Argentina aprova união civil homoafetiva


Nossas hermanas conseguiram:

Do Folha on-line:

Após14 horas de debate, o Senado argentino aprovou, na madrugada desta quinta-feira, o projeto de lei que reforma o Código Civil e passa a permitir o casamento entre homossexuais, tonando-se o primeiro país latino-americano a autorizar o matrimônio de pessoas do mesmo sexo.

Durante a sessão, houve posições a favor e contra tanto dos governistas quanto da oposição. O projeto foi aprovado por 33 votos a favor, 27 contra e três abstenções.

A nova lei prevê a mudança dos termos “marido e mulher” no Código Cívil para “contratante”, além de igualar os direitos dos casais gays aos dos heterossexuais, como adoção, herança e benefícios sociais,

A aprovação causou euforia nos manifestantes que faziam vigília na praça em frente ao Congresso. A Argentina passa a ser o décimo país no mundo que autoriza o casamento entre homossexuais — Holanda, Bélgica, Espanha, Canadá, África do Sul, Noruega, Suécia, Portugal, Islândia e EUA (cinco estados) também possuem legislação favorável.

Pois é, depois dessa grande vitória do movimento LGBT argentino, #ficadica: