Todas as estrelas decadentes!


me tira daqui agora!!!

beeshosassss,

ainda estou muuuuuuito bebada! quem se importa!? vamos a noite de ontem! Vejam bem… Eu, Tchynna Penedo, essa bonequinha de luxo, me produzi tooooooda e chamei amigas travas para ir a festa All Star!!! Pensei, com três pistas e tanta variedade não tem como dar errado!!! gatas, imaginem a cara da derrota… foi a festa de ontem e mais um pouco!!! Por quê?

Para começar, as amigas travas, muito espertas passaram pela rua do Teachers antes de mim – na verdade, elas foram tentar conseguir ser VIP sendo uma das 50! Se deram mal, me ligaram e falaram que a festa estava caída. Não acreditei e elas foram para a Chica porque lá elas sempre fazem a festa. Já eu, era uma preguiça de atravessar até a ponte da Passagem!

“Que?!”

Fui para o rock no Teachers sozinha procurar o meu negão! E achei! Ele era tudo.Ele era médico, ele era militar, ele era baixinho e ele estava pegando OUTRAAAAAA! Derrota número 1!  Tomei meus otins, lyyyyyyyyyyyyyynda! E tentei me decidir que pista ficar! Pensei em ir para o caminhão e aí veio mais uma decepção: ele era uma caminhonete com baú! E pioooooor, não dava para entrar! Frustração, desilusão e derrota número 2! Beeshosassss, qual o propósito daquilo???

Vamos as músicas… Pensei: três ambientes, 12 festas, 7 mil djs, alguma hora isso vai ficar MUITO bom!!! E ficou, só que contrário! Encontrei a Max Vanilla desolada com a amiga simpática Douglas dela! A Izaa passou e fez carão para mim! Acreditam, até bullyng Tchynna sofreu! A Max queria tocar, era a hora dela e uma loura gata não saia de trás das carrapetas! Tadinha, bonita mas com péssimo “time’s floor” – inventei essa expressão, now!  Chamei uma bee amiga que já estava mega bêbada e pedi para ela sair gritando na rua que a Max ia tocar e tudo ia melhor. E ouviram o grito da bee até na Reta da Penha!

Quando a nossa Loura Má assumiu as picapes, finalmente a festa começou. A Max fez uma set calcado em webhits reprocessados de forma a nenhum Duchamps colocar defeito – ready made assistido, já ouviram falar? (espero que sim). A pista nunca ficou tão cheia! Eu quase quebrei o salto da minha bota na hora do “Solta a bebida que pisca” e amei a homenagem que ele fez para as travestis!!! Mas, aí tudo que é bom dura pouco e voltou a tocar uma beeshosa lá. Fui para o lado que tocava rock…

Vamos resumir! DESCE: pouca gente, gente dispersa, bebida complicada de tomar – afinal por que não vendia água dos dois lados?, muita gente feia, muita gente estranha, muita gente wannabe hype, chuvinha, nada de sexo, pouco pegação! SOBE: nem com viagra! Ok, uma beesha gordinha de óculos tocou “Shake de amor” da banda Uó e foi um booom momento! Amey. E God save Max Vanilla!

Chega que a ressaca veio com força nesse corpo!

Beijoxxx