Guest Post – Cansado desse “homo” extremista


link-building-guest-post1 (1)

Voltei do Rio, lindas! A viagem foi maravilhosa, cansativa e até bomba de gás lacrimogêneo eu levei. Mas voltemos à programação normal.

O Guest Post de hoje é do Renan, de São Paulo, que parece estar irritadíssimo com a política do Clone Gay, que eu escrevi há um tempo aqui no blog. Vamos ler?

A partir daqui o texto é todo dele.

Vim aqui hoje fazer uma espécie de desabafo e meter o salto na cara das gays homo extremistas. Não, não to falando de homossexuais extremistas, mas sim de gays que levam a palavra Homo sozinha ao extremo, e exatamente no sentido de:

“Gay mano tem que namorar e ficar com gay mano”
“Gay ploc ploc tem que ficar com gay ploc ploc”
“Afeminados tem que ficar com afeminados”
“Barbudo tem que ficar com barbudo”
“Drag tem que ficar com drag”

…e por aí vai.

0aaaaaaaaa

Simples, eu tô FODIDO DE RAIVA COM ISSO, sério.

Se eu vacilar no correr do texto, peço desculpas, porque de fato tenho a cabeça meio fechada pra algumas coisas, mas o blog tem me servido de grande reflexão e me livrado de certos preconceitos (o texto Amoladores de faca foi uma tamancada na minha cara).

Eu amo um cara. Pela primeira vez na vida eu tenho certeza que eu amo alguém. Não intencionalmente, eu me entreguei de corpo e alma pra uma pessoa que não quer ter nada sério comigo. Uma pessoa que procura algo sério, que quer ter um relacionamento sério, mas não comigo. Me jogou na friendzone lindamente. E sabe por que?

Porque segundo a imagem abaixo ele é um bixa MANO e eu to na categoria bixa JONAS BROTHER:

421812_2968574466974_1640072587_2523719_1098751895_n

Prfvr, um minuto de silêncio.

Pronto, voltando a minha revolta;

0bom diaEu fico completamente frustrado com isso. Ok, é legal e fofo quando a gente encontra um casal que se curte nas mesmas roupas, mesmas músicas, tem tudo em comum e um parece a cópia do outro (embora, me desculpem, mas acho isso um excesso de narcisismo).

Mas, porra, quando é que as pessoas vão começar a se deixar cativar e levar pela personalidade de alguém e não pelo tipo de roupa que ela usa ou a música que ela gosta?

patrao1Isso também é fruto daquele pensamento ridículo de “Gente bonita tem que ficar com gente bonita; gente feia tem que ficar com gente feia”.e

A coisa mais linda que já vi foi um beesha sk8ter na paulista que namorava com um cara que era anão. Eles andavam de mãos dadas, e sorriam, e foi a cena mais linda do mundo. Já reparou que quando os casais são completamente diferentes eles tendem a parecer mais bonitos, e não fofos? (talvez esse pensamento seja parte da minha revolta, mas foda-se)

Olha, estou realmente frustrado com isso, portanto, se você deixa de ficar com alguém porque ela não usa ou gosta do mesmo tipo de roupa que você, PARE COM ISSO JÁ e dê uma chance pra essa pessoa.

0loigoc

Falo isso porque quando eu estou com ele, a gente fica em uma sintonia extrema. Eu nunca me senti tão bem igual quando estou do lado dele. Parece que o mundo pode continuar seguindo o fluxo dele que, pra mim, não importa.

imagesE eu sei que ele se sente bem também porque ele se abre completamente sobre tudo da vida, todos os problemas, todas as vontades, etc e tal.

Mas ele não quer ter algo sério comigo, porque não sou “bixa mano”. É óbvio que isso está me matando e isso me mata.

ENFIM, PRFVR, Diversidade né? Parem de querer uma cópia de vocês e aprendam a aceitar as pessoas independente dela parecer com você ou não. O legal é achar alguém que te complete, porque duas peças iguais não se encaixam.

Muito cuidado com o que vocês pensam…


Muito tem se falado sobre o vídeo abaixo:

avisão

Tá, fizeram o que fizeram e não tem mais volta. Os rapazes nem são gays, segundo os próprios, mas podem saber que o populacho não tá nem aí pro que eles disseram, mas sim para o que Feliciano postou: “Ativistas gays fizeram isso comigo”.

Vi muita gente comentando e usando a seguinte premissa: “Feliciano não respeita ninguém, não pode exigir respeito. Você deve respeitar para ser respeitado.”

Vem cá com a Max, leitora

Vem cá com a Max, leitora

E eu te digo que NÃO, isso não é verdade. Eu posso ser a pessoa mais deplorável e mal-educada da face da Terra, nenhuma atitude minha justificaria uma violência que não acontecesse no calor de uma discussão.

O meu recado é: cuidado com essa premissa do “respeite para ser respeitado”, porque ela pode se voltar contra você quando o assunto for a homofobia.

A noção de desrespeito é pessoal e muitíssimo relativa, com isso, o que é indiferente para você pode ser extremamente desagradável e desrespeitoso para outrem.

É… eu estou falando do beijo gay em público.

E não só beijo

E não só beijo

Se você se prende a essa premissa, você automaticamente dá aval para que pessoas que se sentem ofendidas com um beijo gay (e são várias) tenham o direito de te desrespeitar.

Em resumo, a situação foi engraçada, compreensível, mas jamais deve ser estimulada. Principalmente quando fazem menção a uma suposta homossexualidade do Feliciano como forma de denegrir a sua imagem.

Fazendo isso nenhum de vocês estará contribuindo para uma possibilidade, mesmo que remota, de contemporização. Muito pelo contrário, fazendo isso vocês corroboram e confirmam a ideia de que ser gay é algo ruim e pode ser usada como ofensa.

:*

=*

Senhora dos Absurdos NÃO é humor homofóbico


Há uns dez minutos um leitor me mandou o seguinte vídeo:

[youtube https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=ww6XIUGUlo0]

A gay esperou que eu morresse de rir e dissesse ter adorado o vídeo para mandar a seguinte resposta:

Ué, Max, mas não é você que critica humor homofóbico e machista no blog? Que diz que opressão não tem graça, que não devemos fazer piada?

tumblr_inline_mmnr0ikE1q1ro37cg

O que foi que você falou?!

Não, esse tipo de humor não está na mesma categoria do Zorra Total ou de vídeos mal-feitos como essa porcaria abaixo:

[youtube http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=GuPXI24v_Bk]

aiai

10sO vídeo acima mostra o Neymar corroborando o preconceito de que um homem elogiar outro homem é uma ofensa à masculinidade deste, e que por isso ele deve se afastar… ou agredir, né? Nesse caso ele não agride porque o boy é mais forte que ele.

Aliás, posso apostar que se eles dessem uma fala pro Neymar, seria: “Sai fora, tá me estranhando?”.

Enquanto isso, a Senhora dos Absurdos faz chacota do preconceituoso.

neymarÉ muito fácil perceber no texto como ela exagera os preconceitos aos quais os gays, negros e mulheres são submetidos todos os dias, de modo a nos fazer rir DELA, do quão ridícula ela é por pensar assim, e não do gay que ela discrimina.

No outro vídeo ninguém ri do Neymar por ele ser machista, ri? Riem do medo dele de ser enrabado.

Mesmo o vídeo do Grindr, que à primeira vista pode parecer cheio de body shaming e homofobia, ainda assim é uma forma de criticar a moda da fiscalização do cu alheio, típica da elite.

E não só a elite hétero, tsá? Ou vai me dizer que não existe preconceito com gordo e afeminado também entre nós?

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=fV_90sS9RTk]

Então, não ousem colocar no mesmo patamar um humor genial como o de 220 volts e esses lixos homofóbicos.

Leia mais sobre a propaganda do Neymar clicando AQUI

Isso é coisa de viado


VEADO-NO-LAGO

O quê?!

Sei que prometi postar amanhã, mas não resisti!

No post anterior eu disse que ia usar o resultado da enquete para fazer esse post. Mas vocês são maravilhosas demais, e o resultado foi melhor do que eu esperava.

As opiniões foram diversas nos comentários, e eu adorei a divisão de pensamentos que se formou:

  • Por um lado, o time das “respeite para ser respeitado”. Afirmam que o rapaz não é gay, que só mostra o quanto o preconceito da sociedade também nos afeta. Preconceito esse que nos faz determinar a homossexualidade do outro sem nem mesmo saber se ele sente atração pelo mesmo sexo;
  • E o outro, o time da pinta. Afirmam que o rapaz é gay sim, porque se comporta da maneira típica que os gays atléticos se comportam: Egocêntricos, exibidos e vaidosos.

Agora, será mesmo que hoje em dia ter um comportamento típico de gay é suficiente para afirmar categoricamente que alguém é homossexual?

Don't

Don’t

man-purpleNós vivemos num momento histórico no qual a sociedade também cobra dos homens que se tenha boa aparência. Claro que não chega nem aos pés do peso que as mulheres devem carregar, mas ainda sim muito maior que no passado.

Por esse motivo, eu acho um retrocesso determinar a sexualidade de alguém se baseando nesses detalhes (salvo em caso de brincadeira ou de pegação em ambiente HT, óbvio).

precPorque fazendo isso estamos alimentando o mesmo separatismo dos homofóbicos, que nos colocam, e tudo aquilo relacionado a nós, como diferentes, alijados da sociedade padrão com o nosso comportamento transgressor.

Quando nós retaliamos esse comportamento num homem hétero, estamos indo de encontro a tudo que pregamos como ideal de sociedade: o fim do preconceito.

E o que é preconceito?

Se “pré” significa “antes”, a gente pode dizer que pré-conceituar é determinar um conceito ANTES de conhecer o que se classifica.

E isso inclui também elogios, como quando você conhece aquela beesha super gente boa e fala que seu santo bateu com o dela, isso é preconceito.

Qué dizê, se a gente julga os héteros quem somos nós para reclamar quando eles nos julgam?

dedaca

heteroEnquanto ser considerado gay ainda for interpretado como uma ofensa para um hétero, nunca vamos conseguir que eles nos respeitem se agirmos da maneira como agimos no post anterior.

Sempre que eles permitem uma abertura para uma relação mais fraternal nós somos os primeiros a apontar o dedo e desconfiar da sexualidade deles.

Sem contar as que alimentam uma paixão secreta pelo hétero só porque no jogo do Flamengo ele deu um abraço nela na hora do gol. E juram de pé junto que o abraço foi com segundas intenções.

Assim não dá! (em todos os sentidos que o “dar” pode adquirir nessa expressão).

Amiga da galera

Amiga da galera

Deveríamos, o quanto antes, aprender com as mulheres. Elas se tocam, falam sobre seus corpos, ficam nuas na frente umas das outras, se comparam e ali edificam uma relação muito mais livre que a nossa, que mal permitimos que um homem hétero seja vaidoso ao ponto de se deixar admirar por outro homem.

E esse separatismo existe até nos elogios! Se um homem é sensível com sua namorada, é viado. Se entende de moda, é viado. Se admira no espelho, é viado. Se manja rola no banheirão, é viado… OPA! Nesse caso é viado mesmo.

Se repara no que os outros vestem, é viado… NÃO!

Aprendam, de uma vez por todas: Coisa de viado é dar o cu, o resto é preconceito.

é a lei

p.s.: Dar o cu foi licença poética, todo mundo aqui sabe que ser homossexual se refere apenas a se atrair pelo mesmo sexo, ponto.

Tudo mentchyra, garáleo!


Atenção:  Apesar das fotos serem de domínio público, quaisquer envolvidos na postagem que se sentirem ofendidos por qualquer piada escrita aqui, basta enviar um e-mail para max_babadocerto@hotmail.com, que a postagem específica será retirada. Nossa intenção é somente a de fazer humor, mas é claro, com quem está disposto a rir.

Cata o que saiu no G1 sobre o Carone de Jardim da Penha, dia 17. Sim, eu esqueci de postar e já virou Old, apedrejem-me por isso.

Já começaram errado, qual capixaba usa a expressão “Ponto do Rock”? Mas nada se compara ao casal ter se conhecido na Seção de Frios, vamos descobrir porquê?

O casamento do Chão Frio com o Vento Sul

Com essas carinhas lindas não poderíamos esperar que eles tivessem se conhecido na seção de comidas exóticas e condimentadas, néam? Aposto que ela tava comprando champignons e ele aquelas salsichinhas vermelhas pra comer vendo jogo na animação do seu apartamenzzzzzzzZZZZZzzzzZzz…

Enfim, vamos à matéria:

Ai, gente, mas elas não têm nem vergonha na cara, néam? Abastecendo geladeira pro final de semana? Esbarram nos corredores de carne e bebidas? Fazem pegação?

Tudo mentchyra, elas vão mesmo é pra comprar Roskoff e Cantina das Trevas pra beber na Ufes! Eu mesma compro isso todo fim de semana e sei que se não chegar cedo as Cantinas acabam, as Roskoffs também, e só sobra vinho Canecão e vodca Balalaika.

Agora me diz: QUEM precisa abastecer a geladeira de bebida pro fim de semana? Por um acaso os supermercados não abrem no sábado? É o medo de algum apocalipse zumbi?

Nada disso, bebês, PUUURA MÁFIA pra não dizer que vai pra Ufes fumar orégano! Vejam vocês mesmos:

Ninguém diz!

Aí esses dois aí de cima disseram assim:

‘Ver o movimento e descobrir o que vão fazer’, quanta inocência do repórter em publicar isso. Ninguém tem tempo pra ficar bostando no supermercado atrás de rock e Vitória nem é tão grande assim pra precisar ir num local pra saber o que tem na cidade. Quem vê até pensa que é tipo aquelas ruas de Las Vegas, cheias de cassinos e opções.

Essas pessoas que ficam paradas no supermercado são as menores de idade que não conseguiram completar o combo Natasha + passagem de volta, e ficam lá pedindo moedas pros transeuntes, eu mesmo já fui abordada por eles, com seus olhos mal-maquiados e cheiro de Kriska Jeans, da Natura.

Mas aí vem a parte mais sensual da reportagem, as “bonitas” sobre as quais se comenta tanto no texto:

A da esquerda é idêntica à Edinéia Macedo

Então tá, mas pode saber que seu pão-de-alho vai ficar uma porcaria comprando o pão no dia anterior. Aliás, eu tenho até medo do estrago intestinal capaz de causar um churrasco que só tem Big Apple, Orloff, pão-de-alho e linguiça Toscana.

Segundo o repórter, Edinéia Macedo e sua amiga ‘figuram’ (jura que essa gíria babaca pegou?) entre as bonitas do Carone, mas elas revelam:

Claro claro, porque, mais uma vez, todo mundo abastece o seu mini-bar pessoal na sexta à noite, especificamente.

Por fim, fiquei triste que ninguém abordou as garotas da chuva, uma pena, não foi dessa vez, Edinéia…

Fonte: G1.com