Koo não é aparelho reprodutivo


Essas beeshas me matam com as perguntas que me fazem. Hoje veio uma e me perguntou o seguinte no Facebook:

Não, né, gente? Nós já aprendemos com o vídeo da Max e o Orgasmo Prostático que o ânus apenas é um atalho para se chegar à próstata, a verdadeira responsável por toda nossa diversão.

Acontece que existem outras vias para se sentir prazer prostático sem penetração, umas delas é pressionar a área entre o escroto e o ânus (períneo), que também vai haver estimulação da glândula.

O problema disso tudo é que o boy não vai sentir prazer pressionando seu períneo. Por isso a gente dá o edi, pra que tanto o passivo tenha sua próstata estimulada quanto o ativo tenha a neca estimulada, e ambos saiam felizes no final. Compreenderam?

Mas a dúvida foi muito além disso:

E, segundo o boy, é esperma… dele mesmo!

MORTA

Pior é que teve gente que conversou com a leitora e concordou com esse absurdo! Ela ficou tão louca e confusa que começou a pensar que a passiva tinha algum buraco que ligava o koo ao aparelho reprodutor.

Seria isso possível? Seria o processo evolutivo criando beeshas mais adaptadas ao cruzo? Nãããão! Anatomia Básica:

Aquela parte branca todinha ali tem tecido de revestimento e músculo separando, logo, não é a porra da bee.

“Então, Max, se não é a porra da bee, por que ela caga gelatina?”

Não sei! Pela primeira vez eu não sei o que responder. Mas tenho hipóteses!

1. Alguma infecção intestinal, Síndrome do Cólon Irritável ou excesso de chucas: Inflamações na parede interna do intestino ou excesso de chucas podem gerar uma produção exagerada de muco. Esse muco pode sair junto com as fezes, com a chuca ou com o sexo anal.

Tal muco tem aparência de esperma/catarro e pode confundir um observador mais leigo (a cor pode variar, dependendo do tipo de infecção).

2. Uso de hidratantes, condicionadores ou emulsões como lubrificante: Essas substâncias são chamadas de coloides e, pra quem não sabe, coloides são “misturas de substâncias que não se misturam”.

No caso dos hidratantes é uma Emulsão, a mistura de água e óleo, e quando essa mistura passa pelo processo de fricção (penetração) acaba perdendo a sua consistência natural e ficando menos firme, mais gelatinosa… lembrando esperma.

3. A porra do outro boy: Nunca se sabe, né? Vai que a bee curte bareback ou a camisinha furou, mas ela não percebeu?

4. Fístula Reto-seminal: Bem lembrado por um comentador no post, existe a possibilidade de perda de esperma pelo ânus em caso de fístula (conexão anormal entre dois órgãos ou vasos), fazendo com que parte do esperma vaze para o canal retal.

Esses casos são muitíssimo raros e são devido à má-formação embrionária – na hora da cloaca (sim, nós temos cloaca durante a gestação) virar dois tubos separados, parte dos tubos permanece conectada. Essa conexão permite que fluidos de ambas as partes transitem, podendo causar inflamação na próstata e outros órgãos do Sistema Reprodutor.

Mesmo assim não se goza “pelo ânus”, se goza pelo mesmo lugar de sempre, mas uma parte vaza devido a essa má-formação.

É raro, beesha, muito raro, reduza essa quantidade de chuca aí que seu problema provavelmente é esse.