O balanço de Dimmy Kieer (Dicésar) em Vila Velha


Dimmy Kieer chegou ao cerimonial por volta de 3h30. Foi ao palco e deu um rápido recado, que iria tirar fotos com o público e logo em seguida faria o show. Formou-se uma looonga fila nas escadarias do salão para que as gays nervosas pudessem ter um registro da celebridade da última edição do reality show mais famoso do país.

Antes disso, a noite vinha se seguindo bastante mediana: o dj era meio chato, dava muitas paradas na música o que fazia a galera meio que perder o ritmo, o bar apesar de ágil servia uma cerveja quente e pouquíssima opção de drinks (o que me irritou bastante) e havia um número de pessoas bastante inferior do que poderia se esperar para uma festa daquele porte.

Depois de um bom tempo, a drag ocupou o palco e fez o show. Primeiro uma música pop (velha), seguida de alguns de seus sucessos como Bixa Linda, Mona Luxo. Ela dançou junto ao público e causou bastante frisson na galera. Houve um momento vídeo-cassetada em que tomou um escorregão e caiu.

Na parte final do show, ao som de I will survive, ela foi se desmontando aos poucos, até se tornar Dicésar no palco, uma proposta bastante interessante ao meu ver. Daí ela falou com o público sobre a experiência do Big Brother Brasil. Falou do carinho do público, segundo ele o Marcelo Dourado pode até ter ganho o prêmio, mas ele ganhou muito mais de 1 milhão e meio de amigos. Achei legal especialmente um momento em que falou de sua relação com Vila Velha. Disse que veio pela primeira vez ao estado por intermédio da Bianca Castelli (segundo ele quando ela era bonita na época, acreditam?). Elogiou a Chica e seu trabalho por aqui e também da Ângela. Acho muito legal essa fidelidade que as drag queens tem entre elas.

Ao final, voltou a fotografar com a galera. Daí foi minha vez de fazer a linha tiete: lutei a cotoveladas com um punhado de gueis nervosas e consegui não só tirar a foto como elogiar a representatividade da comunidade que desempenhou na Tv aberta. Quando eu ia saindo ele estendeu a bochecha para que eu desse um beijo. Não vi e fui saindo. Ela repetiu três vezes, “me dá um beijo” e eu nem tchum. Ele se irritou um pouco e gritou (de brinks, claro) “Dá um beijo aqui, viado!”. E eu o beijei e ele também me beijou. Ele é DE FATO muito simpático, como bem corre a sua fama no meio LGBT. Adoguei, Di!

Quem foi conta mais aí:

Vida pós BBB 10…


Cerca de 2.500 pessoas foram conferir a primeira apresentação de Dicésar, ou melhor, da drag Dimmy Kieer, após sua saída do BBB 10, o show aconteceu na quarta feira (14/04), na boate Papa G, no Rio.

“Acho importante as pessoas darem valor ao Dicesar e ao Dimmy. Por enquanto o assédio maior é para o Dicesar por causa da invasão que ele fez na casa das pessoas. Não posso mais sair na rua de óculos e boné que o povo me agarra. Estou planejando sair mais vezes montado”, brincou o maquiador em entrevista à equipe do Globo.com.

Dizem as mafiosas por aí, que Dimmy Kieer já foi melhor…

Quer opinar também? Então dá uma analisada no produto, bee: