Vitorinha também arrasa no funk!


Vocês aí, leitoras de outros estados, acham que só vocês têm bee’s que arrebentam no funk? Pois estão erradíssimas!

Cata o vídeo com as novinhas no nosso antigo maior ponto turístico de pegação: O PÍER

pier

clima

Maravilhosas! Nessas horas que eu desisto de vez de arrumar um namorado. Como competir com isso, gente?

Não tem condições, elas deixam os ativos mal-acostumados e acabam com qualquer possibilidade de uma pessoa normal dar um chá de koo.

Enfim, estou muito orgulhosa com a ressurreição do Píer, local que na minha época era apinhado de gente, mas morreu com o tempo.

Dizem que havia acabado por causa de um grupo de skinheads que estava atacando os viados que saíam de salto alto do Shopping Vitória.

(Me lembro de uma que só andava assim:

tumblr_mjqrq6ylIt1qdlh1io1_250

deal…with…it

confesso que dava vontade de dar uns tapas nela)

Mas se existe criatura esperta são as beeshas, esperaram a poeira abaixar e tão aí, com a terceira ponte ao fundo, mandando um quadradinho de oito na cara da sociedade mais provinciana do Brasil.

Guia Vix de Pegação – Píer


O pôr-do-sol é o começo

Beshas, o primeiro capítulo do Guia de Pegação foi um sucesso de crítica e público. As bee ficaram loucaaaaaaaaas e queriam mais e mais dicas! Gente, aos poucos! Parece até que não sabem que se for tudo de uma vez machuca e ninguém nem sente o babado! O Guia é semanal! Se a gente publicar tudo de uma vez, os pontos de pegação acabam e vocês não voltam aqui. A gente quer glamour e ibope! Beeeem, chega de conversa e vamos ao bafo de hoje: O Píer do Meio, na Praia de Camburi. Aliás, a praia em si é um grande complexo de pegação que precisa ser destrinchado por partes.

Para quem é do babado, basta dizer “Píer” que já sabe sobre qual eu estou falando. Mas, como tem muita gente nova na pegação e o vucu-vucu está acontecendo no outro píer, a gente dá nome e sobrenome. Na Praia de Camburi temos três píeres (sentiram a finesse de Tchynna nessa concordância nominal?). O segundo é o que nos interessa e fica próximo a Avenida Adalberto Simão Nader, vulgo a rua da Move! A antiga Zoom (Mega-Zoom ou Planeta Ibiza, depende da idade da senhora) ficava ali em frente! Para alegria das bichas que só tem o cartão de vale transporte e a camisinha, tem um ponto de ônibus bem enfrente!

Pequenas dunas, grandes prazeres

Pequenas dunas, grandes prazeres

A freqüência do Píer é uma das mais selecionadas. Gentê, não estou dizendo que só dá os melhores bofes, mas em comparação a maioria dos lugares o povo que vai lá é “do bem” e “diliça” (ok, depois que as feias lerem isso aqui vão se jogar lá. Uóooo). Na faixa de areia entre os últimos prédios da Mata da Praia até o Píer, você pode encontrar garotos bem nutridos dentro de suas bermudas de tactel, funcionários da vale e cst esperando ou saindo do turno, gente que tava correndo na praia e desviou do calçadão, ou seja, transviados e também muita carranca!

Dicas Certeiras de Tchynna!

– O movimento no Píer começa somente após o pôr-do-sol. É perda de tempo ir mais cedo. O local é freqüentado por pescadores e o movimento de gente correndo na areia é grande. Nem os pescadores e nem os “atletas” curtem muito o babado, então, segure o rabo e espero a noite chegar.

– Na verdade, o Píer em si é apenas uma referência já que é nas áreas em volta que o circo pega fogo (principalmente no sentido Mata da Praia-Píer). O lance é vir andando da Mata da Praia pela areia até chegar ao píer. Se tiver sorte no meio do caminho já cata um e volta feliz para casa.

– Por ser um local ermo a função não avança a madrugada, depois das 22 horas, o número de corpinhos em busca de sacanagem cai substancialmente. Então, já percebeu que não dá para ficar escolhendo muito esperando o príncipe encantado chegar porque a hora passa e ai, nem sapo vai aparecer por lá.

– Dependendo vento pode-se forma “dunas” excelentes para você ter um pouco mais de privacidade tanto dos carros da avenida que passa relativamente longe, quanto dos “andarilhos” da areia. Mesmo assim terá a privacidade do seu quarto, então relaxe e deixe os outros olhar (ou convide para uma suruba).

– Quem não curte nem um pouquinho exibicionismo e só gosta de fazer “a dois”, tem que ir para as pedras do píer mais perto do mar. É meio arriscado, mas tem umas bichas que são mais ágeis que guaiamuns e descem as pedras com uma facilidade…

– No começo do píer tem uns arbustos que também podem servir de biombo, mas cuidado volta e meio tem algumas coisas não-agradáveis lá, tipo, merda de algum cachorro ou pessoa mesmo.

– A freqüência de drogados é pequena, mas eles aparecem por lá. Se ver uma rodinha de gente fumando, não pense que é uma preliminar de suruba; talvez, um ou outro mais relaxado. Nunca se sabe.

– Carros, motos e bicicletas podem transitar no píer. O que isso representa ladrões e policiais chegam ali com facilidade. Então, preste sempre atenção. Os ladrões usam várias táticas então nem dá para prever, mas a polícia entra e depois joga as luzes para a areia. Cuidado sempre!!! 

– Bem na entrada no píer alguns rapazes vão te encarar com olhar de desejo do tipo “quero meter em você todinha” ou “me arregaça, vai!”, porém no final eles entregam uma fatura. Fora isso, eles são quase todos horrorosos!

– Quer saber se tem movimento? Veja se tem carros estacionados perto do píer. Nem todos entram no píer e preferem estacionar ali na Dante Michelini e entrar a pé. Se tiver carro, tenha certeza que o babado tá bom lá nas pedras. Quanto mais carros, mais babado!

– Esteja em forma. Não adianta chega, ir até o final do píer e esperar sentado olhando o mar nos banquinhos. Como disse a pegação rola mais na areia que nas pedras. Vai ter que ir e vir algumas vezes sim e na areia. Pense pelo lado bom: seus cabitos vão ficar mais grossos!

– Aprecie a vista na hora de descanso entre uma pegação e outra. É linda e refrescante!

Acho que isso bibetes!!! Se eu esqueci de alguma coisa, me avisem nos comentários ou então no meu e-mail: tchynna@gmail.com! Aproveite e nos conte suas experiências no píer. Beijoxxxxxxxxxx!!!!


Observação importantíssima!

Na semana passada, publicamos um texto sobre a pegação no Shopping Vitória. Um leitor nos escreveu e mandou a seguinte dica: o Shopping está colocando seguranças descaracterizados para vigiar os banheiros. Há poucas semanas três bee saíram de lá algemadas porque foram pegas fazendo sexo oral no banheiro. Atenção Beeshas! Cuidado! Ou vai querer passar esse carão em plena época natalina com o Shopping lotado. Se isso acontecer, faça um barraco e fuja.

Domingo no Lui!


O quiosque mais fervido!

O quiosque mais fervido!

Gentê! A notícia é meio velha, masssss tem muita gente que não sabe. O novo point da Praia de Camburi é o Quiosque do Lui, quase me frente ao Hotel Canto do Sol! Babado dos fortes, lota quase todas as noite e no fim de semana o dia inteiro! Dá tudo quanto é tipo de pessoa, afinal a praia é de todos, já diz o velho clichê. Tchynna foi e adorou ver as sapas se divertindo e as pintosas bancado a Beyoncé! Tem a galera que faz uma parada estrategica ali, já que o Lui fica entre o Segundo Pier e o Final Feliz – acho que seria mais prático transferir a pegaçao pro terceiro pier!!! Bee do babado, vamos puxar essa campanha! “O terceiro pier é nossa a-ha u-hul!”. Ia ser a democracia plena. O primeiro pier para Iemajah, o segundo pros pescadores e terceiro só para gente! O que acham?