Bizarro onde, gente?!


Cata a notícia que saiu no Planeta Bizarro:

Bizarro? O que há de prejudicial em fazer um agrado de tão boas intenções como esse?

Eu, por exemplo, AMO fazer sexo oral nos meus peguetes enquanto eles dormem, o que tem de anormal nisso?!

E continua:

Rá! O primeiro caso é bizarro mesmo, tipo uma fada-do-dente dos boquetes, te chupa e deixa fintchy reais no seu travesseiro.

Agora, o segundo, “fez boquete após uma noite de festa”… aham, sei… buraqueiro bêbado, moralista sóbrio.

Enfim, eu acho que reclamar que alguém fez boquete enquanto você dormia é o mesmo que reclamar que passaram sua roupa enquanto você tomava banho. É um favor! ♥

Bizarro é isso:

Antes que as defensoras dos Direitos Humanos venham me apedrejar: Esse texto é de cunho humorístico, eu nem o Babado Certo apoiamos a ideia de abuso sexual, seja ele de qualquer tipo.

Dica da Looh, via Planeta Bizarro

[18+] Vaza suposto vídeo de Carly Rae Jepsen, do hit “Call Me Maybe”


Rá, eu ainda falei sobre isso sexta com as bee’s na boate. Já perceberam que ultimamente o máximo que as rachas famosas tão mostrando são os peitinhos no Twitter? E enquanto isso, dezenas de boys famosos mostram a neca pela internet, em vários vídeos.

Mas isso é injusto com nossa população de sapas, exceto dessa vez, que vazou um suposto vídeo erótico da Carly, a racha daquela música Call me Maybe. E apesar da neca no vídeo constranger algumas de vocês, basta imaginar uma cinta-caralha, pra ficar mais habitual.

Será que é ela? Clique na imagem abaixo para assistir:

Eu não sei se é, não estou muito familiarizado com a cara dessa racha ainda.

Enfim, vou ficar quieto, sabe, vai que eu digo que é e caem com um processo pra cima de mim… como caíram naquele vídeo do ator que eu não posso falar o nome.

(Mas se você jogar ‘Paquito e Ajudante’ no Google, são grandes as chances de descobrir)

Estou CONDENADA!


Pesquisa realizada pela Universidade do Estado de Ohio, nos Estados Unidos, descobriu que o vírus HPV atualmente é a principal causa da doença em pessoas com menos de 50 anos. O papiloma vírus humano pode provocar lesões de pele ou em mucosas. Existem mais de 200 variações com menores e maiores graus de perigo. Um deles é o causador de verrugas no colo do útero, consideradas lesões pré-cancerosas.

Segundo a professora Maura Gillison, alguém infectado com o tipo de vírus associado ao câncer de garganta tem 14 vezes mais chances de desenvolver a doença. “O fator de risco aumenta de acordo com o número de parceiros sexuais e especialmente com aqueles com quem se praticou sexo oral”, afirmou a pesquisadora.

Além disso, eu falei AQUI sobre o HPV e a ineficácia da camisinha na sua proteção, lembram?

Pull the trigger

Os resultados do levantamento vão ao encontro de outros já feitos sobre o mesmo tema, como o realizado pela Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Realizado no ano passado, o estudo apontou que pessoas que tiveram mais do que seis parceiros com quem praticaram sexo oral tinham nove vezes mais chances de desenvolver câncer de garganta. Nos que já haviam tido algum tipo de infecção provocada pelo HPV, o risco subia para 32 vezes.

Parar de chupar?

Eu tô fodida… a camisinha não protege contra o HPV, eu fumo igual uma caipora, bebo que nem uma esponja e… deixar de fazer sexo oral eu não vou. Quê dizê, se for por essa pesquisa, eu tenho que correr pro médico porque minha garganta deve estar toda cagada há anos.

“Mas Max, se camisinha não protege, como faço pra tentar evitar o câncer?”, disse a feminina que faz pegação no Terminal de Itacibá.

Os médicos que realizaram o levantamento sugeriram que homens também sejam vacinados contra o vírus, como é recomendado para as mulheres. Em países como Inglaterra, meninas de 12 e 13 anos recebem a vacina contra HPV e, segundo dados, previne até 90% dos casos de infecções.

Mas mesmo assim, a eficácia não é totalmente comprovada, okay? Vou repetir mil vezes que a melhor maneira de prevenir é a redução da quantidade de parceiros sexuais.

Então mamaaaaaaaa

OFF TOPIC: Enquanto estava escrevendo esse post, liguei pro Dé para dar um alô e uma boa noite (porque somos BFF), e ele me perguntou como é que essas pesquisas são feitas, se eles colocavam os pacientes pra chupar pau 32 vezes até pegar o HPV, e assim determinar a ‘chance’.

Claro que eu caí na gargalhada. Falei que não, que eram feitas com pessoas que já tinham o câncer quando procuravam o médico, aí ele vira e fala:

“Ah sim, Max, agora entendi, a gay chega lá com câncer e eles começam o relatório: ‘Você fuma? Não. Você bebe? Sim. Você chupa pau? DI-A-RI-A-MEN-TCHY!’.

Eu não AGOENTO esse viado, cuspi toda a água que estava bebendo.

Via Gay 1

A solução de todos os problemas do sexo oral


Não tem bocão? Não consegue schupar a neca do boy sem raspar o dente? Não sabe mais o que fazer pra melhorar essa porcaria que você chama de boquete?

O Japão tem a solução!

Esse idioma é do Japão mesmo, né? Eu sempre confundo com o Chinês quando eles usam esses caracteres quadradinhos que lembram Jackie Chan.

Olha, são os piores de cama, segundo a Revista Época, mas sem dúvida nenhuma têm as melhores invenções para burlar esse defeito.

Kooriosidades – Na Cama com Max


Tinha parado de escrever nessa coluna devido às perguntas cabeludíssimas que me mandavam via e-mail, imprópria pra qualquer idade. Mas ontem um leitor veio me perguntar uma coisa interessante, que eu acho super legal discutir com vocês aqui no blog. Ele perguntou mais ou menos assim:

“Tenho amigos que se dizem ativos, mas que também dizem que se pudessem ficariam só chupando a neca da passiva e nem fariam sexo com elas… eles são passivas em negação?”

Eu quero é rola!

Mas essas gays são complicadas, né?

Por mais que eu insistisse no começo que ainda existam 100% ativos em Vitorinha, depois dos vários argumentos dos leitores, acabei acatando a premissa: Se você não deu, está dando ou dará um dia. Seja pra agradar alguém ou para experimentar, você vai dar.

Até aí tudo bem, já entendemos isso. E essa história desses boys que se dizem ativos, mas que ficariam só no sexo oral? Me soa estranho… eu sei que se o ativo não gostasse de pinto ele procuraria uma mulher e que não tem nada mais normal nos dois fazerem sexo oral um no outro, são só as preliminares. Mas, quê isso novinho, trocar o koo pela neca?

Da mulher pomba-rola que voou (8)

Eu achava que esse babado de ficar só na neca era um artifício de nós passivos para evitar o sexo quando esquecemos a chuca a situação intestinal não está das melhores. A gente capricha no oral pro rapaz ter logo seu orgasmo e não corrermos o risco de passar o cheque. Certo?

Então, não faz sentido o ativo, que diga-se de passagem, só tem o trabalho de tirar a ricota da neca pra dar o cruzo, preferir ficar mamando quem teve uma jornada de trabalho maior que dos proletariados da Revolução Industrial pra chegar ali limpa como uma sala de cirurgia.

Eu não quero apontar dedos, apesar deles estarem aqui loucos para gritar “MAS ISSO É UMA PASSIVONA, MINHA GENTE!”. Portanto…

…Alguma bee, adepta do Behaviorismo, tem alguma ideia do que isso pode significar?

Tem alguma dúvida sobre sexo ou relacionamentos? Envie para max_babadocerto@hotmail.com

Enquetchy [18+]


Não contei muitos bafos no BCG dessa semana porque queria guardar essa discussão pra um outro post.

Eshtávamos eu, uma sapa amiga minha e um agá-tê conversando sobre sexo, como sempre. Eis que em meio às premissas de que mulher não sabe fazer um quetchy e homem não sabe fazer sexo oral em mulher, ou pelo menos não tão bem quanto nós gays; uma enquete surgiu:

Numa relação homem versus homem ou homem versus mulher, sempre há aquele momento Vanessão: “Go-go-go-goza na minha boca?”, e não chegamos a um consenso sobre cuspir ou engolir.

Eu sei que existe aquele babado todo das DST’s, do contato com fluidos corporais que podem estar contaminados, mas para não dar uma má impressão, vamos considerar que vocês só fazem isso em relações longas e monogâmicas, tipo, depois de umas duas semanas com o boy. Então, force um pouquinho aí na sua cabeça, pra lembrar quando foi a última vez que você fez isso.

Mas não é simplesmente cuspir ou engolir, essa pergunta é mais batida que pinto de adolescente, o que eu quero saber de vocês é se DEPOIS que você já ejaculou na boca da pessoa, a sua impressão sobre ela muda caso ela cuspa ou engula aquilo tudo. Sim, porque o que eu mais vejo são tirinhas de homens fazendo piada sobre quem cospe ou engole, por exemplo:

Observe a carinha do boneco

Qué dizê, conta pra mim nos comentários, vocês realmente se importam com o que a pessoa vai fazer com o conteúdo depois que ele já saiu de dentro de você?

Aproveitem e respondam a enquete abaixo, pra gentchy ter uma noção estatística.