Ai que orgulho!


Sempre adorei protestos virtuais, e acho que é a melhor opção moderna diante dos nossos jovens sedentários.

Por isso, deixa eu mostrar pra vocês uma delicinha de protesto que está acontecendo no Youtube, através do canal Mudança de Gesto.

Esse canal se destina a denunciar todos os bafões que aconteceram nas eleições aqui de Vitorinha, e a bola da vez são vídeos bem-humorados sobre a triste manifestação homofóbica do candidato a vice-prefeito de Vitória, Waguinho Ito, como eu divulguei AQUI.

Bônus: Empurre um idoso

Irreverente, satírico e de super bom-gosto. O que vocês acharam?

Na minha opinião, merecem o Selo Luana da Lapa de qualidade:

Dica do Rodrigo

Já que falamos de um…


…vamos falar também dos outros. A imagem é auto-explicativa:

Clique para ampliar

Queria saber de que maneira o fato de ter ou não um relacionamento homossexual influencia na sua competência num cargo político.

É,  não ter o relacionamento não diz nada sobre você, mas o fato de usar isso como argumento, ah… isso sim diz muito sobre suas ideologias.

Gatas, estamos fodidas de ambos os lados, não tem pra onde correr.

Rola na boca pequena (Clique aqui e aqui) que esse mesmo rapaz também tinha um blog e nele falava absurdos contra gays e o kit gay, usando termos como ‘prática anti-ética’ e citando “pensamentos” inspirados no Bolsonaro para justificar suas opiniões.

Cata o print, pois ele tirou o blog do ar (deixei a janela completa para vocês observarem que o site é o mesmo):

Clique para ampliar

Latrice, responda pra mim, por favor:

Melhor, né?

Quanto a isso, parafraseio um comentário anônimo: “Se você come camarão e porco, tira a barba, trabalha aos sábados, chega perto de alguma mulher enquanto esta está menstruada, usa roupas com mais de um tipo de fio ao mesmo tempo, não vende sua filha como escrava. Você também deve ser condenado ao inferno“.

Aliás, as senhoras sabem quem apoia oficialmente Luciano Rezende? A gracinha do Magno Malta. E a gente tá careca de saber que Magno tem todo um amor pela causa gay, não é mesmo?

Dica da Cristal

Não sabem ainda em quem votar para vereador?


A votação é amanhã! Por isso, seguem os candidatos GLBT’s de estão a frente nas campanhas:

Vila Velha:

Serra:

Vitória:

Cariacica:

E em Nova Venécia, Moacyr Sélia Filho (Moa), a primeira transexual a ocupar um cargo político no país

Não adianta achar que seu candidato hétero vai colocar a causa gay como prioridade. Pois pra ele, que nunca sofreu homofobia, essa não é a maior preocupação.

Mas pra você é. Portanto, façamos como os evangélicos que só votam entre si, temos tanta força quanto eles, ‘GLBT vota em GLBT’ (e os pais, irmãos, tios, amigos próximos TAMBÉM!)

Via LGBT-ES

Neucimar Fraga, uma tragédia política


As eleições 2008 em Vila Velha foram um verdadeiro desastre: sobe ao poder um candidato que persegue minorias. Sobe ao poder um candidato que mente. O candidato da elite (que governa para ela) fez campanha máxima nas periferias de Vila Velha. Ele sabia que perderia nas classes mais nobres (mesmo com os suntuosos jantares oferecidos a nata canela-verde) que, curiosamente, apoiavam Vereza (possivelmente pelo seu apoio a cultura). Houve uma total inversão, o candidato que não vai governar para as minorias foi apoiado pelas minorias econômicas. Bem, nesse caso a gente fica com o que dizia Brecht, não é?!

Vale lembrar: Neucimar Fraga é apoiado pelo satânico deputado Magno Malta e por toda uma corja homofóbica.Depois não digam que eu não avisei.

Verea…


Falando em política, domingo estava eu na praia quando vi uma vã toda rosa com bandeiras da mesma cor e uma candidat@ também percorrendo a orla. O som era uma paródia de It’s raining men. Lá vinha Chica Chiclete (acho que vou votar nela) cheio de panfletos parando nas mesas dos quiosques e se anunciando como candidata. E os velhinhos de Itaparica gostaram do que Chica disse. Ouvi vários dizendo, depois que ela passou, que votaria nela. Também ouvi coisas como “Ela é homem ou mulher?”

Inclusive sobre isso, dizem que um dia desses perguntaram “Chica, afinal, você está concorrendo como vereador ou vereadora?”. E ela sorrindo respondeu:
“Vereatriz!”