Pegando um Gancho


Não sei se vocês ficaram sabendo, mas ontem (quarta-feira), uma travesti foi assassinada em Cariacica, segue a notícia (prestem atenção nas palavras em negrito):

Um travesti, identificado apenas como Adriana, foi assassinado na noite desta quarta-feira (12), em Campo Grande, Cariacica. O crime ocorreu por volta das 21 horas às margens da BR-262, próximo à rua que dá acesso ao bairro Oriente.

Segundo informações passadas por testemunhas a policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Adriana estava no lugar onde costumava “fazer ponto” e esperar por clientes, nas proximidades de um motel, quando um carro não identificado, com dois homens a bordo, se aproximou dele.

Um dos ocupantes do carro teria desembarcado e, sem falar nada, atirou várias vezes contra o travesti. A dupla fugiu em seguida.

Agora eu vos pergunto: Por que cargas d’água os jornalistas ainda INSISTEM em tratar as travestis no masculino? As pessoas comuns eu até entendo, a maioria é ignorante mesmo, mas é vergonhoso pra um formador de opinião ser tão amador a esse ponto.