Babado, Confusão e Gritaria [Edição ComFusão]


Vocês não acharam que eu ia deixar de liberar o post pra contar os bafos do fim de semana, néam?

Ceia… Natal… Barzinho, melkoo, o que parou Vitorinha foi a Festa ComFusão! Todas as bills, ATÉ as encubadas, estavam fervendo na pista. Às 3 da manhã mal se podia andar lá embaixo e na área VIP era um fluxo louco de pessoas e fluidos que eu sentia até medo de passar por perto do Darkroom e receber um jato de líquidos desconhecidos.

As más línguas disseram que eu peguei o Dé em cima do palco, mas eu tenho a seguinte premissa: “Se eu não lembro, não aconteceu”, hahahaha.

Eu me senti uma celebridade, onde ia dezenas de pessoas vinham me abraçar e comentar que a festa estava um sucesso, o que foi ótimo. Vocês não sabem o quanto eu estava apreensivo, por pouco minha menstruação não desceu de tanto nervosismo.

Tsá, o que a Max fez foi filmado, fotografado e até gravado em pedra-sabão, mas e vocês? Botaram fogo no puteiro? Porque olha, vou te contar, tava sobrando bofe ativo naquele garaleo, se ficou solteira foi porque quis!