Nova colaboradora, Suzanne!


Olá, pessoas!

Meu nome é Suzanne Tremembé,   acho que alguns me conhecem,  serei a voz Reunião  cazamigas! da Sapa lésbica neste blog.

Aqui falarei  de coisas realmente importantes como a combinação dos signos,   senhas compartilhadas,  melhores preços de frete,  Brenda,  tinder, Ana Carolina,  a ex da ex que agora é sua esposa e muito mais!

Aceito sugestão para o primeiro post pq o que tenho em mente pode  aumentar minha pena.

Que  toda minha maldade seja perdoada, porque metade de mim é cachaça e a outra é sinuca.

Beijos de sua amiga,  Suzie.

Ellen Page, de ‘Juno’, sai do armário


Mais uma para a irmandade. A  atriz canadense Ellen Page, 26 anos, famosa por seu papel de adolescente grávida no filme Juno, declarou que é lésbica, no último sábado, em um discurso durante uma conferência sobre os direitos dos homossexuais em Las Vegas. Veja que lindo:

Que discurso lindo, que discurso inspirador! Ao contrário de outros famosos que se utiliza daquela falácia de que não há motivos pra se assumir lésbica, porque nenhum hétero diz aos pais que é hétero. Sambô, gata, lacrô, querida, ela não deu só um, mas um monte de motivos de porque ainda é importante se assumir gay e lutar por nossos direitos, o fundamental, inclusive, o direito de existir – o nosso e de tantos outros que sofrem conosco de viver numa sociedade desigual e preconceituosa. Enfim, deu um show de consciência política.

Muita coragem, especialmente porque diferentemente de nós, meros mortais anônimos, famosos não tem aquele direito ao armário instrumental seletivo, ou seja, assumir apenas em alguns níveis e em outros não (por exemplo: para amigos e não para a família, na faculdade e não no trabalho, etc). TODOS ficam sabendo e se sentem no direito de julgar. Por isso, merece nosso respeito!

E aí, abigãns sapas, quem lambe?

Tem gosto pra tudo…


Iza, OPS, uma moça, foi detida no Palácio do Planalto nessa terça-feira, dia 11, por invadir o palácio gritando para os quatro ventos que seria o marido de Dilmão. Cata:

Tiete

Segundo os alibãs, ela gritava frases como: “Você quer se casar comigo, meu amor?”, “Eu queria sequestrar ela, ela é meu coração”.

Ownnnn…

Mas nem tudo foram flores e serenatas de amor pra nossa presidenta fofa:

Tem até fotos do momento que ela foi imobilizada e levada para o hospital:

Não! Não é essa foto não! Como eu tô desatenta hoje, néam? Segue a foto correta:

Se for pra ser imobilizadãm por esse soldado belíssimo, até eu vou dar uma passada no Palácio do Planalto dizendo que sou a esposa de Guido Mantega.

Via G1, dica das reticências infinitas

Nem desconfiava…


Eu dentro de uma vagina

Eu não ia postar esse assunto, sabe, porque eu pensava que todo mundo já soubesse que a Raven, daquele seriado “As Visões da Raven“, lambe lasca and stuff.

Mas parece que a polêmica tomou proporções maiores nas redes sociais quando publicaram que ela está namorando a AzMarie  Livingston, que participou do American’s Next Top Model e foi a sexta a vazar do programa (o equivalente aos primeiros eliminados do BBB, ninguém lembra do nome, só da cara). Cata a resposta:

“Minha orientação sexual é minha e só diz respeito a quem eu estou namorando. Não sou o tipo de pessoa que expõe a minha vida publicamente.”

E o que isso significa, minhas lindas?

I Kissed and… (continuação)


tô lokka!

tô lokka!

As beeshosas falam que estão passadas como a minha história, vocês não imaginam como eu ainda estou. E para piorar, o Michael Jackson resolve morrer. Beeshas, sempre fui fã dele e da sua gêmea siamesa Janet Jackson. Uma vez até fui numa festa com um enfeite de mamilo que nem o que ela usou. Abafa, abafa, abaaaaafa. Bem, eu sei que as senhoras estão louquíssimas para saber como terminou a história.  Serei breve!

No post anterior eu parei quando as duas me agarram a força e eu não resisti. Pois é, a ruiva parou de me beijar e me puxou para dentro de um reservado. A loura veio atrás meio que tirando satisfação e eu estava vendo a luz piscar, piscar, psicar. Só senti quando a loura deu um empurrão na porta e entrou dentro do reservado. Pronto, eu que nunca fui para dentro de reservado com bofe nenhum ok, nem eu caio nessa lorota estava com duas rachas. Bees, elas tinham várias bocas e línguas. Era uma coisa estranha, mas muito gostosa – não vou mentir né?

hummmmm

hummmmm

O babado foi ficando quente, mais tão quente que o meu otin foi passando. As duas não paravam e quase sairam no tapa para ser primeira a lamber o meu, digamos, clitóris.  Eu já tinha me entregado e resolver viajar nas monas. Minha sainha estava lá em cima e meu cabelo todo desgrenhado. Quando a fumaça começou a sair do reservado a tia bateu na porta e perguntou se tava tudo bem. Elas dizeram que eu estava passando mal – sempre jogam o podre para cima da trava. Daí a tia disse que ia chamar uma enfermeira, as monas ficaram loucas e dizeram que não precisavam que estavam saindo.  A ruiva se ajeitou e saiu na frente. A loura ainda abusou uns minutinhos e saiu em seguinda.

E vc, Tchynna? Eu fiquei lá, sentada no vaso sem entender nada. O que tinha acontecido era surreal demais para minha cabeça. Devo ter ficado horas cinco minutos lá, me sentindo a estátua de Rodin. Do nada ouvi a voz de uma amiga minha perguntando se a tia tinha visto alguém como minhas característica lá (gostosa, boazuda, turbinada e com um micro-saia). A tia disse que eu estava passando mal e a minha amiga veio ver. Abriu a porta e me ajudou a me recompor.

Tô onde hein?

Tô onde hein?

Lá fora, na pista, todo mundo queria saber o que tinha acontecido. Eu expliquei e falaram que eu estava de zoação. Eu disse que não, que jamais ia inventar uma coisa que pudesse afetar minha fama de pegadora de cafuçus e afins. Começaram a me chamar de dyke, que iam voltar para casa no meu caminhão e se eu tinha carpete na língua. Achei uó! mas, quando me perguntaram se eu tinha gostado, respondi: A-mey!

p.s.: não sou lésbica. tenho várias amigaaaas que são. vou aos sapagodes da vida. jogo sinuca. maaaaas, ainda sou uma travesti heterossexual. e não se fala mais nisso!