Kooriosidades – Na Cama com Max [Tema: Curvatura peniana e prazer sexual]


01-banner-max1141
mala

Faz tanto tempo que não dou dicas de sexo aqui no blog, néam? Talvez seja porque eu estou numa fase de abstinência. Pois é, difícil de acreditar.

Mas sabe aquela fase da vida que a gente olha pra trás e pensa: “Porrãm, eu já tive mais parceiros sexuais que o Wando, e o que eu ganhei com isso?”

Além de uma elasticidade digna de Daianne dos Santos, ganhei também uma vastíssima experiência sexual, suficiente para ensinar mil coisas para as senhoras aqui no site. Por esse motivo, resolvi responder a pergunta antiga de um leitor que me perguntou de que maneira o desvio da curvatura do pênis pode ser usado para potencializar o prazer do passivo.

Tenho certeza que vocês têm curiosidade em saber sobre esse tema PICAnte, porque mesmo que não saibam exatamente como acontece, sentem uma diferença na hora do cruzo, não é verdade?

Então vamos analisar comeego (as imagens usadas são heteronormativas porque eu não achei nenhum Kama Sutra gay):

Vale lembrar, antes de qualquer coisa, que estamos falando de curvatura normal. Se o seu pênis é muito curvado, você sente dor durante a ereção e consegue perceber (ou não) um nódulo palpável na direção oposta da curvatura, você pode ter o chamado Desvio de Peyronie (clique AQUI para saber mais) e eu aconselho que procure um Urologista.

Pênis torto para o lado:

Esse tipo é o mais comum, devido à posição que os homens posicionam o pênis dentro da calça. Mas eu tenho minhas dúvidas quanto a essa influência ser tão expressiva assim. Eu mesmo faço um malabarismo tão absurdo dentro da minha calça skinny, pro meu pinto gigantesco caber dentro dela, que se fosse assim ele deveria ter forma de serpentina.

Ele é o mais comum e também o mais difícil de encontrar uma posição que vá direto na próstata, uma vez que ele nunca consegue apontar na direção dela, exceto se os parceiros estiverem em ângulos diferentes. Sugiro as posições abaixo:

de lado

posição 1

Sendo que a perna levantada deve ser a perna equivalente ao desvio do pênis. Nessa posição o passivo consegue mudar o ângulo do quadril e aí o pênis apontará diretamente para a próstata, potencializando o prazer.

Pênis torto para cima:

A rainha de todas as picas, para mim é o mais belo e imponente. Qualquer imagem fálica que você encontrar em obras de arte antiga esse pênis será o mais representado.

Mas o que ele tem de belo, tem de filho da puta. Esse é, definitivamente, o mais complicado de se fazer oral. Uma garganta profunda num pênis para cima é certeza de garganta inflamada no outro dia, exceto se você fizer na posição de 69: o desvio acompanha o ângulo do esôfago e desce com mais facilidade.

Para o sexo, esse pênis é ideal para o frango assado e a cavalgada de frente, por motivos óbvios:

posição 2 posição 3

Pênis torto para baixo:

Raríssimo, mas muito interessante. Esse tipo é mais comum em drag queens, travestis e crossdressers, devido ao trauma que o “trucar” da mala causa no pênis, deixando-o mais torto para baixo.

Você pode ficar meio confuso no início, sem saber se está duro ou está mole, por isso, não se acanhe, bote a mão para saber, certeza que o boy não vai reclamar.

Nem preciso dizer que é o tipo ideal para sexo oral, né? Nem quiabo escorrega mais que isso, você vai até levar um susto quando entrar, tipo quando a gente engole gelo sem querer.

As posições ideais para esse tipo de curvatura são a cavalgada de costas, o cachorrinho, de bruços e o sexo em pé (vejam vocês, ele é o menos atraente esteticamente, mas é o que te dá mais opções de power foda).

baixo 2 baixo 1 baixo 3

Na moral, nunca vou entender porque eles abaixam nossa cabeça nessa posição, alguém pode me explicar?

Pênis reto:

É o pau Gianecchini, né? Aquele piru que a gente tem vontade de tirar foto, emoldurar e pendurar na sala, de tão bonito.

É, são lindos, mas não difíceis de lidar, porque geralmente são muito mais rígidos que pênis curvados e muito complicados de dobrar, seja durante o sexo oral ou durante a trepada.

Como não existe angulação, todas as posição são igualmente prazerosas. Então, dê a louca, doer não vai:

3ipuo07krq90x4mfcb3gj1jqr louca

Qual você prefere? Vamos votar! (A situação tá tão tensa pras passivas ultimamente que eu nem vou colocar a opção “tanto faz”, porque é certo que 100% das desesperadas vão votar nela e ainda postar foto do edi nos comentários)

Tá com um dilema de natureza sexual, social ou médica? Mande sua dúvida para max_babadocerto@hotmail.com, e a Max consultará os universitários para tentar resolver o seu problema.

Mais Você (Dicas pros ativos)


Esse post também contém conteúdo impróprio para menores de 18 anos. Leia logo antes que o filtro da prefeitura bloqueie o site!

Depois do sucesso do meu post anterior sobre lubrificação, algumas pessoas vieram me pedir um guia para os ativos. Afinal, quem não dá o edí não sabe qual a melhor posição para potencializar o prazer.

Eu só vou escrever por desencargo de consciência, porque eu acho que “ativo” é uma lenda urbana, ou melhor, são tipo aqueles “fósseis vivos”: A gente encontra o fóssil, considera a espécie extinta, até que, quando você menos espera, aparece um exemplar vivo e confunde a cabeça de todas as boiólogas.

Clique na imagem se quiser abrir a embalagem

Primeiro vamos falar de higiene. Eu sei que existe uma linha de bills hardcore que curte uma saladinha com Ricota pra poder manter o corpinho, mas o ideal seria que todas tivessem intolerância à lactose (exceto leite de pau, mas aí não é de origem animal e tá de boa, é outro composto). Se bem que tem uns que a gente até engole…

Qué dizê, vocês ativos (digo “vocês” por motivos ÓBVIOS) não precisam de todo o ritual sexual das passivas, não é necessária aquela preparação digna de um casamento árabe, a dica é: Lave e apare sempre! #apenas

Ah! De uns anos pra cá os homens começaram a usar talco no dito cujo. Eu acho válido, acho que fica cheiroso por bastante tempo, mas POR FAVOR, é só um pouquinho, eu vou chupar, não cheirar uma carreira de pinto. Tem uns que exageram tanto que me sinto em Silent Hill quando eles tiram a calça e sobe aquela névoa de pó.

Enfim, agora vamos falar da parte mais importante: as POSIÇÕES.

Eu sou super a favor da simplicidade, duas posições são necessárias, uma pra enfiar e outra pra quebrar o caralho todo. Isto é, sexo com acrobacias, que mais parece o Cirque du Soleil, não dá certo, cansa muito e no fim das contas você só vai gozar mesmo na tradicional. Comprar o Kama Sutra gay não significa que você deve fazer todas na mesma foda. fikdik

A “rigidez” do pênis também influencia no conforto do sexo. O tecido do pênis é maleável e se dobra, tanto para passar pela garganta quanto para se adaptar à anatomia do reto (sim, bill sem Ensino Médio, o reto é o seu koo por dentro). Ou seja, se você tem uma porra de um diamante no lugar do pau, não faça de lado, de 4 é a melhor opção e exige menor envergamento.

Existem posições que são dependentes do biotipo dos parceiros envolvidos, tipassim, se você é bombado ou gordo e o seu peguete também é, não invente de fazer frango assado… você pode até conseguir, com muito esforço, mas sexo foi feito pra relaxar, não pra se cansar, né, gentchy?

Nem vou dar dica pras magrinhas e pros magrinhos, como dizem: “Quanto mais fino o bambu, maior é o seu oco”. Pode tacar pra cima, pro lado, comer na pia e até dar de cabeça pra baixo com os pés no ventilador de teto, tá tudo liberado.

Somos aerodinâmicas. Não dizem que “deus não dá asa a cobra”? Pois então, ele estava se referindo às passivas magrelas, porque se tivessem asas não ia sobrar um ativo no chão. Elas sairiam catando todos e levando pra cima do Morro do Moreno, igual as águias… Seria a literal “voadora de edi”, hahaha.

E, por fim, ATIVOS, me ouçam pela ÚLTIMA vez: Nem todo mundo gosta que vocês coloquem lá no fundo ao ponto de doer, okay? Pergunte antes de fazer, se a pessoa gostar, beleza, se não, pare! Isso é sexo, não empalamento!