A doce vida de subcelebridade-blogueira-gay-capixaba (tá bom ou quer mais?)


Ainda neste clima de ser confundido do post anterior…

Muita gente pergunta como fazemos para saber tanto e estar em tantos lugares ao mesmo tempo. É que o BC não são só 4 pessoas, são várias. Eu tenho uma série de colaboradores-amigos que me passam informações, dados  e etc. Qualquer um pode fazer isso, é só me add ou mandar e-mail (el_de_seo@hotmail.com), e não fazer a maldita como já fizeram aqui uma vez. Mas o que eu queria falar mesmo é de um e-mail que recebi de uma dessas bees-amigas, cata:

Fui ao especial Divas e um amigo meu tirou umas fotos. Foi muito engraçado, ele tava tirando uma foto da Michely Moraes (a Belíssmia) quando veio um cara, acho que o nome dele é M. C. perguntando: “É do Babado Certo, é do Babado certo?”. Eu já tinha falado pro meu amigo que ia te mandar as fotos para postar no blog, ai meu amigo apontou pra mim e tentou dizer isso, mas ele ja veio me abraçando beijando, pensando que se tratava de um blogueiro do babado certo. Pensei em explicar tudo mas, deixei prá lá. Quer saber, adorei essa falsidade ideológica, rsrsrsrsrs, me senti alguém na noite LGBT capixaba.

As fotas:

Beijosecomentem.

La artificialidad muy me encanta!


Se hoje eu entrasse no Ego e lesse a seguinte manchete, juro que não me surpreenderia em nada: LADY GAGA É UM ROBÔ!

O sucesso da cantora se baseia muito menos na inegável qualidade de suas músicas do que em sua aparência extremamente artificial e pitoresca. Vivemos atualmente sob a influência de uma moral que super valoriza a imagem (aqui vista no sentido da visualidade) o que gera estes seres aparentemente supra-humanos. Já viram as fotos nas revistas de todas aquelas modelso sem poros? E esses clipes da Lady Gaga ou mesmo da Beyonce? Nós conscientes ou inconscientes disso não só compramos esses produtos como incorporamos essa moral em nós. “Nós” são “todos”, mas é, em especial, “nós gays”. Afinal, quem aqui não é rico, bonito, inteligente e feliz no orkut?