Central Gaybo de Produção?


A rede Globo, o ícone mor da grande mídia no Brasil, tem andado apoiando as causas LGBTT em seus programas. Na semana passada, o personagem Eduardo, papel de Rodrigo Andrade na novela Insensato Coração, revelou estar confuso com sua sexualidade e que sempre teve atração por “caras”:

Isso disparará na novela as discussões sobre homofobia. No mesmo dia, no quiosque de Sueli, mãe de Eduardo na história, que é um point gay, ela, um de seus funcionários e um cliente, ambos gays na trama, discutem a violência em razão da homofobia, inclusive dando números de assassinatos e falando da necessidade de denunciar. Veja a cena aqui.

Afora isso, a Globo lançou com o canal Futura uma reportagem especial MUITO LEGAL sobre discriminação sexual nas escolas, tão legal que merecia ser incluido no kit ‘Escola Sem Homofobia’ e distribuido pra todas as escolas, pela forma tranquila e sensível como eles encaram este tema tão difícil. Clique na imagem abaixo para vê-lo:

Arrasô!

Invasão gay na tv brasileira


A tv mudou muito desde o começo, do preto e branco, passando pela censura da época da ditadura, até os dias atuais, quando a tv brasileira, vem ganhando as cores do arco-íris. A novela global “Insensato coração” terá homossexuais de todos os tipos: discreto, engraçado, o que ainda não se descobriu e até careta.  A novela pretende fazer a linha politicamente correta, ao mostrar o cotidiano de um casal gay, como uma campanha contra a homofobia.

“Estamos dando um passo adiante. Os gays sempre foram retratados como marginais e com algum aspecto negativo. É importante agora mostrar a diversidade e levantar questões políticas”, afirma Julio Moreira, presidente do grupo Arco-Íris.

O gay afetado, cheio de trejeitos, ainda estará lá, no “Zorra total” e será representado, também, por Leonardo Miggiorin em “Insensato coração”. A novela, no entanto, quer fugir dos estereótipos, Nelson (Edson Fieschi), por exemplo, será um discreto advogado que sonha com uma relação estável. “Vamos representar os gays que existem na vida real e são de todos os tipos, todos os personagens trabalham com a verdade. Criamos as tramas sem contar quantos personagens gays teriam na história”, diz o autor Ricardo Linhares.

Enquanto a união civil ainda encontra barreiras para ser aprovada, a série “Aline”, que estreia em fevereiro, vai mostrar o casamento entre os personagens de Otavio Muller e Gilberto Gawronski. No mesmo mês, Fernanda Lima vai comandar um game show só com a participação de gays no programa “Amor e sexo”. Uma nova série na Globo, da dupla Alexandre Machado e Fernanda Young, os mesmos autores de “Os normais”, terá como personagem principal um ex-gay, interpretado pelo diretor, Jorge Fernando. Já para evitar especulação e polêmica, Gilberto Braga avisa que não terá beijo gay em “Insensato coração”: “Não temos essa expectativa”. Já os direitos da classe serão defendidos pela Sueli (Louise Cardoso), que tem um filho homossexual.

No “BBB”, Lucival, Diana, Daniel e Ariadna, eliminada ontem com 49% dos votos,  foram escolhidos pela produção do programa, para representar os LGBT’s brasileiros. Porém, NADA de beijo gay ainda. Maria Adelaide Amaral concorda com a falta dos tão esperados “beijos gays”,  a autora de “Ti ti ti” diz que não precisou mostrar beijo gay para deixar claro o afeto entre seus personagens: “O mais importante é mostrar o dia a dia de um casal gay que se ama.”

Siga Bem Caminhoneiro


Meninas, tô chocada com a criatividatchy dos autores de novela! -N

“Insensato Coração”, a nova novela das nove que substituirá Passivone, vai contar com a presença de Cristiana Oliveira (foto), a famosa Tatiana de Quatro por Quatro.

Mas aí que vem o basfond, ela vai fazer o papel de uma carcereira bolachona, cheia de tatuagens e duas arrobas mais gorda. Ela aparecerá na parte da novela em que Glória Pires (muito original. NOT!) ficará presa.

Tá bom então, do jeito que a Globo é eu já tô vendo a racha recebendo um “vem cá minha nega” de um bofe e vestindo uma sainha pregueada no fim da novela.

Max diz:

Onde eu deixei meu box de Will and Grace? Vou precisar.

Via Cena G