8º Piquenique por Todas as Cores do Amor


8_piqueniqueAcontece domingo (19/05), no Parque Pedra da Cebola, o clássico Piquenique por Todas as Cores do Amor organizado pelo Grupo CORES.  Em 2012, o piquenique reuniu mais de 300 pessoas em cada edição. Pegue sua toalha, quitutes, refrescos e junte-se aos amigos, amores e família, sejam eles heterossexuais, homossexuais, bissexuais, travestis ou transexuais. Vamos celebrar juntos um mundo feliz, cheio de gente diferente e de bem com a vida. O evento se inicia às 14h. O Babado Certo apoia o evento e estará presente nesta grande confraternização.

Confirme presença e saiba mais na página do evento no face.

Você sabia…?


A prefeitura de Vitória possui um projeto chamado “Pluricidade” que rola pelo 6º ano consecutivo. Com ele, a população de Vitória tem a oportunidade de ampliar as discussões sobre o respeito à diversidade e a igualdade para todos. Os eventos são realizados em diversos lugares da cidade, com o objetivo de promover o reconhecimento dos direitos da mulher, da população LGBT, da população negra, a educação para o consumo consciente e sustentável e a prática dos direitos humanos.

Alguns eventos que ainda vão acontecer esse ano:

26 a 30 de Novembro
I Mostra Cine Aids Vitória

8, 9 e 10 de Dezembro
Direitos Humanos no Cotidiano

10 de Dezembro
Mulheres Cantam e Encantam Vitória

10 de Dezembro
I Mostra Cultura e Diversidade

11 de Dezembro
III Dia de Cidadania LGBT

12 de Dezembro
V Manifesto do Orgulho LGBT de Vitória

13 a 15 de Dezembro
É Tempo de Mulher

Mais informações, no site do Pluricidade.

Holanda terá famílias LGBT em livros didáticos.


A Noordhoff, maior editora holandesa de livros didáticos, está planejando incluir casais homossexuais em seus textos e exercícios. A editora alega que é muito importante para o material escolar refletir todos os aspectos da sociedade holandesa e apresentar a homossexualidade para as crianças naturalmente.

Por exemplo: Os dois papais vão comprar um porquinho-da-índia. A pet shop oferece desconto de 20% sobre o preço de 17,95 euros. Quanto o casal precisa pagar?

“Livros didáticos estão sempre ligados ao nosso cotidiano”, disse Frans Grijzenhout, diretor da editora. “Quando em um livro, por exemplo, a família sai de férias, nas ilustrações estão sempre a mãe, o pai e as crianças. Existe, contudo, outra maneira de contar a história.”

Futuramente os livros escolares da Noordhof vão respeitar a realidade de famílias com dois pais ou duas mães. Há muito que os livros da editora já trazem figuras de meninas muçulmanas com véu na cabeça e também representantes de outras culturas estrangeiras, diz Grijzenhout. “Da mesma forma nós tornamos reconhecível a homossexualidade para crianças.”

A Associação pela Integração dos Homossexuais da Holanda -COC- reagiu com entusiasmo. Há muito tempo que era necessário colocar um fim à “normatividade heterossexual em livros escolares”, declarou a associação. No entanto, integrantes da associação têm notado em muitos lugares da Holanda que a tolerância em relação aos homossexuais vem diminuindo.

Mesmo toda a campanha de inclusão dos LGBT’s na sociedade holandesa não pode ocultar que os ataques a homossexuais tem aumentado. Até mesmo em Amsterdã, casais gays relatam que se sentem mais inseguros do que antes. Segundo eles, os agressores são geralmente jovens muçulmanos de famílias de imigrantes. Para a COC, o mais importante é que já nos livros escolares “casais homossexuais sejam representados como uma coisa normal”.

Pluricidade – direitos iguais e respeito à diversidade em debate


O Programa Vitória sem Homofobia da Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos da Prefeitura de Vitória nessa segunda (7) promove o evento sobre “As faces da violência contra o segmento LGBT no Brasil“. Começará com um coquetel as 18h (Tá, ótimo!), seguida com palestra com Mott doutor em antropologia e fundador do Grupo Gay da Bahia e encerrará com um show de Silvetty Montilla. Maiores informações com a  Gerência de Política em Direitos Humanos, no  Programa Vitória sem Homofobia pelos tels: 3382-6693/6692/6694/6695.

Né, por nada não, mas tem gente querendo puxar sua peerooka por aqui, Sil! Fica eshperta!