Marcelo Tas fala sobre filha lésbica


Marcelo Tas e a filha, Luiza, em 2008.

Marcelo Tas, apresentador do programa CQC, comentou em entrevista a revista “Alfa”, na edição do mês passado, que aprendeu a lidar naturalmente com a sexualidade de sua filha mais velha, Luíza, e que isso o ajudou a lidar com o tema de forma diferente. Na revista,  ele revelou que descobriu a orientação sexual da filha quando ela ainda estava no colégio. “A Luiza manifestou essa opção (sic) ainda no colégio. Na época, conversamos com ela e com os orientadores da escola. Foi importante deixar que a escolha fosse dela e que uma eventual pressão de colegas homofóbicos fosse acompanhada. Felizmente, não houve nenhuma questão mais grave sobre sua opção (sic). Que, é bom lembrar, é de caráter pessoal”, disse.

Para Tas, a geração de hoje encara com mais tranqüilidade a questão da homossexualidade. “Luiza é de uma geração tranqüila quanto ao assunto — bem menos conservadora e bobinha que a minha ou a de meus colegas de CQC. Aliás, não deveriam cobrar coerência de quem trabalha com humor, que é uma lente livre com que miramos a realidade — até para expor os preconceitos”, finalizou. Luiza, que estuda direito internacional na American University, hoje em dia mora em Washington com a namorada Rachel e é filha do primeiro casamento de Marcelo Tas com a figurinista Claudia Kopke.

Marcelo Tas conheceu Rachel, a namorada de Luiza, em uma visita aos Estados Unidos, e ficou hospedado no apartamento da filha e da nora. “Me levaram para comer no Ben’s Chili Bowl, pé-sujo antológico de DC, lanchonete favorita do casal Obama”, afirmou. Sobre as piadas que geralmente costumam pintar no CQC sobre gays, Tas disse que não interferem no relacionamento que tem com a filha.