10 motivos para amar o novo reality “Bibas”


O reality show do momento que está dando o que falar é o “Bibas”, apresentado na Band do Pará, e aqui apresentamos 10 razões para não perder nenhum capítulo:

É o primeiro reality show gay da TV Paraense e é reality com gay não é só de drag queen;

1

É dividido em dois times: “Musas” e “Bibetes”;

2

“Torta na cara” é prova de eliminação;

3

Tem momentos “fala-na-cara” (Glitter, saudades);

4

Chica Chiclete (Millena Wanzeller), Narcisa Tamborindeguy e Katarina Zeta Jones estão participando;

7

O prêmio é uma moto Honda rosa;

6 Tem uma bee cuja a profissão é “funkeira” (concorrente fortíssima);

7

Leona assassina vingativa, nossa musa mirim; e a Aleijada Hipócrita fazem participação;

8

Ser “””forte””” (vulgo, obesa) é critério de eliminação;

9

10º Sensualizar lavando carro é um tipo de prova;

10

Ainda não viu? Se joga, gata:

E aqui tem a parte 2. E não deixe de ver o episódio 2 (parte 1 e 2) e o episódio 3.

Admito sou team Keylla Trovoada e Eduarda Werneck. E você?

PORRA, RECORD!


Não sei se há um ser humano que esteja assistindo o reality “A Fazenda de Verão”, mas mesmo assim estão falando que a emissora do bispo Edí Macedo tem cortado as cenas homoafetivas. Segundo o RD1:

A Record não confirma oficialmente, mas o fato é que cenas de carícias entre pessoas do mesmo sexo estão sendo excluídas da edição de “Fazenda de Verão”. Ontem, ao vivo, Rodrigo Faro convidou o público a ver imagens ao vivo do reality.

No entanto, a direção do programa se surpreendeu com Manu e Angelis se abraçando. A cena foi cortada na mesma hora, causando até constrangimento no apresentador, que foi pego de surpresa. As duas já protagonizaram cenas de beijos, o que também não entrou na edição.

Pois é, como disse o texto aí, em um dos programas, o Farinho convidou o público para ver imagens ao vivo do reality, mas foi surpreendido com as sapas Manu e Angelis, que estão tendo um relacionamento dentro do programa, se abraçando, veja:

“Vocês viram, gente, vocês viram?”

Agora alguém me explica: para que colocar gays, lésbicas, travas e trans dentro de um “””””reality”””” show se não podem mostrar a “realidade” deles? É só ganhar aqué com as palhaçadas das bichas e com as “estranhezas” do que é diferente para a maioria da sociedade? Qual o problema de mostrar os homoafetivos como pessoas comuns que tem relacionamentos como qualquer outra pessoa, gente? Record, por favor, né?

Exploração LGBT me dá um ódio:

SBT e Globo: You are the winners of this challenge


Hoje duas informações chegaram até mim. Uma sobre o The Voice e outra sobre o Casos de Família.

Primeiro, The Voice. Cata a imagem:

385117_4007429306015_551872077_n

Que lindo, gente, ME ABRAÇA!

me abraça

Eu não fazia IDEIA que Ellen era sapa! Vi esse programa, vibrei com este satanás fazendo mais sons com a boca que o filme Fantasia 2000, da Disney, e nem me toquei disso.

Pode parecer pouco, mas pensem no que isso representa socialmente. Ela e Maria Cristina, a outra sapa que faz cosplay de Cássia Eller, são as favoritas do programa e ambas ganharam pelo voto popular.

Sim, bee’s, voto popular, com uma porcentagem de cerca de 55% as duas foram pra final ao competirem com mais dois outros competidores, em grupos de três.

Em contrapartida, tem aquela coisa, né? Nossa sociedade aceita muito bem bicha e sapatão, desde que bicha só sirva pra fazer rir e sapatão só sirva pra fazer música.

Enquanto isso, no SBT, a vinheta de fim de ano do delicioso Casos de Família:

[youtube https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=3pXZ_4KEsjM]

artePegaram alguns casos famosos e celebridades da internet pra comporem o elenco.

Observaram a quantidade absurda de beeshas, travas, drags e seres amorfos? Pois é! É a vinheta de fim de ano da emissora, repleta de gente como a gente.

Era de se esperar, todo fucking dia que eu passo por aquele programa tem alguma gay ou sapa falando da vida dos outros.

Outro dia mesmo uma viada, com as unhas compridas pintadas de preto, estava criticando a outra porque a outra era drag, e na cabeça dela “homem gay não precisa parecer mulher pra ser gay”.

SÓ ELA não via que ela estava mais montada que a amiga ao lado. Quando é que esse povo estúpido vai se tocar que drag queen é artista, não transexual?

E há quem diga que Silvio Santos ainda fará um reality show de druegs, tal qual Glitter. Provavelmente com Nany People, Elke Maravilha e alguma bicha estilista aleatória falando de conceito fashiozzzzzzzzzzzzzz…

Meet the cast:

  • Chica Chiclete;
  • Labelle Beauty;
  • Striperella;
  • Robytt Moon;
  • Silvetty Montilla;
  • Alguém com andrógEno escrito no nome;
  • Suzy Brasil;
  • Uma novinha com cara de mulher (que vai encher o saco dizendo que é transformista e não drag queen);
  • Thalia Bombinha (pra completar a cota das plus size);
  • Ava Simões;
  • D’mon;
  • E Rochelly Santrelly indo pro bottom two logo de cara, porque os jurados não serão capazes de interpretar a genialidade dela e o dadaísmo da sua dublagem.

modelo

Dica do leitor