Tenente lésbica volta para a Força Aérea dos EUA


Deu no R7:

Juiz determina readmissão de militar lésbica à Força Aérea

Margaret Witt

O juiz federal Ronald Leighton determinou que a Força Aérea dos Estados Unidos reincorporasse tenente Margaret Witt (foto), afastada em 2004 por ser lésbica.

Segundo o juíz: “Não foram apresentadas evidências críveis que indiquem que a volta de Margaret Witt à Força Aérea teria um impacto negativo sobre a moral, a ordem, a disciplina ou a coesão da unidade”.

Tudo isso por causa da maldita política “Don’t Ask, Don’t Tell” que ainda não permite a presença de homossexuais assumidos no exército, marinha e aeronáutica.

Uma salva de palmas pras Forças Armadas: