Parada Gay de Vitória 2015 será em pleno Verãozão!


Vinhááááááádos! A parada gay de Vitória deste ano promete! O evento deste ano será no próximo domingo (11), ou seja, em pleno período de férias, em pleno verãozão!!! O que podemos aguardar – além das passivas NERVOSAS de sempre? Uhum, muito sungão branco, muito queijinho mineiro, muitas turishtas desavisadas… Oh, coisa boa! Já comprou a sunga Água de Coco by C&A para dar close de rica, fina e fashion? Já tomou aquele sol na laje para chegar ostentando uma marquinha sexy? Já comprou aquele óclão de trava by Chilli Beans? MUITO BEM!

Claro, que o manifesto não é só fervo, estamos lá para protestar – uhum – por nossos direitos. O tema desta edição é TRAVESTIR-SE DO RESPEITO & DESPIR-SE DO PRECONCEITO – pelo direito d@s pessoas Trans Femininas e Masculinas“. Fiquem atentos que terá vários eventos durante toda a semana.

Confira o mapa com a rota do percurso que será realizado:

mapa Parada Gays de Vitória

E antes que alguém venha com aquele papo clássico de putaria X ações políticas, que parada gay é mais uma pegação em local público – SEMPRE TEM ALGUÉM QUE VEM COM ESSA! -, eu acho acho que isso é maravilhoso! É incrível que nosso manifesto seja uma festa, que traga prazer, alegria e bate-cabelo junto com as reflexões, debates, presença.

Serviço
9º MANIFESTO LGBT DE VITÓRIA
Data: 11 de janeiro de 2015 (domingo)
Hora: À partir das 14 horas.
Local: Concentração próxima ao viaduto Araceli Cabreira Crespo, ao final da praia em Jardim Camburi (Final Feliz – arrasô!).

Siga o Evento no Facebook.

Em breve programação completa…

—————————————-

Isso mesmo, O BLOG ESTÁ DE VOLTAAAAAAAAAARGH!!!

Mas calma, coisinha, vamos devagaaaaar, aos pouquinhos vamos atualizando o babado. Muita polêmica, muito babado, muito zenzooalidadje!!! E não deixem de contribuir mandando sugestão de post lá no nosso grupo! 😉

Cobertura da Parada Gay de Vitória [2013]


1488038_479498668836905_1953597293_n

Olha aqui! Eu quero dizer pra vocês que todas deveriam me amar MUITO depois do esforço que eu tive que fazer pra ir na Parada Gay com o calor diabólico que estava fazendo!

Nem acreditei que tive forças de sair, porque no dia anterior fui pra Nova Almeida (de novo, não me conformei com a péssima experiência da última vez).

Lá bebi tanto que, além de ter sido abordada por um cigano que em vez de tentar ler as pregas da minha mão me falou sobre uma nova técnica cigana de leitura de pregas do edi, acabei de madrugada numa cama de solteiro com um boy que nem faço ideia do nome, apenas me lembro da sensação de girar, girar, girar e ter três orgasmos. Nada. mais. me. lembro.

[youtube https://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=v396cL6lCqE#t=101]

Me arrumei toda por volta de 14 horas, e assim que botei o pé na rua cada fio da minha progressiva pediu arrego e num passe de mágica eu pulei de cosplay de Jessie J. para Gal Costa. Mas mesmo assim, fui, guerreira, prestigiar a luta LGBT.

Infelizmente

Por outro lado, o calor tem suas vantagens: A nudez é uma delas.

Absolutamente toda a Grande Vitória estava seminua, e se meus peitos de hormônio já estivessem grandes o suficiente com toda a certeza eu teria tirado a camisa e feito um protesto legislativo a la Indianara Siqueira.

Mas oportunidade é o que não vai faltar, APENAS ME AGUARDE, VITÓRIA, ME A-GUAR-DE.

trava

Eu em breve na Fernando Ferrari

Estava uma gracinha a parada, principalmente por causa da nova lei municipal aprovada em Vitorinha, que instaurou o dia contra a Homofobia e foi repetida o tempo todo em cima do palco.

Sim! O palestrante toda hora pegava o microfone e gritava: “A lei foi aprovada, se vocês sofrerem violência disquem 100”. Avisando aos homofóbicos que o bagulho ficou doido!

Como resultado, não vi violência, apenas uma correria louca na praia (e foi até poético ver aquela boiada estourando ao longe) que até agora não sei o motivo. Caso alguém saiba, favor me explicar nos comentários, pois eu vi uma fila de 20 policiais indo pra trás do palco e de repente o estouro de gente.

UPDATE: Informantes me disseram que havia um carro de som tocando funk atrás do palco e que a fila de 20 policiais foi, com toda a sua delicadeza, pedir pros meninos desligarem. Daí a confusão.

fat

Entretanto, também vi depoimentos de pessoas que passaram por isso:

“Gostaria de saber de fato qual esta sendo o objetivo dos Manifestos LGBT? Pois o que se viu em todas elas foi grupos de funkeiros reunidos e agindo de forma inadequada com algumas pessoas que simplesmente esbarravam neles.”

tumblr_inline_mw8vd2RlXV1qbiz5t

… os funkeiros me trataram muito bem…

Ah! Outro ponto interessante eram as frases faladas por um menino no trio, super nonsense, seguem algumas das quais me lembro:

“Gay vivo não dorme com o inimigo”

“Vitória é sapatão!”

“Quem é de Feu Rosa grita agora!”

Entre outras que a Brahma não me permite lembrar. Mas era visível o constrangimento das pessoas na rua.

Eu só olhava assim pro trio:

tumblr_mwc19keZ0b1qkremvo1_500

No mais, parabéns a todos os envolvidos. Nem tenho ideia do quanto deve ser desgastante promover um evento desse porte, e qualquer contratempo deve ser relevado diante do trabalho maravilhoso que eles fizeram. ❤

Dali eu fui pra Rua Sete, no Centro, pra ver o samba.

Mas os homens estavam muito atacados, um me perseguiu por toda a rua quando eu fui comer, dizendo que queria “me atravessar”. E outro que, quando eu passei, simplesmente meteu a mão no meu peito e apertou! Cadê o cavalheirismo, minha gente?

Os boys tavam assim no evento:

tumblr_m7dg2bpMDm1r35ipgo1_250

Seguem as fotos da cobertura. Mas antes de tudo, quero agradecer à Jéssica Telles pela maravilhosa homenagem ao desenho Pokémon, com seu cosplay de Cyndaquil!

professor

Separadas por um Professor Oak

1457678_614779805246687_128063760_n

1476165_710677105610734_1637603541_n 1374868_479500555503383_397934115_n

 

Cobertura completa no Moqueca Mídia, clique AQUI.

HOJE tem parada gay da Serra!


Mulheres, não fiquem putas com a minha falta de postagem, tá? Eu peguei 10 matérias esse semestre e ainda tenho que ler os artigos pro Gepss e escrever o meu TCC. PENSEM NA LOUCURA!

Mas eu tenho novidades. Este domingo terá o VI Manifesto da Serra, que acontecerá em Jacaraípe, além de várias programações durante a semana, cata:

1465183_10202417770987551_1122510746_n

Ebaaaaa, tudo que eu queria!

tumblr_mub44lTNTV1sannnio1_250

Infelizmente, eu não poderei ir porque vou “viajar” pra Nova Almeida sexta e, vocês bem sabem, minhas idas à Nova Almeida são sempre repletas de muito Babado, Confusão e Gritaria.

Não garanto nem que vou estar viva no domingo, quem dirá apta pra ir numa parada gay. Mas quero vocês TODAS lá, dando curso de hormonização e de auto-aplicação de Perlutan pras novinhas inexperientes.

Cobertura Parada Gay de Vila Velha


Só consigo olhar pro cachamel ali embaixo

Bee’s! Essa parada quebrou o caralho todo! E não foi só porque citaram o nome do Babado Certo 682 vezes em cima do trio não (se bem que isso acariciou meu ego a tarde toda), a organização estava perfeita (diga-se de passagem, parabéns aos organizadores Renan Rilton e Ana da Band), a chuva não atrapalhou quase nada, a polícia muito atenta durante todo o evento e, finalmente, fecharam as caixas de Pandora e esconderam os monstros que estavam circulando na parada de Jacaraípe… Tá, que um ou outro escapava, mas aí a gente fingia que tava ainda na vibe Halloween e curtia o rock numa boa… ou atirava na cabeça, senão não morre.

Cheguei por volta de 16 horas, fui a pé porque moro ali pertinho, dei um beijo nas várias bee’s que vieram falar comigo, até que uma passa por mim e joga a seguinte bomba: “Gata, olha o vestido da Chica, ela tá parecendo a maçã da Tentação do Silvio Santos!”.

Porrãm! No momento que eu estava bebendo minha cerveja, óbvio que eu cuspi tudo e cai no chão de rir. Lembrando que eu nem acho isso, gente, só ri porque a lembrança de algo tão antigo me pegou de surpresa. Olhem e comparem vocês mesmas:

Não vi semelhança nenhuma, vocês é que são malditas.

Enfim, comecei a beber um cachamel, outro cachamel, um shot de big apple nos peitos de uma racha, um copo de Cantina das Trevas, tudo ao mesmo tempo! Juro que era tanta coisa que enfiavam na minha boca que eu me senti num pornô de Gang Bang, sabem? Daqueles que tem um monte de negão e só um branquinho no meio. hahaha

Resultado, fiquei louca do meu koo, a parada terminou e foram todas pro Platinum, babado e confusão na frente do Platinum e gritaria no Baile Funk que se formou do outro lado da Avenida, tipo aquele filme Gangues de Nova York, que dois grupos rivais vivem muito perto e vira e mexe rolam uns porradeiros na praça central.

Ali fiquei por um tempo e fui embora, já tinha dado pra mim.

Em resumo, na parada teve gente bonita:

Teve gente simpática:

Teve Gogoboy com um vidro de Rexona Teens na cueca:

E teve a Lola Batalhão captada no momento exato de se alimentar da sua última vítima pra finalmente digievoluir:

Agradecimento ao site LGBT-ES pelas fotos. Quer ver todas? Clique AQUI.

5º Manifesto do Orgulho LGBT de Vila Velha


Gente, é a amanhã (20) a Parada Gay 2011 de Vila Velha. O tema é “Amai-vos uns as outros: Basta de homofobia!”. Espera-se que milhares de pessoas sairão pelas ruas de Vila Velha em uma caminhada contra o preconceito de sexo e gênero, reivindicando direitos iguais a lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e transgêneros. A Concentração é às 13 horas, na Avenida Santa Leopoldina, em frente à Faculdade Novo Milênio, em Coqueiral de Itaparica. Lembrem-se, nos últimos anos a parada de Vila velha tem sido a melhor do estado: a mais politizada, segura e divertida. #ficaadica

Serviço

5º Manifesto do Orgulho LGBT´s de Vila Velha

Data: 20 de novembro

Horário: 13 horas

Concentração: Avenida  Santa Leopoldina, em frente à Faculdade Novo Milênio, Coqueiral de Itaparica

Shows: Jéssica Telles, Thaís Spiller, Duda Fire, Gisele Summer, Selena Storm e Ângela Jackson.

Sabe o que me chocou mais? A Prefeitura de Neucimar Fraga está não só apoiando o evento, como divulgando! Não é lindo? Estamos progredindo ou é porque ano que vem é ano eleitoral? Estamos de olho, hein, prefeito! Que este apoio se mantenha em outras épocas.

Cobertura da Parada Gay da Serra


Meldels! Vocês sabem que eu não tenho preconceito com pão-com-ovo e muito menos com gente feia, afinal, certeza que a maioria das bee’s leitoras do Babado Certo dizem que eu sou as duas coisas… mas puta merda, abriram a Caixa de Pandora na Parada Gay da Serra!

Saí de casa às 14 horas pra chegar no Reino Tão Tão Distante que é Jacaraípe a tempo de pegar a parada gay ainda acontecendo. Aproveitei pra tomar dois Dramins porque eu sempre enjôo em viagens longas.

Chegando lá, começamos a andar em direção ao trio, que, diga-se de passagem, era do tamanho de uma van. Mas isso é aceitável, uma vez que a rua era estreita demais para caber um trio normal. A única coisa imperdoável naquele trio eram as músicas, poxa vida, galerãm, duas divas pingadas no meio de um monte de batida irreconhecível é foda, néam?

Comecei a beber e beber, porque nada apagaria os sucessivos traumas aos quais eu era exposto quando passavam umas gays tão exóticas quanto um clipe da Grace Jones… é… mas aí você tira a parte boa do exótico e deixa só o resto.

Engraçado foi uma bee de moicano que passou no meio de um grupo de outras gays tão étnicas quanto ela, e foi submetida a uma sessão de bullying, elas diziam assim: “Ah, Glória Maria, vai alisar esse cabelo de pico, tá tão duro que nem precisa de gel pra manter o moicano em pé!”

Desse jeito, gente! Eu acho que existe tipo uma hierarquia entre elas, baseada na força da Guanidina que aplicam no cabelo e na quantidade de foliculite que elas conseguem tapar com maquiagem, porque as mais feinhas eram escurraçadas pelas um pouco menos feias que elas… e eu disse UM POUCO, porque eram BEM pouco menos feias. hahaha

Inclusive, eu não sei porque tinha tanta camisinha aberta jogada no chão, eu prefiro acreditar que era para encher e fazer de bexiga, porque eu não quero nem pensar que teve gente que conseguiu garimpar alguém pegável naquele rock.

Por fim, a organização foi um luxo, as drags quebraram o caralho todo, a polícia estava 100% e… definitivamente, eu acho que só quando eu morrer é que finalmente vão citar o Babado Certo em cima do trio de alguma Parada Gay aqui no Espírito Santo.

p.s.: Dizem as más línguas que um blogayro cabixaba foi visto fazendo sexo oral embaixo da ponte. Não sei de qual blog é, mas aconselho de coração que ele corra o mais rápido possível para o Centro de Infecções e Micologia da Ufes de Maruípe.

Agradecimentos especiais à fofa da Malena que tirou as fotos pra gente. Para ver todas as fotos, clique AQUI