Podcast – Entrevista na UVV


Beeshas! Vocês não vão acreditar! Fui entrevistado hoje na UVV (Universidade de Vila Velha)!

com licença

Com licença, o programa da Roxanne

Adivinha o tema? Homofobia, lógico!

A entrevista foi comigo e com a delicinha da Débora Sabará (nossa ativista preferida) e, pasmem, foi transmitida ao vivo para toda a faculdade.

Pensem no tamanho da boca de se foder que eu fiz pras encubadas da Engenharia e pra galera do “não precisa ser afeminada pra ser gay”. Preciso sim, garáleo!

Infelizmente, a entrevista foi super rápida e só me deram dois minutinhos, então foi complicado sintetizar tudo que queria dizer nesse tempo. Mas acho que deu pra mandar a real e dar MUITA pinta.

Vamos ouvir?

deicia

Hahahaha mulher! Agora imaginem isso sendo transmitido com 120 decibéis de altura? Afrontei todas as fogosas!

Se você estuda lá e perdeu, fique de olho que no intervalo dos três turnos de amanhã essa entrevista será repetida.

ASSUNTO DA SEMANA: Entrevista da Xuxa no Fantástico


Maria da Graça Meneghel, a Xuxa, deu ontem uma entrevista ao Fantástico que caiu como uma bomba sobre a opinião pública brasileira, quiçá internacional. Só se fala nisso na imprensa e nas redes sociais. Veja logo pra ficar in, beesha. É bastante reveladora, sincera, surpreendente e emocionante:

Como eu fiquei ao final da entrevista:

xorando_monange.gif

Que babado, né?

Babado TV #4 – Como vai seu corpo?


Uhul! Mais um Babado TV saindo. Este foi gravado faz um tempinho, direto da Move Music, no dia do show da Lorena Simpsom (Quem vai gritar “old!” primeiro? VALENDO!) – lembram? – com participação especialíssima de Royce Luckessy. Dá play e se joga, bunita!

O áudio ficou ruim, eu sei, mas sabe como é o trânsito na BR, néam? Compensei colocando legenda, para de reclamar. MUAH!

Luisa Marilac no ‘Provocações’


Provocações sempre foi meu programa de entrevistas preferido, porque além de ter uma estética diferente (soturna), o Antônio Abujamra sempre se permite fazer umas perguntas existencialistas aos entrevistados. Vejam como foi o encontro destes dois ícones tão dispares:

Continuação: bloco 2 e bloco 3.

O texto sobre sexo no final do programa é muito bonito! “Tudo está contido no sexo, como parte dele ou como sua razão de ser!”

Via Grupo Cores.

Por falar em Luisa, já viram ela no Playcenter quase fazendo a Aretuza?

“Ai, quero assumir, como faço?”


"Mãe, tenho uma coisa pra te contar."

Muito interessante a entrevista que a especialsta Edith Modesto concedeu a revista Junior. Nela ela dá dicas pra aqueles que querem sair do armário e querem fazer da forma mais tranquila possível. Em especial, coisas que a mãe deve saber para aceitar melhor a situação, cata:

a) Garanta a ela, em primeiro lugar, que ser homossexual (LGBT) não é uma escolha, é uma condição natural do ser humano, como ser heterossexual.
b) Como as mães adoram se sentir amadas, diga que a ama e jamais escolheria causar-lhe qualquer desgosto.
c) Como as mães gostam de se sentirem necessárias, diga que precisa muito do apoio dela, o que não é mentira.
d) Você também pode garantir que ela não teve culpa de nada, já que é uma condição natural e espontânea.

Legal, né? Lembrando sempre que não há receita de bolo e cada caso é um caso. De qualquer forma, o que ela diz pode ajudar a cada um a pensar em sua própria situação, não é mesmo?

Leia a entrevista completa bem aqui que tem muitas outras dicas importantes.