PORRA, RECORD!


Não sei se há um ser humano que esteja assistindo o reality “A Fazenda de Verão”, mas mesmo assim estão falando que a emissora do bispo Edí Macedo tem cortado as cenas homoafetivas. Segundo o RD1:

A Record não confirma oficialmente, mas o fato é que cenas de carícias entre pessoas do mesmo sexo estão sendo excluídas da edição de “Fazenda de Verão”. Ontem, ao vivo, Rodrigo Faro convidou o público a ver imagens ao vivo do reality.

No entanto, a direção do programa se surpreendeu com Manu e Angelis se abraçando. A cena foi cortada na mesma hora, causando até constrangimento no apresentador, que foi pego de surpresa. As duas já protagonizaram cenas de beijos, o que também não entrou na edição.

Pois é, como disse o texto aí, em um dos programas, o Farinho convidou o público para ver imagens ao vivo do reality, mas foi surpreendido com as sapas Manu e Angelis, que estão tendo um relacionamento dentro do programa, se abraçando, veja:

“Vocês viram, gente, vocês viram?”

Agora alguém me explica: para que colocar gays, lésbicas, travas e trans dentro de um “””””reality”””” show se não podem mostrar a “realidade” deles? É só ganhar aqué com as palhaçadas das bichas e com as “estranhezas” do que é diferente para a maioria da sociedade? Qual o problema de mostrar os homoafetivos como pessoas comuns que tem relacionamentos como qualquer outra pessoa, gente? Record, por favor, né?

Exploração LGBT me dá um ódio:

Enquanto vocês se derretem com meia dúzia de fotos num tablet


Eu estou LUTANDO pelos nossos direitos!

Pelo fim do assédio moral contra passivas e pagamento da gente, JÁ!

No começo fiquei receosa quanto a pedir pagamento pelos nossos serviços, mas um iririu, chefe do movimento, me mostrou umas duas edições da Carta Capital falando sobre a exploração dos royalties de edi no mundo todo, e me sensibilizei.

Dica do Cleber

Denúncia!


Uma multinacional está sequestrando bee’s pintosas e extraindo o seu suor para confeccionar bebidas engarrafadas. As gays recebem um e-mail dizendo que a empresa, de nome ainda desconhecido, tem uma proposta de emprego para elas. Mas, quando chegam no local marcado são levadas embora, afastada de suas famílias, exploradas e obrigadas a dançar a coreografia de Single Ladies até se esvairem de cansaço.

Um fotógrafo amador conseguiu captar o exato momento em que um consumidor aprecia a bebida, confiram:

Vejam como ele parece feliz e pouco se importa com a crueldade que existe por trás desse produto.

Os orgãos competentes suspeitam que a localização do cativeiro é no subsolo de uma famosa rua frequentada por homossexuais. Se você tiver alguma informação sobre o caso, por favor, entre em contato com o Babado Certo.

Não se preocupe, sua identidade será mantida em sigilo.

Esse foi o Babado Certo à serviço da comunidade.