Você se considera Pão-com-ovo?


Quando a intenção é gongar as bee’s que a gente não gosta, um dos principais xingamentos que usamos é o famigerado “pão-com-ovo”, não é mesmo? Mas o que é isso realmente? Porque eu, nem o Dé, chegamos a um conceito com o qual todas concordem.

Foi por isso que os antropólogos da universidade de Mancheton, em Nárnia, fizeram uma pesquisa com mais de 500 beeshas e dividiram a pão-com-ovice em três vertentes: Dinheiro, Roupa e Comportamento.

Algumas gays disseram que pão-com-ovo é sinônimo de bicha pobre, mas isso não serviria pra Vitorinha, uma vez que aqui só existem 5 famílias realmente reecas, o resto não passa de classe média que se sentem milionárias só porque têm aqué pra pagar a buatchy todo fim de semana.

Outra parcela afirma que pão-com-ovo é sinônimo de bicha mal-vestida. Eu não entendo, uma vez que todas as gays atualmente se vestem muito parecidas, é sempre o combo: Blusa de gola V ou pólo, calça jeans ou xadrez, all star no pé e cabelo assimétrico… aí você vem e me fala: “Ah, Max, mas tem a marca”.

Na Madruga Boladona

Marca? Que marca, garáleo? Foi-se o tempo que era chique usar a logo da marca estampada no peito, hoje é cafonérrimo e só se restringe às marcas de funkeiro boladão. Diante disso, uma blusa da C&A pode ser tão bonita e moderna quanto uma Calvin Klein.

Já o terceiro grupo foi o que mais me convenceu, a pão-com-ovice reside no comportamento, a verdadeira pão-com-ovo não precisa ser necessariamente pintosa, apesar de nesse grupo ser mais evidente a presença delas, basta que ela não tenha a educação típica dos gays comuns. Não entendeu?

Estereótipos nos rondam all the time, a maioria dos gays reclamam deles, mas quem aqui não curte estar numa roda de héteros e ouvir que os gays são inteligentes, educados e comunicativos? Eu adoro!

E eu acho que foi daí que partiu a classificação da pão-com-ovo, que seria a bee que foge desse padrão estabelecido por essa parcela pró-gay da sociedade moderna. Tchypo, são as gays que “estragam tudo” que a gente demorou pra construir de primeira impressão.

Belíssima

A pão-com-ovo é, na maioria das vezes, pintosa e magrinha, mas já vi muitas delas escondidas por baixo de uma pele de Barbie, inclusive, tem Barbie que acha que se encher de músculo vai criar uma barreira 100% eficaz contra qualquer preconceito contra gays e que isso lhe dá o direito de ser estúpida com as colégãns de sexualidade.

É o caso da gay que quando ganha VIP pra ir pra buatchy, compra uma garrafa de Skol beats, pega um táxi na esquina, pára na porta, dá uma de louca bêbada, mas quando chega perto das outras bee’s da fila faz um carão geral, como se a portinha que as outras vão entrar fosse da câmara de gás do Holocausto e ela é uma ariana que está indo visitar Hitler.

É bem comum também que essas bee’s, quando estão com dinheiro, comprem garrafas de Chandão pra tirar foto cas amigas e colocar no Facetruque no outro dia.

Portanto, diante disso, qual VOCÊS acham ser a melhor classificação para Pão-com-ovo, vamosh votar?