Willam para latinas – “Es una passiva”


por Dé

Ela está de voltaaaaaaaaaaa!

Uma de nossas queens favoritas saídas do reality mais amado por 11 em cada 10 bichas, Rupaul’s Drag Race“, está de volta com um remake em língua espanhola de seu grande hitBoy Is A Bottom“.

Embora possa soar estranho a alguns a refilmagem sem as drags Detox e Vicky Vox, é tão maravilhoso que as gueis não-latinas estão todas trabalhadas no recalque. É divertido porque foi toda adaptado, inclusive com uns sons incidentais latinos.

“Quando você aprender outro idioma nas escolas americanas, você aprende a dizer gato, cachorro e perguntar onde está a biblioteca,” disse Willam em uma entrevista.Eu queria aprender mais – especificamente as baixarias e deixar claro a todos os meus futuros maridos latinos por meio da minha música que eu aprecio todo o seu amor e apoio, e algumas outras coisas ao sul da fronteira“. DANADA!

Assista ao vídeo e se delicie:

“Essa bicha é passivaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!” VIAAAAAAAAAAADO!!!

Arrasô, gata!

Que isso, gordinho, que isso?!


Crossfilia: Fetiche em transar com motos e outros objetos motores.

Ou isso:

ines parece uma pornô

Mas a culpa é da moto que sai por aí toda insinuante. #ironia

Cada um com seus fetiches, néam?!

——————————————-

UPDATE: No grupo do Babado Certo no Facebook (já entrou lá, viado?!), alguém muito sagaz catou a inspiração do rapaz:

♪ “Bound to fall in love… ahan, honey” ♫

Sincerão!


Tá certo que um dos requisitos para ser feliz é nunca olhar os comentários nos grandes portais de notícia, mas sabe, às vezes vale a pena…

comentário

Você não estava sozinho amigo, pode ter certeza! rs

Via Te dou um dado?.

Constrangimentos pós-armário


Super discreta.

Ah, quem já fez seu outing sabe o quanto é libertador sair do armário. Você pode enfim deixar as coisas às claras com os amigos e familiares, contar sobre relacionamentos, lugares e situações sem necessidade de mentir. O problema é que antes de arrasar trelíssima na pinta depois de sair do closet,  você já teve que dar muitas voltas para trucar em outras ocasiões sua viadice. E a memória do povo é boa.

Eu e meus amigos rimos até hoje de quando eu entrei na faculdade e era enrustido. Eu contava meus relacionamentos adaptando as histórias. Quem era homem virava mulher, dar virava comer, etc. As histórias ficavam meio absurdas e se cumpria aquele pacto social “você finge que é verdade e eu finjo que acredito”.

Nossa, para minha mãe eu era o top dos tops na BlowUp (boate hétero de Vila Velha) porque eu dizia para ela que sempre ia lá e deixava subentendido que era para pegar gatchynhash. Mal sabia ela que eu já praticamente fazia ponto na Move Music de tanto dar close lá.

Era só virar a esquina…

Um amigo me contou que na escola passavam a revista de mulher nua entre os meninos e ele ficava lá fingindo que curtia, até fazia aquele barulhinho de pneu furado para ser convincente: Shhhhhhhhhhlipt!

Fora quando a guei para parecer autêntica pega racha: depois que todos descobrem, vira piada! Teve uma amiga minha que ficou com três beeshas enrustidas que depois se assumiram. E ela ficou com má fama, pobrezinha… Mas não era culpa dela, sabe como é, comunicação social…

E você, já inventou histórias absurdas para camuflar sua sexualidade? Fala a verdade, conta pra tchytchya!

Ava Simões do Peru


Dá uma pra cada.

Uma coisa que nós gays temos de melhor em relação a héteros são nossos concursos de Miss. Enquanto as misses tradicionais são políticas e amargam as derrotas em sorrisos amarelos, nós fazemos um concurso onde sempre rola máfia e no fim, muitas vezes, acaba em UFC.

Depois do cláááááássico concurso brasileiro de 2009, com a nossa Ava ComPerucaOuSemPerucaEuContinuoMissBrasil Simões, agora foi a vez do Peru. O concurso que ocorreu em San Juan, segundo a descrição do vídeo, ficou feio depois de duas competidoras entraram em uma briga por um suposto erro de julgamento. A vice-campeã atacou a recém-coroada Miss Gay 2013 depois que os juízes alegaram ter anunciado o vencedor errado no concurso.

Bafo extra: as duas são inimigas desde o leito materno, ou seja… BABADOCONFUSÃO&GRITARIACERTOS

 ♪ “We’re like diamonds in the sky” ♫

Tudo valeu a pena para que existisse esse gif.

E claro que temos nossa versão regionalista também, né?

#Rapidinhas: Menor abusado


Calma, ninguém molestou um vulnerável. Porém uma vulnerável muito da nervosa estava no face toda serelepe, em comunidade gay de pegação, postando foto “sensual” dos pelinhos nascentes. Tive que fazer o tchytchyuó e dar uma lição nele:

menos abusado

Era só o que me faltava!!! Esses pirralhos em vez de estar brincando de boneca, como qualquer adolescente comum, fica procurando homi em internet. Cadê a mãe?

Sou da seguinte pedagogia:

UPDATE: Os donos da comunidade botaram o fedelho para fora. Mas gente, não é proibido menor de idade no face, não? Como elas estão prafrentex! #aquelas

Porchat e Duvivier se beijam em vídeo de humor


Em mais um hilário vídeo da “Porta dos Fundos”, com temática gay, os atores trocam beijo sinistraço, veja:

Do site A Capa:

(…)

“A ideia era fazer piada com esse ambiente formal, que é uma transmissão ao vivo pela TV ou rádio, misturando-o ao universo gay”, explica Duvivier em entrevista ao jornal “O Globo”, comentando que o vídeo faz uma alusão à famosa dupla Galvão Bueno e Arnaldo Cezar Coelho.

(…)

“Nós todos [do Porta dos Fundos] abraçamos a causa gay, então foi bacana ver o vídeo sendo compartilhado nas redes por quem apoia o movimento”, diz Duvivier.

Fábio Porchat, autor do curta, explica porque o vídeo tinha que terminar com um beijo.

“O final é um beijo porque é mais engraçado assim. Se um abraço fosse mais divertido, teríamos optado pelo abraço. A intenção não era fazer barulho, mas fazer uma boa piada. Mas fiquei feliz de ver que o vídeo gerou uma discussão em torno do tema. Eu, particularmente, defendendo a causa gay”, diz Porchat.

Entre os comentários postados na página do filme no YouTube, há muitos internautas que comemoram o beijo e outros que consideram as imagens “ofensivas” ou “nojentas”. Alguns dizem até que vão parar de acompanhar o canal.

“A gente não liga para o público conservador. É importante empurrar as barreiras para quebrar os preconceitos. Se não fizermos isso, vamos cair no erro da TV aberta, que se preocupa demais com o que o tal ‘grande público’ quer ver. Não queremos ser escravos do público”, afirma Duvivier.

“Não temos medo de perder espectadores ou assinantes do canal. Só fazemos o que achamos engraçado. O beijo foi fácil. Difícil é olhar para a cara do Gregório e não rir!”, conta Porchat.

Legal, né? E beijo gay ainda choca, gente! Pode isso?

Sandy curtiu isso.


Do Bol (também fiquei chocada de ainda existir):

Imagem

Antes de mais nada, afirmo que parei de ver essa edição do BBB quando eliminaram a Aline, em protesto.

Sobre essa questão de preferencia sexual X prazer na penetração, já falamos sobre aqui e aqui. Achamos TOTALMENTE possível que um homem HÉTERO tenha prazer anal e que isso não interfira em nada sobre sua identidade sexual.

Ponto pro Eliézer que foi corajoso e não-hipócrita!

Mas… assim, hipoteticamente, falaê, você ia?

Aaaaaaaah, Linhares…


Mijódromo do Ferraço em Colatina!

Nos anos 90, em Cachoeiro foi implantado pela prefeitura o mijódromo, uma máquina que faz chover em sua praça central, mas que acabou sendo, alguns anos depois, removido, pois ao contrário de refrescar o ambiente, acabava por molhar todos que passavam pelas proximidades.

Parece que tem um cara em Linhares querendo implantar um sistema parecido…

Do Site de Linhares (é, o nome é esse mesmo):

gozou na cara!

Um fato inédito nos arquivos da Polícia Militar de Linhares ganha destaque no 12º Batalhão: um homem exibia o órgão genital em frente a uma residência, no bairro Conceição, e quando uma mulher, que mora no local, estava caminhando na via, ele começou a se masturbar e ejaculou no rosto dela.

Tem que ser ninja e desviar!

Horrorizada, a vítima chamou a polícia para registrar o caso e detalhou as características físicas e o traje do “tarado”, explicando aos militares que nunca o havia visto antes.

O fato aconteceu em plena luz do dia, na Avenida Hans Schmoger, e a vítima, que tem 38 anos, disse que quando caminhava pela referida via, por volta das 10h20min, viu o homem, de cor parda, porte físico forte, estatura mediana, aparentando ter entre 35 e 40 anos, com o órgão genital para fora da calça. Ele vestia camisa listrada e tinha um boné branco na cabeça.

Quando percebeu a presença da mulher, o estranho começou a se masturbar, chegando ao orgasmo e jogou o esperma no rosto da vítima. Em seguida ele fugiu e não foi encontrado durante rondas feitas pela polícia.

Registro de arquivo da jornalista:

Consta nos arquivos da jornalista Elida Oss que um fato de ejaculação em público foi registrado pela polícia há cerca de 06 anos, porém dentro de um supermercado, no bairro Shell, onde um homem se masturbou e ejaculou na perna de uma consumidora, que estava no setor de legumes e verduras.

Nota: O orgasmo é a conclusão do ciclo de resposta sexual que corresponde ao momento de maior prazer sexual. Pode ser experimentado por ambos os sexos e dura apenas breves segundos. É sentido durante o ato sexual ou a masturbação, que é o caso do relato policial em questão.

#xatiadíssima

Você agora não pode sair em Linhares com a make feita, cabelo escovado e com um look babadeiro pois corre o risco de ter um maluco que vai passar porra na sua face. Uó! E esse cara deve odiar mesmo as mulheres porque ele goza e faz questão de ir lá passar na cara das rachas. Misoginia pouca é bobagem, né?

Mas não sei se isso me indigna mais do que o fato do site ‘Site de Linhares’ (rs, num guento esse nome) realmente achar que as pessoas não sabem o que é orgasmo e explicar com textinho do Wikipedia.

UFC Mc Donald’s


Gatãms, vocêsh viram o bapho da briga que teve essa semana no Mc’Donalds da Praia do Canto, em Vitorinha? Aceita:

“FILMÔ?!”

Bocas malditas dizem que o motivo da confusão foi a disputa pelo último Big Mac.

E como não amar essa rachinha de preto que não larga por nada o lanchinho dela e fica só ali no cantinho mastigando e curtindo a confusão. Já quero ser amigo e chamar pra comer um Cheddar McMelt (amo!). Cataram que todo mundo é magro, néam? #FatTeam rs

FINISH HIM!

O que uma Ice Off não faz com ash playboyzada da Praia do Canto… tsc, tsc, tsc…

Alguém sabe mais desse basfond?

Via Facebook.