Melhor ter ficado calado


Tá... Sei!

Tá... Sei!

Tenho acompanhado o Big Brother como acompanho a migração, para desova, das carpas azuis de barriga rosa da Mongólia.Mesmo assim fica complicado não saber dos surtos de inteligência e cultura dos brothers. Confira essa do Flávio, sobre a homossexualidade:

“Eu não tenho nada contra, mas eu não entendo. Mas cada um com seu cada qual. Que nem língua de boi, eu não gosto, mas tem quem goste”

Sim… O Flávio mesmo disse isso. O que disse que teve um namorado chamado Max! Sou totalmente a favor do direito ao armário. Cada um sabe o momento certo, e como deve viver a sua sexualidade. A boa e velha filosofia funk do “Ado, a-ado, cada um no seu quadrado!” Só que com uma dessas ai…Ahhh! O viado aqui gritaria na cara:

-Tá boa bunita!? A senhora não come língua, é a língua que te come! Arrematando e confirmando meu protesto, ele afirma que não imagina um bumbum quadrado na sua frente em vez de uma linda mulher. Alguém ai tem um dicionário gay gaúcho? Procure o verbete Linda Mulher, e veja se quer dizer NECA!

Eu Tive um Namorado Chamado…Ops!


Isso explica!

Isso explica!

Tenho uma regra na minha torcida para o ganhador do Big Brother, que contraria todo esse lenga lenga de simpatia e carisma com o público. Torço que os mais gostosos saiam logo. A regra se explica de maneira fácil e objetiva:Fotos no Paparazzo.Ainda sobre o BBB, um ato falho bota mais lenha em uma fogueira já acessa e cheia de faíscas. Seria Flávio Gay?

Adoro um ruivo. O sotaque do sul vem de brinde.Me deixa eu ter meus namorados!?