A DIVA MOR ENTRE NÓS?!


Da coluna Retratos da Vida, d’O Globo, dizem que o babado é certo:

Estou dando um braço, uma perna e um edí (os da Tchynna, lógica!) para ir nesse show (Monter Ball Tour). Ele é tão babadeiro, mas tão babadeiro que as notícias dizem que mesmo lotando todos a Gaga está gastando mais que ganhando devido aos mega cenários e figurinos fechativos. Quem gosta de se montar sabe que é assim mesmo, gasta-se mais do que ganha. É muito amor ao loosho, glamour, poder, riqueza e sedução!

– Buah! Mãe, quero ir no show da Gagaaaaa!

– Quem?!

-Lady Gaga, aquela do Bad Romance!

– Ahasô! Também quero.

Portal Yah e legitimação cultural


Ontem foi o lançado do Portal Yah e do Seminário Rede Cultura Jovem. Do site do evento:

O Seminário Rede Cultura Jovem – O Espírito de Um Tempo é um grande evento de dois dias para pensar a juventude como marca do nosso tempo e a cultura como sua expressão e projeto. O público presente acompanhará bate-papos com especialistas e jovens criadores de destaque no cenário local e nacional.

O evento quer provocar reflexões acerca de algumas das grandes questões culturais das juventudes de nossa época. Tecnologia, comunicação e sociabilidade contemporânea são as temáticas transversais do Seminário.

Para ver a programação completa e se inscrever é só entrar lá na page do evento.

Daí algumas perigosas vão perguntar: “E daí, fia?”. Bem, além do que é  lógico, o fato do nosso blog fazer parte dessa referida cultura que será discutida no seminário, advinha quem foi chamado pra esse evento mega restrito? Entre jornalistas, autoridades e artistas – os formadores de opinião, como foram chamados no evento – estava esse blogayro que aqui vos escreve. Bem fazendo a phynna no chequérrimo brunch oferecido num belísismo  (adoro superlativos!) cerimonial ali na Enseada do Suá, praticando a milenar arte de bancar a íntima com secretários de cultura e afins. Carão, meu beim!

O tal portal, o Yah!, faz parte do projeto Rede Cultura Jovem (PRCJ), da Secretaria de Estado da Cultura, que será um ambiente virtual interativo para agregar as manifestações culturais que são produzidas pela juventude do Estado. Para quem ainda não catou, “Yah!” é aquele som que as capixabas usam quando se surpreendem.

Quem mesmo disse que esse é um blog de merda? O nome disso, gente, é legitimidade cultural!

Vi, vi, vi, vi, e-mei/ Vi, vi, vi e-mei/ Ma ma ma ma!


Provavelmente somos o último blog do mundo a falar sobre o VMA 2009, prêmio looshooso da música da MTV americana. Não falaremos do basfond do Cãnie Uést e da tal da Taylor porque cagamos para ambos. Para nós o assunto da noite foi Beyoncé, phyna e elegante parando tudo com seu Single Ladies (alguém já previa isso, hein?!) e, principalmente, nossa ídola Lady Gaga com seus looks bafôôôôônicos! Venha comigo numa viagem ao close, a fechação e ao bom carão do estilo fashion de Gaga:

Se o Petterson, carnavalesco da Mug, fizesse o figurino da peça da Broadway “O fantasma da Ópera” seria uma coisa tipo isso aí. Gaga, querida, tá dramático, tá glam, tá esquisito e tá loosho!

Esse foi o mais comentado: ela entra de coelhinho branco para cantar Paparazzi, simula auto-esfaqueamento e sangra no palco. Reparem as caras da drag loka! Ah, notícia bizarra relacionada: Lady Gaga foi repreendida por instituição contra suicídio. Meoo Koo! E para quem não sabe, o colant branco mega justo marcando a racha é para  provar para todo mundo que ela é B-U-C-E-T-A: bunita.

Quando ela apareceu usando essa roupa aí no palco para receber o prêmio, só dava neguinho correndo pensando que era a própria pomba-gira personificada que invadira o recinto. Frase dela no último quadro: “Calma, gente, sou eu!”. Alguns continuaram correndo…

Essa é a mais simplezinha, uma coisa dia-a-dia, pra usar no escritório, na praia, no shopping e no espaço sideral.

Com a ameega Beyonça. Ela pôs uma ninho na cabeça. Pronto.

Encontro de Divas!!! Como o assunto é a Lady Gaga nem vou falar dessa cabelo de rica da Madonna. Máscara de espinhos, cabelo já sufrido com a troca constante de roupa, um sobretudo 10 vezes maior que ela… Gaga, tá desleixada, tá mulher, tá conceitual! Parando como sempre.

Ela é podre, néam?! Tem como não amar, gente, tem?! Não me sai da cabeça uma cena dela moitando, no truque, umas sacolinhas com os modelón no banheirón (rima uó!) e toda hora correndo para se trocar. Vida de diva é assim mesmo. No reveillon passado troquei de roupa três vezes também, TÁ, me-u beeem?!

Ah, querem saber como a perigosa foi para a festinha pós premiação? Pronta para casar! Porque ela, mesmo de “noiva cadáver”, não está morta:

"Sou muito simples, muito básica"

Plize, don estope de miuzique!


Esse é um post que eu estou devendo do fim de semana passado, da festa de aniversáriod e 10 anos da Bar da Cheeca, da Tia Franscica Goma de Mascar! Foi uma das melhores noites de boate do ano no quesito música. Sempre suspeitei que o Dj K-lçada fosse um dos melhores do estado, mas no domingo passado ele deixou isso muito claro na noite retrô music. Foi ótimo relembrar músicas que embalaram a gente nos últimos anos como Rise Up, Piese of me, Hung Up e tantas outras. Era música boa seguida de música boa. Todo tempo eu gritava para minha amiga Paloma, aquela do veet, “Arrasou! Essa Dj tá perigosa hoje!”. E fazíamos dancinhas que iam do ridículo ao sensual (com destaque para o ridículo).

Os shows também foram ótimos. Iniciando com a androginia d@ Draken, que tava berm hominho dessa vez, ams manteve aquela coisa de mitologia:

draken

(clica pra ver ampliado)

No fim do show, ele ainda deu close dizendo que este é o primeiro de muitos outros e que essa produção foi a mais simplezinha, tá, me-u be-emmm?! Mas a grande atração da noite foi mesmo a dona da casa que no fim de sua apresentação:

mySuperLamePic_e96201795170c04e751a4ff613f908b9Ih, Chica, foi mal, mas já colocamos! Afinal a performance está im-pá-ga-vel! Depois do basfond de Vanusa cantando o hino naciuónal do seu próprio jeitinho, a tia Chiclete não deixou por menos e fez sua homenagem a ela dublando “Manhã de Setembro”. O cd arranha, ela pára a show. Na volta ela arranca o vestido e fica só de maio, porém certas coisinhas ficam para fora… VEJAM! Mi-mi-jei!

E teve ainda o show da Cristine, um bate cabelo um tanto não impolgante.

mySuperLamePic_2ab270dfad89b2a27ad43e86c760af22

Saí dessa festa morto, muito bêbado e brigado com o bophe. O que podemos concluir com isso?! BOMBOU, oras!!!

“O que achou da The Pub, Dé?!”


the pub fui

...e bate cabelo!

Eu tive a oportunidade de estar no bar dançante na sexta, noite da Tequila, e simplesmente A-DO-REI! Atualmente, não tenho problema algum em dizer que a casa é a melhor da grande Vitória, pois se eu fosse fazer uma boate seria bem parecida com aquela: vários ambientes, decoração temática, bons DJs… Aliás, o que foi a performance do DJ Felippe Molko? Ele é belíssimo (mesmo com seus “metro e meio” de altura) e soube como ninguém agitar a geral nas pick-ups misturando as músicas tops do momento com clássicas do passado (80, 90 e até dos 2000) todas COM LETRAS, acredita?! Gente, ele tocou Sweet Dreams, Queen e umas coisinhas maras dos 90 que me fizeram me jogar horrores. Odeio essa esquizofrenia dos DJs de querer sempre tocar a última das últimas novidades, cheio de efeitos de tunts tunts (devolvam minha letra!) e se esquecer dos clássicos, pois quero dançar e para isso tem uns babados ótimos nas antigas. “Arrasou, DJ!”, eu gritava. Faltou Girls just want to have fun da Cindy para ele ganhar meu coração e  fidelidade eternas. Se ele fosse de Vix, já ia puxar campanha para ele ser residente da The Pub. Ele só acabou comigo quando tocou Halo da Beyonce… me fez lembrar de alguém.

"Vai encarar?!"

Bem, como eu sei que o que importa para todo mundo não são só elogios, mas sim as críticas vamos a elas. Primeiro, o público. Não havia percebido como as bee haviam ficado tão mal educadas: elas esbarram e não se desculpam ficam gritando histéricas, ai, um horror! Lá dentro encontrei com duas amigas lésbicas e passei a noite com elas. Teve uma hora que tive que arrumar confusão com um cara que no balcão virou para elas louco e começou a falar gracinhas: “Sapatão é tudo mal educada mesmo!”. Voei para cima dele: “Como é que é, meirmão?!” Comecei a empurrá-lo. Daí apareceu o bophe da bee que por coincidência é meu amigo e colocou tudo em pano quentes. “Cuida dele aí, faz ele ficar quietinho”, falei botando banca claro que se ele tivesse resolvido me encarar eu correria, porque, pelo tamanho do cara, eu apanharia. Não mexa com meus amigos e, acima de tudo, não seja homofóbico, porque eu fico looooka </vanessão>. Tinha uma quantidade até grande de héteros também, mas isso eu até entendo, aquela região não tem esse tipo de lazer para héteros, por isso eles tendem a ocupar esses espaços.

No fim da noite, vi uma racha que estava mega produzida tomar uma queda na tal escada assassina. Ao ver coloquei a mão na boca fingindo espanto. Quando minha amiga fancha perguntou o que havia acontecido eu respondi: “Nada, só que a racha com chapeuzinho francês caiu e quebrou o cóccix…”. Comecei a rir muito, mais pelo jeito blasé com que disse do que pela situação em si. logothepubQuanto a temperatura, no começo tava mega frio, mas quando a boate lotou ficou mega quente e no final ficou frio de novo… normal.

Enfim, tinha mais coisas para falar, mas tô com preguiça de escrever. Conforme for lembrando eu vou colocando nos comentários. Ah, e faça o de vocês também.

Nossa, você tem… UM RABO?!!


caudaImagine você, leitor camarada, chegando em casa e  se deparando com a cena ao lado. Seu bophe com um linda (?!) cauda de cavalo e se bobear ele ainda relinchará. Isso te excitaria? Se sim, você é bem estranho, mas como nós apoiamos – e apoiaremos sempre – a diversidade das práticas sexuais, vamos dar uma diiiiiiiiiiiica</dona edith> de como você pode realizar essa sua fantasia.

É só entrar no site Huse dot com que tem vááááários brinquedeenhos, em especial pro seu bom edí. Inclusive, tem um tipo de piercing (é mais um plug na verdade) que pode deixar seu buraquinho negro bem menos negro e muito mais brilhante. Muito mais mesmo, pois as jóias são feitas nada mais, nada menos do que de cristais Swarovski. Loosho, glamour e poder, tá, meu bem!

Eu, se fosse mais liberal, ia comprar um com uma pedra vermelha loosho, delicada, cheia de faces brilhantes que refletem a luz…

La artificialidad muy me encanta!


Se hoje eu entrasse no Ego e lesse a seguinte manchete, juro que não me surpreenderia em nada: LADY GAGA É UM ROBÔ!

O sucesso da cantora se baseia muito menos na inegável qualidade de suas músicas do que em sua aparência extremamente artificial e pitoresca. Vivemos atualmente sob a influência de uma moral que super valoriza a imagem (aqui vista no sentido da visualidade) o que gera estes seres aparentemente supra-humanos. Já viram as fotos nas revistas de todas aquelas modelso sem poros? E esses clipes da Lady Gaga ou mesmo da Beyonce? Nós conscientes ou inconscientes disso não só compramos esses produtos como incorporamos essa moral em nós. “Nós” são “todos”, mas é, em especial, “nós gays”. Afinal, quem aqui não é rico, bonito, inteligente e feliz no orkut?

Love Secret II: Babado e confusão!


love secret aloka do palcoPassada minha raiva inicial, a Love Secret mostrou-se um dos, se não o melhor, evento gay capixaba desse ano. O espaço do cerimonial era excelente e, apesar de imenso, esteva completamente cheio! E não só cheio, mas cheio de muita bee bonita. Havia uma área externa, tipo uma sacada para a rua, ótima para quem fuma e para quem quer dar um tempo do bate-cabelo. A música estava perfeita também. E a decoração toda em coraçõeszinhos de papel tava fófis, sem contar os mimos que deram na entrada (que falei no post anterior) que é coisa que raramente vemos por aqui (tá, na Sheeca tem camisinha, ok?!), mas que valorizam qualquer festa.

love secret aloka do palcoUma coisa que achei frustrante foram os GogoBoys! Os mesmos de sempre, com a diferença de que alguns estavam com uns quilinhos a mais; as mesmas dancinhas caídas, as mesmas fugas das mãos das beeshas e a insinuação exclusiva para quem é racha. Atenção quem realiza festas LGBT: contratem gogoboys que sejam gays ou que finjam que são gays, porque certas atitudes de gogo dancers chegam a ofender! Por falar em dança, uma em especial foi o ponto alto da festa. Acho que quem foi, viu a bee que simplesmente pa-rou-tu-do nessa festa de quarta-feira passada! Aloka subiu no palco com uma camisa branca tipo machão (só a  camisa, tám) da Ecko, um lenço em volta do pescoço com estampa de cobra, óculos escuros de armação branca e calça xadrez e quebrou tudo. Se eu pudesse dar um prêmio para alguém como ‘Garoto Babado Certo’ seria para essa pessoa.

Eu já estava preocupadíssimo por não poder descrever sua dança riquíssima e elaborada de diva, mas uma santa alma filmou a bee e colocou no YouTube. Então, arraaaaaaaaasaaaa:

Passo mal com ela. Durante o vídeo, eu estou exatamente a esquerda de quem filma Vi tudo de pertinho. Quando desceu do palco eu falei com ele: “Bee, a  senhora tem que ganhar um cachê!!!“. Ela, sempre fina, sorriu e saiu. Loosho, glamour e poder!!! Claro que aconteceram coisas chatas também, mas a gente releva.

diego fiuza após momento amyOutra parte da festa que foi sen-sa-ci-o-nal foi o esperadíssimo show de Donna Karão. Vocês não sabem o que aloka aprontou dessa vez: dizendo ser a última sobrevivente do voo da Air France, vestida a caráter fez a performace de Susan Boyle. Sim, Susan B-O-Y-L-E!!! Aquela que nunca beijou ninguém e tudo mais. Num certo momento da música, uma voz bizarra dizia “Susan Boyle o caraleo, Single Ladies”. Daí aloka rasgava a roupa toda e por baixo estava de Beyonce do clipe Single Ladies e fez a coreô (no truque) do sucesso da diva!!! Mimijei de rir!!!!

Mais um momento bem hilário foi o momento Amy Winehouse que rolou na festa. A vítima? O aniversariante, é claro. Veja com foi AQUI.

Eu fiquei beeem bêbado e sai meio que arrastado (pois queria ficar mais!). Tava conversando com o Diego Fiuza e ele me disse que em breve vai ter mais festas assim. OBA!

Provincianismo, fashionismos e coisas antigas


Para quem não sabe Fernando Pires é hoje um dos mais importantes designers de sapato do país e do mundo. As produções dele veste nada mais nada menos que Madonna, Cláudia Raia, Hebe, Sara Montiel, Marília Pera, Adriane Galisteu e muitíssimas outra estrelas. As sandálias de Fernando tem design super arrojado e tem saltos altíssimos e inusitados, coisas que só mulheres muito fashions e modernas (e drag, é claro!) usariam (conheça as peças dele aqui). Sabemos que isso não é o caso de Vitória que tem uma high society ultra tradicional e conservadora que entendia-nos com suas roupas óbvias. Ai, gente uó! Podemos contar nos dedos as socialaties de vix que são prafrentex e glamourosas. Por essas e por outras que a lonja de Fernando Pires no shopping Vitória fechou e em seu lugar abriu uma Jaquelaine Jóias. Isso mesmo acompanha comigo o pronunciar do nome da loja JA-QUE-LAAAAI-NE jóias. Acredita? Eu mesmo adora ficar horas vendo os sapatos vexantes na vitrine da loja do Fernando, que eram verdadeiras esculturas que povoam os sonhos de muitas drags e que  fariam qualquer trava matar por um par. Mas, fazer o quê? Provincianismo é isso. Procurando na net, eu encontrei esse vídeo ba-ba-dei-ro no qual a Thalita Help (sim, a Thalita Help!) ataca de repórter (!!!) na loja – até então funcionando – do Fernando Pires no Shopping Vitória (passei mal!):

Eu sou Samantha…


eu samanthaEstou decidido àquele esquema que eu já havia dito aqui de me montar. Já sei até o conceito da minha figura de drag: ela é meio futurista, ousada, prepotente e poderosa. Uma mistura de Jatsons, cafeteria francesa e camurça. Deu pra entender?

Aproveito para dar uam dica babado de uns sites que estão sendo a sensação para os amantes do mundo da moda. O Polyvore e Looklet. Neles é possível montar seu editorial de moda e também o look que desejar com grifes como Marc Jacobs, Chanel, Topshop, D&G, entre outras. Eu já me fiz como eu imagino (ou gostaria que fosse) no dia da montagem. É essa aí do lado, que tal? Além disso,preciso da ajuda de vocês para uma outra questão que é fundamental:

Ah, e comentem!

Cobertura do show de Angela Jackson em quadrinhos e notas


Agradecimento especial pelo post a Angela Jackson por ter dado informações fundamentais.

Enfim, fizemos a tão esperada cobertura do show de Angela Jackson, The queen of the Meow (no truque, é claro!). Confira (se quiser, clique para ver ampliado): angela-jackson-001

O show foi apresentado pela Chica. Ela não falou muito, mas lembrou que logo, logo terá o Sex Boys, apresentação de vários bophes escââââândalos!

angela-jackson-002

Na abertura, Angela surgia com um vestido de rainha muito bonito dublando a música ‘The queen‘. Num certo momento, a saia se destacava do vestido e dela surgia os dançarinos de Angela, os Jackitos. Veja o vídeo da abertura do show bem aqui.

angela-jackson-003

Logo em seguida, acompanhamos a apresentação de Lóise Szaryff que fez o papel de fada. Ela diz que a meia-noite Angela deixará de ser rainha e voltará a ser uma simples trabalhadora.

angela-jackson-005

Depois, tivemos a madrasta malvada que foi interpretada por Lara Face, com um figurino ba-ba-dei-ro, ela dublou Saturday. Como não poderia faltar, teve um bate-cabelo nervoso e ela é muito boa nisso.

angela-jackson-004

Após, foi a  vez da Miss ES 2009, Ava Simões, fazendo papel dela mesma: miss. Ela de fato é muito bonita e capricha na produção. Dublou If I were a boy da Beyoncé e dublou mal. As bees reclamaram…

angela-jackson-006

Andréxia Simon fez o papel do espelho mágico e surpreendeu a todos com um dueto numa nova música da rainha do miado, uma paródia de Mamma Mia, do Abba.

angela-jackson-007

A drag fofinha Luise Gan (estou curioso para ver a performace dela de Alcione, dizem ser hilária!) foi a bruxa. Dublou muitíssimo bem, com muita classe e elegância, a música erudita La Voix.

angela-jackson-008

Talvez uma das apresentações mais esperadas da noite tenha sido a de Donna Karão. Desde que ela entrou no palco, até sua saída, o públcio ficou louco e aplaudiu horrores. Mas não é para menos, a bee arrasa nas caricatices e interpretou uma cantora de ópera aloprada que fez todo mundo se mijar tanto de rir.

angela-jackson-009

Até agora ninguém entendeu muito bem onde a personagem interpretada por Ketlin D’Vision, uma funkeira, entra no contexto da história. Porém, a música Mulher Banana agitou a  galera.

angela-jackson-010

No fim do show, a personagem de Angela Jackson perde o encanto e se torna uma reles padeira. Na deixa, Angela e os Jackitos apresentam Queimar a rosca (baixe aqui), paródia de Beijar na Boca de Cláudia Leitte. O show se encerra com a apresentação de cada um dos interpretes e a distribuição de rosquinhas para eles. Daí começou uma confusão de rosquinhas voando, a Chica e a Donna Karão enchiam a boca de rosquinha e cuspiam nas drags, Lara começou a vender pro povo a 1 real cada… Enfim, no final, tinha uns dando rosquinha pra outros e tinha outros comendo a rosquinha de uns. Como deve ser.

O mundo gira…e nosso encontro é no Top Drag


Babado

Milhões de coisas acontecendo.  Aguilera tentando manter a fama de exótica com a concorrência de Lady GaGa. A saída da Tchynna(!?) do babado Certo, para possível viagem a Milão. O Dé sem internet em casa., e dando pinta no trabalho escrevendo sobre pintos O Pedro aqui, com alguns probleminhas de saúde.Nada sério!E vídeos que colocam crianças prodígios na dança, e com uma força da Beyonce arrasariam no bate cabelo.Tudo acontece ao mesmo tempo no mundo.

Por isso… No 1° Encontro do Babado Certo, vamos nos jogar na diversão! Já estou aqui pesquisando sobre drags e a arte do bater cabelo(acho digno!).Arrume esse pikumã loosho e bora bater na Chica. Só não fique louca e pense que esta entre as finalistas!Uó querer tirar o brilho da colega do palco!Quem sabe a Tchynna não apareça toda enfaixada, numa performance “Múmia do Silicone”!. Lembrando que nosso adesivo é discreto, e que a interação dependerá de vocês. Estarei lá lindo e disponível. Banque o cara de pau e pergunte “Quem é você no Babado Certo?”.Para as candidatas,  esse vídeo loosho e didático. Dicas para arrasar com os juizes e público:

Para as menos preparadas, vale lembrar das leis da gravidade. Exemplos no concurso do Mix Café Club. Ahhh…e não esqueça de passar aqui e gritar: EU SOU BUNITAAAAA!