Willam para latinas – “Es una passiva”


por Dé

Ela está de voltaaaaaaaaaaa!

Uma de nossas queens favoritas saídas do reality mais amado por 11 em cada 10 bichas, Rupaul’s Drag Race“, está de volta com um remake em língua espanhola de seu grande hitBoy Is A Bottom“.

Embora possa soar estranho a alguns a refilmagem sem as drags Detox e Vicky Vox, é tão maravilhoso que as gueis não-latinas estão todas trabalhadas no recalque. É divertido porque foi toda adaptado, inclusive com uns sons incidentais latinos.

“Quando você aprender outro idioma nas escolas americanas, você aprende a dizer gato, cachorro e perguntar onde está a biblioteca,” disse Willam em uma entrevista.Eu queria aprender mais – especificamente as baixarias e deixar claro a todos os meus futuros maridos latinos por meio da minha música que eu aprecio todo o seu amor e apoio, e algumas outras coisas ao sul da fronteira“. DANADA!

Assista ao vídeo e se delicie:

“Essa bicha é passivaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!” VIAAAAAAAAAAADO!!!

Arrasô, gata!

Que isso, gordinho, que isso?!


Crossfilia: Fetiche em transar com motos e outros objetos motores.

Ou isso:

ines parece uma pornô

Mas a culpa é da moto que sai por aí toda insinuante. #ironia

Cada um com seus fetiches, néam?!

——————————————-

UPDATE: No grupo do Babado Certo no Facebook (já entrou lá, viado?!), alguém muito sagaz catou a inspiração do rapaz:

♪ “Bound to fall in love… ahan, honey” ♫

Sincerão!


Tá certo que um dos requisitos para ser feliz é nunca olhar os comentários nos grandes portais de notícia, mas sabe, às vezes vale a pena…

comentário

Você não estava sozinho amigo, pode ter certeza! rs

Via Te dou um dado?.

Constrangimentos pós-armário


Super discreta.

Ah, quem já fez seu outing sabe o quanto é libertador sair do armário. Você pode enfim deixar as coisas às claras com os amigos e familiares, contar sobre relacionamentos, lugares e situações sem necessidade de mentir. O problema é que antes de arrasar trelíssima na pinta depois de sair do closet,  você já teve que dar muitas voltas para trucar em outras ocasiões sua viadice. E a memória do povo é boa.

Eu e meus amigos rimos até hoje de quando eu entrei na faculdade e era enrustido. Eu contava meus relacionamentos adaptando as histórias. Quem era homem virava mulher, dar virava comer, etc. As histórias ficavam meio absurdas e se cumpria aquele pacto social “você finge que é verdade e eu finjo que acredito”.

Nossa, para minha mãe eu era o top dos tops na BlowUp (boate hétero de Vila Velha) porque eu dizia para ela que sempre ia lá e deixava subentendido que era para pegar gatchynhash. Mal sabia ela que eu já praticamente fazia ponto na Move Music de tanto dar close lá.

Era só virar a esquina…

Um amigo me contou que na escola passavam a revista de mulher nua entre os meninos e ele ficava lá fingindo que curtia, até fazia aquele barulhinho de pneu furado para ser convincente: Shhhhhhhhhhlipt!

Fora quando a guei para parecer autêntica pega racha: depois que todos descobrem, vira piada! Teve uma amiga minha que ficou com três beeshas enrustidas que depois se assumiram. E ela ficou com má fama, pobrezinha… Mas não era culpa dela, sabe como é, comunicação social…

E você, já inventou histórias absurdas para camuflar sua sexualidade? Fala a verdade, conta pra tchytchya!

Ava Simões do Peru


Dá uma pra cada.

Uma coisa que nós gays temos de melhor em relação a héteros são nossos concursos de Miss. Enquanto as misses tradicionais são políticas e amargam as derrotas em sorrisos amarelos, nós fazemos um concurso onde sempre rola máfia e no fim, muitas vezes, acaba em UFC.

Depois do cláááááássico concurso brasileiro de 2009, com a nossa Ava ComPerucaOuSemPerucaEuContinuoMissBrasil Simões, agora foi a vez do Peru. O concurso que ocorreu em San Juan, segundo a descrição do vídeo, ficou feio depois de duas competidoras entraram em uma briga por um suposto erro de julgamento. A vice-campeã atacou a recém-coroada Miss Gay 2013 depois que os juízes alegaram ter anunciado o vencedor errado no concurso.

Bafo extra: as duas são inimigas desde o leito materno, ou seja… BABADOCONFUSÃO&GRITARIACERTOS

 ♪ “We’re like diamonds in the sky” ♫

Tudo valeu a pena para que existisse esse gif.

E claro que temos nossa versão regionalista também, né?