Comissão aprova criminalização da homofobia no novo Código Penal


A comissão de juristas que discute a reforma do Código Penal no Senado aprovou nesta sexta-feira a proposta que criminaliza o preconceito contra gays, transexuais e transgêneros. Lembando que o texto ainda precisa ser votado pelo Congresso.

Segundo o procurador regional da República e relator do anteprojeto, Luiz Carlos Gonçalves: “Queremos criar uma cultura de respeito, a despeito das diferenças”.

A proposta também criminaliza o preconceito contra mulheres e baseados na origem regional. Estas modalidades de preconceito, assim como a homofobia, ficam igualadas ao crime de racismo, que é imprescritível e inafiançável.

A comissão de reforma do Código Penal volta a se reunir nesta segunda-feira (28/5), para analisar temas como a descriminalização do uso de drogas e a criminalização do bullying.

Fonte:  Folha.com

Neca grande demais para as camisinhas que tem no mercado?


Seus problemas acabaram!!! Com essa receita caseira, você terá o preservativo perfeito para suas relações, dando prazer a quem quer que for sem botar-se e a seu parceiro em risco. Papel e caneta na mão e acompanhe com a gente:

Não é magia, é tecnologia!

P.S.: Se você realmente precisa fazer essa receita, me liga, tsá? Beijos na neca.

kayKY brito cresceu mesmo!


Esta semana estamos bem safadinhos, admito. Há uns dias atrás falávamos das celebridades de Hollyuód que tem necas de respeito. Às vezes, somos muito hipócritas ficamos pagando pau pra gringada e esquecemos dos telentos nacionais, né não, Kayky?!

Tá ótimo!

Via Katylene.

Vende-se!


paradagay2009_2Colaborando com um amigo que foi para a 25 de março São Paulo e trouxe maravilhosas sombrinhas (ou guarda-chuvas, se preferir) nas cores do arco-íris.

São dois tamanhos:

o pequeno tem 1m e custa R$40

e o grande, de 1,3om, custa R$50.

Ideal para arrasar em paradas e dar pinta horrores, ou ainda para dar uma corzinha aos dias mais cinzentos do ano.

Se interessou? Liga para (27) 8803-3149 ou manda um e-mail para luizf_vix@hotmail.com. Fale com o Luiz.