“JOGA ARROZ” – Tribalistas voltam com música em comemoração ao casamento gay


Depois de 10 anos, os Tribalistas, o trio musical composto por Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown e Marisa Monte, talvez o maior sucesso “recente” da música popular brasileira, voltou e por uma causa super nobre. Quem não se lembra dos clássicos chicletes do início dos anos 2000, como Já Sei Namorar, Velha Infância, É Você, Tribalistas, etc, etc, etc?!

"Claro... Em 2003, não estava ouvindo agora não..."

“Claro… Em 2003, não estava ouvindo agora não…”

Pois é, com a decisão favorável do Conselho Nacional de Justiça – lembra?, leia aqui -, que obriga todos os cartórios do Brasil a realizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo, o trio de músicos compuseram a deliciosa música intitulada “Joga Arroz”.

Ouça:

Bora karaokê, dá play aí de novo!

Joga arroz
(Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown e Marisa Monte)

O seu juiz já falou
Que o coração não tem lei
Pode chegar
Pra celebrar
O casamento gay

Joga arroz
Joga arroz
Joga arroz
Em nós dois

Quem vai pegar o buquê?
Quem vai pegar o buquê?

Maria com Antonieta
Sansão com Bartolomeu
Dalila com Julieta
Alexandre com Romeu

Joga arroz
Joga arroz
Joga arroz

Em nós duas em nós todos
Em nós dois

AMAY!

[18+] Exercício alternatiOPS…alterPASSIVO


Está cansada de ouvir sua amiga marombeira te falar que você está uma balofa e deveria fazer exercícios? Não consegue andar nem 1 quilômetro na esteira sem morrer de tédio?

Seus problemas acabaram, chegou a BICINECA!! Clique na imagem abaixo:

bicicle

Eba! Aula de spinning!

Eba! Aula de spinning!

Cadê isso sendo vendido na Polishop, no ShopMix, no Shoptime, NO CANAL DO BOI?!

Agora sim eu entendo como é possível sentir o tal prazer que os personal trainers falam que a gente sente depois de 40 minutos de exercício. Se for em cima dessa bicicleta não tem erro, é endorfina pura!

Gente, depois falam que viado vai pro inferno, que são abomináveis. Existe criatura mais criativa para burlar as pequenas rotinas tediosas da vida moderna?

Babado Certo é 1000!


Mais que mil!

Beeshas, o grupo de viadice mais agitado do Espírito Santo – sim, maricona, o do Babado Certo – acaba de chegar a mil membros (ui!):

Obrigado a todos vocês que estão sempre badalando no grupo e trazendo assuntos para pautar o blog! Fora as pegações, gongações, confusões… a gente AMA VOCÊS (mesmo postando fotos constrangedoras das senhoras semi-nuas)!

Ainda não faz parte, gata? Clica aqui e pede pra entrar! Aproveita que a gente é fácil…

“Onde os ursos estão” #1


Daí que o blog BearNerd está traduzindo a web-série gay americana que traz como tema os ursos, “Where the Beras Are”. Não é demais? E a série é divertidíssima pra todas as bee, independente do sub-gênero que se enquadram.Ela é sexy, divertida e engraçada, eu ri alto com várias cenas.

Cata o primeiro capítulo (se a legenda não carregar instantaneamente, você tem que acionar o botãozinho “cc”- legendas – que fica embaixo do player a direita):

“Vão tomar no cu, todos vocês! Está festa está uma bosta!” LOL!

Que situação! Mas quem nunca acordou com um boy que não sabia o nome do lado que jogue o primeiro Wi-Fi na minha cara! E como lidar com o suspense de saber o que houve? Calma, bee! Conforme forem saindo os capítulos vou postando aqui, beleza? Woof!

Via BearNerd.

Um bom motivo para assistir o The Voice Brasil


Eu ADORO programas musicais, assisto desde o American Idol até o Ukraine’s Got Talent. Na época do Fama então, a cada apresentação da Vanessa Jackson eu tinha um filho colorido pelo koo de emoção.

E depois do fracasso de Ídolos, que vamos combinar, virou uma babaquice para escolher o adolescente com a voz e a cara mais femininas do Braseel, a Globo, muito eshperta, criou o The Voice, que vai escolher o melhor cantor do país, sem idade máxima permitida.

Qué dizê, já podemos esperar várias negonas do Soul e jovens sapatonas perturbadas fazendo cosplay de Cássia Eller.

Mas além disso tudo, ainda teremos o saborosíssimo Pedro Andrade como anfitrião. Vem:

Eu e Dé quando vimos a foto

Quem não curte esse olhar de “sou gostoso, sou ativo, e se tocar na minha pica vai sair daqui na cadeira de rodas”?

Aí, depois que eu esfreguei a racha naqueles travesseiros de “Eu te amo um tantão assim“, dei mais uma pesquisada no site e **BOOM**, quem são os jurados?

Daniel e Lulu Santos, ♥ muito amor ♥.

Claudia Homofobia Leitte e Carlinhos Brown, o Away de Petrópolis da música brasileira, como coadjuvantes pra manter o padrão Globo de qualidade.

Não duvido nada que Claudinha, quando vir a apresentação de algum adolescentezinho cantando Justin Bieber, vai dizer: “Eu acho uma gracinha esse cabelinho e essa voz, mas meu filho será bem criado pra não virar isso”.

Via Yahoo

OOOOOWWWWWNNNNN! ♥


Do Extra:

Um fuzileiro naval causou polêmica nos Estados Unidos ao tascar um beijo daqueles no namorado, Dalan Wells. O casal estava se reencontrando no Havaí, após o fim da missão do sargento da marinha Brandon Morgan no Afeganistão.

Ao avistar o namorado, Brandon se jogou nos braços dele para o tradicional primeiro beijo após a volta para casa. Esse momento é tradição entre os oficiais que voltam para casa e sempre é registrado. Mas a foto de Brandon com o namorado se espalhou rapidamente pela internet, depois de ser publicada na página Fuzileiros Gays, no Facebook. Foram mais de 4 mil comentários.

Eles seguiram o exemplo de um casal militar de lésbicas que já havia feito o mesmo.

Não sei vocês, mas eu achei muito fofo – vocês sabem como sou sentimental – e fiquei meio assim ó:

E ao mesmo tempo assim ó:

Porque, né, militar… sacumé.

Coisa boa no #CarnavalCapixaba


Está aí curtindo aquela ressaca goshtosa do final de semana? O pré-carnaval inaugurado pelo desfile de Vitória ainda percorre seu corpo sambado (com trocadilho, claro!) e você ainda tendo que trabalhar. Calma, olha o refreshco que o BC traz pra você, sualinda, “senas” do desfile do São Torquato, qüenda:

♥ Sunga Branca ♥

Ah, se fosse um caminhão de entrega das Casas Bahia aí em sua casa, hein? Vale prestações a perder de vista? Ou fala que foi entrega no endereço errado?

Via @cpelada.

Prêmio Vip: Melhor Gogoboy! Are you ready?!


Está rolando no Face, uma votação da carioca Vip Agência para escolha do melhor Gogo de lá. Vamos fazer o que a gente mais gosta de fazer que é falar de neca e boy magia? Vamos dar nosso pitaco? Acompanhem comigo essa belezoorash:

Edu Guerra

O corpo está magia, mas só eu que achei a sombrancelha feita broxante? O combo óculos aviador feat. corrente de prata feat. penteado Neymar feat. tattoo de presídio é cafuçuzice suficiente ou você quer mais?

Falcon

Boy fazendo o São Sebastião vale? Toda essa vibe “mim possua” e carinha meiga… Não curto, faltou atitude, Fa! Achei muito ativo passivo. A gente goshta de cafuçú dominador!

Frazão

Adoro nomes com aumentativo, acho tão sugestivo… Ou estão falando deste braço aí que é maior do que minha coxa? Venká!

Gil Baiano

Hummmmm, baiano… Nossa!

Julio Reis

Com essa carinha de ser abssal Julio é o camarão da edição, né? Mas vai me dizer que não ia fácil, hein?

Leandro Matt

Ele tem “Lembrança de Porto Seguro” tatuado no edí, tá?! E como eu já disse sempre levo os nomes de guerra em consideração e, olha, não sei vocês, mas levo “mati” com muitas ressalvas…

Marcio Reis

Olha a cara de “sou lindo” do Marcinho no espelho! Será que ele é parente do Julinho lá de cima? E, posso falar? Eu achei essa sunga belíssima, vestiu bem, né?

Rodrigo Colosso

Latino, é você? Como não amar essa carinha marota de “moçãm munitãm” do Rodrigão com a mão dentro da sungueenha?! Lembra da história dos nomes que eu falei? Já ganhou?

Quédizê.

Thiago Lisboa

Passiva. Next.

Troiano

Para de graça, bee! Até parece que se você não encontrasse no FF ou na Feira  você não ia se lambuzar nesse corpeenho e ia sair de lá com um sorriso maior que o do Curinga do Batman? Cainimim, Troiano!

Participem, votem ! Porque eu entrei na campanha:

Caraca, moninha, que isso?!


Olha, ou eu estou muito gostoso – e nem estou em minha melhor forma, ao contrário longe disso – ou essas bees estão MUITO saidinhas – o que eu acho BEM mais provavel. Até eu ando me chocando com os flertes agressivos que elas tem dado no meio da rua com o sol do meio dia rasgando o cérebro da gente e pra me chocar é difícil, hein.

Só essa semana foram três. Numa delas eu descia do Transhca inocentemente e quando passei por um cafoo dumda ele virou e deu aquela clássica chupada barulhenta nos lábios “shhhhhhhhhh” e me mandou um olhar de volúpia! O.O Só faltou cantar ♫ “delicious delicious this way you gonna kill me...”♪

Minha cara quando essas coisas acontecem...

Bizarramente neste mesmo dia um cara (passiva, certeza!) teve a audácia de me abordar na rua e falou na maior cara de pau “Desculpa chegar assim, mas eu queria te dizer uma coisa, posso?”, pensei “lá vem merda”, e ele “você é muito gostoso sabia, adorei este seu estilo rock’nroll (?)”. Quando falei que era comprometido ele deu um mini piti ainda, acreditam?

Eu pensei que já tinha ganhado minha semana, estava com a auto-estima lá nash picash, até que ontem estava no trashca (sempre), mas dessa vez com meu boyfriend. Porém o ônibus estava tão lotado que nos separamos ele ficou antes e eu depois da roleta.

"Me dá seu corpo nu!"

Lá tinha um boyzinho – esse, enfim, bonito – que eu olhei de boa pra ele e ele já veio com aquela cara maliciosa. Disfarcei. Desci do bus no terminal e quando desceu o boy veio convicto em minha direção com aquela cara de “eu quero seu corpo nu”. Apavorado disfarcei daquele jeito…

Gente, o que está acontecendo em Vitorinha?! Dormi um década e as coisas mudaram assim? Eu que fui sonso e nunca percebi? São os hormônios que colocam no frango? Hoje, no Globo Repórter… [que piada velha, comecei o ano com piada velha]

Me respondam: elas que estão safadjeenahs mesmo ou é meu corpo evidentemente sensual que provoca este tipo de volúpia irresistível nos boy de tanta sedução, de tanto sex appeal que tenho?

quédizê.

Cala a boca e me ch*pa!


"Eu quero seu cérebro!"

Os pensadores contemporâneos abominam o conceito de separação entre corpo e mente em duas entidades diferentes… mas olha, para quem procura um bad romance na noite gay capixaba isso fica cada vez mais dificil!

Comigo muitas vezes é assim: a gente escolhe um boy bonitão e sexy! A coisa está super quente e indo bem… mas acontece que o boy co-me-ça a se revelar… (#raquelfeelings). Ótimo é sempre bom conhecer pessoas, néam?! Mas é o boy abrir a boca para a gente descobrir que ele é um eshcroto e foder com tudo, porque  não sei vocês, mas meu limite de separação entre tesão e opinião sobre a pessoa é muito ligado. Se a pessoas tem posicionamentos retrógrados ou sem-noção sobre o mundo ou/e (geralmente é “e”) é ignorante, meu pênis fica murcho, escurece e cai de tanto que é brochante – até porque tem que me dar carinho, tem que me dar um bom caixinha. Dá um ódio! Dá vontade de segurar a cabeça da pessoa e gritar no ouvido dela “POR QUÊ? POR QUÊ? POR QUE NÃO FICOU QUIETO SE ERA PRA FICR FALANDO MERDA!”. O mesmo vale pra quem é antipático e carudo (a não ser que isso seja apenas em uma forma de humor). Talvez seja por isso que elas frequentem aquelas boates que são hiperbarulhetas que não dá nem para você conversar…

Leve Nietzsche pra academia!

O mesmo vale para o sentido oposto. Gente que não é bonita e te ganha só com o papo. Tem uns cafuçú, digamos, mais rústicos na aparência, mas que são tão legais, inteligentes e bem humorado que conseguem despertar o tesão na gente de um jeito…

Eu, modéstia a parte, sou desses que ganha o coração mais com o papo do que com esta minha bela face e este corpo de dar inveja… É só saber falar a coisa certa no ouveedjeenho pra arrastar qualquer um para a cama!

Olha, que fique claro aqui, não tô fazendo a linha “adote um feio”. Nããããão! A questão é que uma boa conversa as vezes é tão ou mais excitante que um corpo sarado. É ou não é?

Ou seja, dica do verão: além de entrar na operação ‘sunga branca’, que tal entrar também na operação ‘cérebro sem brancos’? #fikadika

Barulhinho bom?


Olá, leitora amiga! Imagine-se chegando na tranquilidade de seu apê e descobrindo que deixaram um bilhete debaixo da sua porta. Vamos lê-lo juntjeenhas?! (clique na imagem para ampliar)

Do Facebook de uma bee de Vitorinha.

E teve boatosh que sua sexualidade estava na pior. Se incomodar toda a vizinhança é estar na pior, porrãm, o que é estar bem, né?