Kooriosidades – Na Cama com Max [Tema: Higiene Íntima]


Então, passadas as eleições, voltemos ao trabalho.

Antes de comer, beber, lamber, pegar na mamadeira ♪

Eu A-DO-RO falar de higiene, adoro tudo que envolve sabões, perfumes, hidratantes, Dermacyd e Protex Própolis. E a bee desse e-mail tocou num ponto interessantíssimo, que vai me permitir falar de tudo relacionado à limpeza ligada ao sexo.

Principalmente quando o assunto é sexo com a participação de partes do corpo que acumulam “alimentos”, seja o alface da chuca mal-feita, ou o queijo da neca.

Eu sei que eu já falei de higiene num Kooriosidades, mas aquele era só sobre necas, esse é mais amplo, e, bee’s, a situação da beesha é perturbadora, vale muito a pena ler, hahahaha.

Vamos lá?

Max, eu estou precisada de umas dicas, pois eu estou fazendo um tratamento, sou misofóbico – tenho problemas com germes e etc -, ou seja, eu praticamente nunca tive contato físico na vida (tirando os de antes do meu problema, ou seja, na infância).

Tudo bem que eu sou pêssega e ainda tenho muitos aninhos – um só, pois eu não sou mutante infelizmente, pois imagina mais de uma, né? – para serem vividos.

Aí está o ponto, estou afim de um cara que sabe sobre o meu problema, e ele já veio pedir para ficar comigo e eu o rejeitei por causa de motivos óbvios, não quero ter que escovar a minha boca durante 1 hora depois de beijá-lo, ou vomitar nele, que eu acho que seria pior que a primeira, com certeza.

E alem disso, eu dar um péssimo beijo no boy. Como eu disse para você, eu estou fazendo um tratamento e estou progredindo, mais até o grande dia eu quero me sentir segura, e queria que você me desse uma dicas de tudo que uma guei precisa saber desde os primeiros aos últimos passos.

É, gente, e eu achava que eu era enjoada porque não consigo beber água do copo de outra pessoa. A beesha tá apreensiva porque tem medo de VOMITAR no boy!

Confesso que já peguei uns que, me lembrando aqui enquanto escrevo, me sinto este gif:


Anyway, bee, sexo não é limpo e não é cheiroso. Há troca de fluidos, há esfoliação de pele morta com o atrito dos dois (ou mais) corpos e há a possibilidades de N situações nada agradáveis.

E por N vocês entendam cheques, flatulências, xixi que sai sem querer, hálito pouco agradável, entre outros que, mesmo com uma higiene excepcional, sempre podem te surpreender.

Ainda mais se sua vida sexual se resume a levar o boy pra casa depois dele ter batido coxa a noite toda na balada. NÃO espere um pau/koo cheirando a rosas, prepare o pão de forma que a virilha pode ter até manteiga, dependendo da esfregação.

Mas vamos aos passos para um bom sexo sem sujeira e sem polenguinho?

Primeiro, uma boa escovação:

Uma boa escovação dos dentes, com o uso do fio dental e do enxaguante bucal faz bem em qualquer situação. Entretanto, nada de destruir a mucosa da sua boca escovando os dentes por uma hora, como a bee do e-mail.

Uma escovação violenta pode criar microlesões na mucosa e tornar sua boca uma porta de entrada para inúmeras infecções, e até mesmo DST’s. O ideal é escovar os dentes de meia a uma hora antes de por a boca na botija.

Segundo, a chuca:

Quanto a chuca, existe uma grande discussão sobre os perigos de se fazer, mas não existe bee que se sinta 100% segura sem fazê-la.

Pros ativos que não compreendem o desespero, pensem no quão desconfortável é estar apresentando um trabalho com seu pau fora do lugar na cueca. Você não pode consertar, e se mexer lá a situação pode piorar, e todo mundo vai se focar na cagada que você fez em vez de no seu trabalho.

Vale lembrar que, quando vocês insistem em fazer sem estarmos preparados, nos sentimos assim:

Devido ao fato do intestino abrigar uma extensa microbiota de organismos que protegem o nosso corpo de agentes infecciosos e ainda produzem vitamina D, o excesso de chuca pode causar tanto a morte dessa galerinha quanto a destruição da camada lubrificante da mucosa interna do seu intestino. Sem contar o vício que ele pode adquirir, como o de só conseguir evacuar com o uso da água.

Sim, temos lubrificação também, claro que não babamos que nem rachas, que mais parecem aquelas raças de cachorro bochechudas, mas vocês acham que a nena desce no seco? Nada disso! E por isso também precisamos manter essa lubrificação e ritmo intestinal.

Uma beesha bonita é uma beesha saudável e com o intestino intacto, portanto, nada de chuca cada vez que você for pegar um Transcol pra ir trabalhar, deixe pra ocasiões especiais (ou necas acima de 20 cm).

Se você namora ou faz sexo frequentemente, prefira focar numa alimentação rica em fibras (frutas, verduras e legumes, EXCETO COUVE, EM NOME DE G-ZUIS. Couve e cabeça de neca são como imãs!).

E se seu namorado tem nojinho, mande-o se foder, sua saúde está em primeiro lugar e se ele não consegue lidar com isso, que trepe com uma vagina caseira.

Terceiro, a neca:

Uma neca limpa é uma neca atraente. Pode ser torta pra cima pra baixo ou em caracol, desde que você lave com sabonete bactericida pelo menos duas vezes ao dia, não existe beesha nesse mundo que reclame.

Aliás, não há nada pior, e as bolagateiras vão me entender, que abrir a calça do boy e subir aquele cheiro de galinha caipira. A da fazenda, viva, não a da panela, ensopada.

E, por fim, orelhas, axilas e pés:

Cheirinho de mato na virilha

Não precisa encher o corpo de hidratante, Kaiak Aventura e outras 9 fragrâncias em cada prega do edi, basta lavar com mais atenção, e o uso da bucha vegetal ESTÁ permitido!

Principalmente atrás da orelha, gente, pelo amor que vocês têm a Cher, lavem sempre atrás da orelha, mesmo que pra isso você molhe sua chapinha e tenha que refazer o pico naquela área.

Ninguém curte dar uma lambidinha lá e sair com parafina o suficiente pra construir uma vela de sete dias.

Seguindo essas dicas, podem ter certeza que todas terão uma noite de sexo segura, limpíssima e só com aquele cheiro delicioso de quarto de nerd punheteiro que fica depois do cruzo. 😉

#Rapidinhas: Chuca Express


Do Facebook:

Nada mais justo, principalmente naquelas horas que a gente sai de casa sem a intenção de dar um cruzo e encontra um boy super magia na noite, mas não está preparada.

Aliás, é uma alternativa também para as mais peludas, tem até lavagem com CERA! Mágico!

My body is ready:

Dica do Jésio, via Facebook