugar…

– Ah, não duvido, todo mundo me conhece, deve ser do meu blog.

– Blog? Não, nem mexo na internet, te conheço do Quiosque do Lui, você tinha 18 anos na época. Eu estava lá, você veio até mim, me elogiou e me perguntou se era muito caro ser travesti, porque você também queria ser.

Que garáleo é esse? Eu tenho que parar de falar pras pessoas sobre o que eu faria se tivesse um par de peitos… é… que quando uma situação me indigna eu logo começo a confabular que se peitos eu tivesse, uma frase de efeito escreveria neles, pra ficar sem camisa como forma de protesto.

Num rodeio mesmo, em Colatina, eu já pensei em escrever “Acém bovino: R$ 10,99” nos peitos, com tinta vermelha. Além de chegar em cima de uma caminhonete e jogar um balde de sangue de porco na plateia, tudo isso sem camisa, só pelo shock value.

Pra vocês terem noção, o telefone-sem-fio é tão sinistro em Vitória que mês passado fiquei doente e longe da internet por 5 dias, só por isso começaram a especular que eu tinha botado peito e estava no Apart Hospital curtindo o pós-operatório! Acreditam?!

Orkutização de Madonna?!


Todas que foram ao show de Madonna em 2008, dambou da cara da gente que não foi, dizendo: “Rá, se fuderam, sabe-se lá quando Madge voltará ao Brasil! Perderam, otários”. Pois, tenho más notícias para as senhoritaaaaash:

Fonte.

Já já, show da rainha do pop no Brasil será que nem show da Ivete, terá pelo menos um a cada bimestre. Pelo visto Madge gostou de vir pra cá! Vou ficar na porta do Fasano com uma plana “Adopt me”, como fez Jesus Pinto da Luz. E neste show, quem vai, quem vai, quem vaaaaaaaaaaai?!