Mais Você (Dicas pros ativos)


Esse post também contém conteúdo impróprio para menores de 18 anos. Leia logo antes que o filtro da prefeitura bloqueie o site!

Depois do sucesso do meu post anterior sobre lubrificação, algumas pessoas vieram me pedir um guia para os ativos. Afinal, quem não dá o edí não sabe qual a melhor posição para potencializar o prazer.

Eu só vou escrever por desencargo de consciência, porque eu acho que “ativo” é uma lenda urbana, ou melhor, são tipo aqueles “fósseis vivos”: A gente encontra o fóssil, considera a espécie extinta, até que, quando você menos espera, aparece um exemplar vivo e confunde a cabeça de todas as boiólogas.

Clique na imagem se quiser abrir a embalagem

Primeiro vamos falar de higiene. Eu sei que existe uma linha de bills hardcore que curte uma saladinha com Ricota pra poder manter o corpinho, mas o ideal seria que todas tivessem intolerância à lactose (exceto leite de pau, mas aí não é de origem animal e tá de boa, é outro composto). Se bem que tem uns que a gente até engole…

Qué dizê, vocês ativos (digo “vocês” por motivos ÓBVIOS) não precisam de todo o ritual sexual das passivas, não é necessária aquela preparação digna de um casamento árabe, a dica é: Lave e apare sempre! #apenas

Ah! De uns anos pra cá os homens começaram a usar talco no dito cujo. Eu acho válido, acho que fica cheiroso por bastante tempo, mas POR FAVOR, é só um pouquinho, eu vou chupar, não cheirar uma carreira de pinto. Tem uns que exageram tanto que me sinto em Silent Hill quando eles tiram a calça e sobe aquela névoa de pó.

Enfim, agora vamos falar da parte mais importante: as POSIÇÕES.

Eu sou super a favor da simplicidade, duas posições são necessárias, uma pra enfiar e outra pra quebrar o caralho todo. Isto é, sexo com acrobacias, que mais parece o Cirque du Soleil, não dá certo, cansa muito e no fim das contas você só vai gozar mesmo na tradicional. Comprar o Kama Sutra gay não significa que você deve fazer todas na mesma foda. fikdik

A “rigidez” do pênis também influencia no conforto do sexo. O tecido do pênis é maleável e se dobra, tanto para passar pela garganta quanto para se adaptar à anatomia do reto (sim, bill sem Ensino Médio, o reto é o seu koo por dentro). Ou seja, se você tem uma porra de um diamante no lugar do pau, não faça de lado, de 4 é a melhor opção e exige menor envergamento.

Existem posições que são dependentes do biotipo dos parceiros envolvidos, tipassim, se você é bombado ou gordo e o seu peguete também é, não invente de fazer frango assado… você pode até conseguir, com muito esforço, mas sexo foi feito pra relaxar, não pra se cansar, né, gentchy?

Nem vou dar dica pras magrinhas e pros magrinhos, como dizem: “Quanto mais fino o bambu, maior é o seu oco”. Pode tacar pra cima, pro lado, comer na pia e até dar de cabeça pra baixo com os pés no ventilador de teto, tá tudo liberado.

Somos aerodinâmicas. Não dizem que “deus não dá asa a cobra”? Pois então, ele estava se referindo às passivas magrelas, porque se tivessem asas não ia sobrar um ativo no chão. Elas sairiam catando todos e levando pra cima do Morro do Moreno, igual as águias… Seria a literal “voadora de edi”, hahaha.

E, por fim, ATIVOS, me ouçam pela ÚLTIMA vez: Nem todo mundo gosta que vocês coloquem lá no fundo ao ponto de doer, okay? Pergunte antes de fazer, se a pessoa gostar, beleza, se não, pare! Isso é sexo, não empalamento!