Kelly Key, é você?


Lembra que falamos aqui sobre o lançamento do novo clipe da Kelly Key agora de olho no mercado internacional? Então, cata:

Posso falar? Quero te dar, quero te dar, dá dá dá dá dá dá dá dá dá E não é que ficou magia o clipe? Tá básico – muco platinado, pegação, um monte de gente fazendo coreô… -, mas ficou bem divertidinho.

Não sei se eu estou preparado pra viver em um mundo em que Kelly Key é diva pop in the world, mas já quero me jogar na boate ao som desta música. Já tá tocando, gente? Lógico quem não supera e nunca superará a clássica, néam?

E vocês, curtiram a nova fase de Kellinha?

Caraca, moninha, que isso?!


Olha, ou eu estou muito gostoso – e nem estou em minha melhor forma, ao contrário longe disso – ou essas bees estão MUITO saidinhas – o que eu acho BEM mais provavel. Até eu ando me chocando com os flertes agressivos que elas tem dado no meio da rua com o sol do meio dia rasgando o cérebro da gente e pra me chocar é difícil, hein.

Só essa semana foram três. Numa delas eu descia do Transhca inocentemente e quando passei por um cafoo dumda ele virou e deu aquela clássica chupada barulhenta nos lábios “shhhhhhhhhh” e me mandou um olhar de volúpia! O.O Só faltou cantar ♫ “delicious delicious this way you gonna kill me...”♪

Minha cara quando essas coisas acontecem...

Bizarramente neste mesmo dia um cara (passiva, certeza!) teve a audácia de me abordar na rua e falou na maior cara de pau “Desculpa chegar assim, mas eu queria te dizer uma coisa, posso?”, pensei “lá vem merda”, e ele “você é muito gostoso sabia, adorei este seu estilo rock’nroll (?)”. Quando falei que era comprometido ele deu um mini piti ainda, acreditam?

Eu pensei que já tinha ganhado minha semana, estava com a auto-estima lá nash picash, até que ontem estava no trashca (sempre), mas dessa vez com meu boyfriend. Porém o ônibus estava tão lotado que nos separamos ele ficou antes e eu depois da roleta.

"Me dá seu corpo nu!"

Lá tinha um boyzinho – esse, enfim, bonito – que eu olhei de boa pra ele e ele já veio com aquela cara maliciosa. Disfarcei. Desci do bus no terminal e quando desceu o boy veio convicto em minha direção com aquela cara de “eu quero seu corpo nu”. Apavorado disfarcei daquele jeito…

Gente, o que está acontecendo em Vitorinha?! Dormi um década e as coisas mudaram assim? Eu que fui sonso e nunca percebi? São os hormônios que colocam no frango? Hoje, no Globo Repórter… [que piada velha, comecei o ano com piada velha]

Me respondam: elas que estão safadjeenahs mesmo ou é meu corpo evidentemente sensual que provoca este tipo de volúpia irresistível nos boy de tanta sedução, de tanto sex appeal que tenho?

quédizê.

Tem gosto de quê?


Há alguns dias, postei aqui um vídeo do medo de héteros por estupro. Uma afirmação no vídeo, porém, foi o  que causou maior espanto a maioria, a de que o sêmem tem gosto de abacaxi (em que mundo, meu deus!)!!!

Sabe-se que o gosto varia de acordo com a alimentação do boy. Se ele tem hábitos vegetarianos, seu “leite” tende a ter um gosto mais “adocicado”. Já testei, comprovo. Mas de maneira geral, todos tem uma mesma base de sabor, só mudando algumas “notas” no fundo…

Façamos um exercício de imaginação: Se um e.t. aparecesse do céu todo curioso e safadinho – Emmanuelle feelings – e te perguntasse “Gatãm, que gosto tem essa porra?” (com trocadilho, por favor!) como você responderia?

Para mim tem toques de maçã verde, creme de leite e pilha alcalina. E pra você?

E estréia o BBB11!


Ai, ainda bem que a Globo colocou esse seriado baseado na obra do Chico logo depois do #BBB11 pra nós que fazemos a linha pseudo-intelectual poder falar que só estava esperando o seriado começar. ALOKA!

Não sei vocês, mas eu estou eufórico com esta edição do Big Brother Brasil que pro-me-te! Várias possíveis revelações marcam a edição. Muitas ambiguidades nas falas, cataram? Mas o bapho que eu destaco deste primeiro episódio da nossa novela da vida real preferida e que já estão dando o que falar são das minhas já personagens preferidas Paula e Ariadna.

Paula (pra várias rachas e pra transex): Tem alguma mulher gay aqui? Você é gay? Você é gay? Você é gay?

Ariadna (lindamente): Não, gosto de homem, sou hétero (rói as unhas com cara suspeita que todos ignoram).

Paula: Eu sou tri.

Racha retardada: Tricampeã?

Paula: Homem, Mulher e Gay.

Arrasô, Paula! Vai lá, Ariadna, bota pra capar! Já chega botando o pau na mesa… quédize…

Aliás, tô trééééége com o fato de o pessoal lá de dentro não saber que Ari é transex. Quévê um cafuçú pegando ela sem saber?! Vai ser O bapho da edição!!! Só não pegando meu marido, o Rodrigão, tá de boa….

Dildo dos seus sonhos


Já pensou em ter o ‘brinquedinho de edí’ dos seus sonhos? Menina, no site Made to Pleasure você pode fazer a linha designer de vibrador e criar seu próprio modelo eshcloosivo. E o melhor é que pagando uma bagatela de mais ou menos R$ 1.500 você pode ter ele DE VERDADE em sua casa. Tá, meu beim?! Do tamanho, formato e material A SUA ESCOLHA. Isso que é customização, caBIXAbas! O meu ficou assim ó:

Fiz em dourado porque meu edí é muito phyno e elegante. Coortiram?! Se alguém quiser me dar de presente faço aniversário mês que vêm, tsá?

Saco, saquinho ou sacão?


Tendência para o verão, cuecas croatas Ballbra:

Me pareceu ser bastante confortável, sem contar na elegância, néam? E é sexy! Eu pessoalmente, amo listras.

Do Mix Brasil:

Como o nome sugere (“ballbra” pode ser traduzido como “sutiã para bolas”), as cuecas funcionam sustentando os testículos e deixando o pênis parcialmente ou totalmente à mostra. Se vendendo com o slogan “Para homens de bolas grandes e pequenas”, o produto tem três modelos diferentes: tipo boxer, jockstrap (que deixa o bumbum descoberto) e fio-dental.

A marca ainda garante que como os testículos ficam penduradjeenhos a ejaculação sai mais farta e goshtosa. Será, gente? Mas ó, se você for vir fazer um amorzinho goshtoso aquee comeego, pode deixar sua ballbra em casa, tsá? Sou muito tradicional.

Se a senhora quiser comprar é só ir no site da empresa, clicando aqui ó.

Rachas que encararíamos?!


Vejam esse cafuçú:
Ele é Buck Angel, ator pornô. Você faria?

Calma. E se eu te dissesse que ele tem racha? Isso mesmo, bee: uma vagina!:-o

Buck é um transexual, mas daqueles que se transformaram de mulher para homem. Li a respeito no ótimo texto sobre o tema no site da Mix Brasil, onde fiquei sabendo que em seus filmes Buck faz sexo com outros homens – passivamente, claro -, mas sempre mantendo a linha cafuçuzão. No site oficial de Buck tem várias fotos dele. Eu achei ele bem gostoso, admito, totalmente meu número. Se eu disser que me excitei vocês vão me achar estranho?

Já tá tocando na buatchy?


É tecnobregamelody, Brasil! Gaby amarantes, a Beyoncé do Pará (oi?) canta “Babado (não o certo) é romance”. É pra se jogar (aloka):

“Não sei o que aconteceu, acreditava que esse bofe era meu… e foi uó! Ai, ai ai! E foi o Ó! (…) OoooOooooO… babado é romance”

Já nasceu clássico! Pra embalar seu sabadão.

‘Vão dançá?’


Vai pra boate hoje? Já sabe dançar e reinar no dancefloor como a rainha mor das passivas? Não?! Então, aprenda, ainda há tempo:

“Stop calling, stop calling, I don’t wanna think anymore/I got my hand and my heart on the dance floor”

Mais alguém ama a tiazinha lá atrás fazendo afazeres domésticos e ca-gan-do enquanto a bee gordinha – e meio encadida – faz a Gaga e se acaba linda e louca na coreô de Telephone ?

Enquete: Xixi na cara?


Sobre escatologias e limites de desejo dos gays capixabas, o BC quer saber:

e

Coprofilia (também conhecido pela palavra inglesa scat) consiste na excitação sexual relativa ao contacto com fezes ou urina do parceiro sexual. Abrange um largo espectro de práticas, que pode inclusive chegar à coprofagia (ingestão).

Fonte: Wikipedia.