Sem traumas ou polêmicas, ‘Amor&Sexo’ mostra o primeiro beijo gay entre homens da Globo


beijo_plateia_1

“Foi só um selinho?” Foi só um selinho. Porém, enfim a Globo mostrou o primeiro beijo na boca entre um casal do mesmo sexo. O tema já muito debatido acabou tomando uma proporção muito maior do que deveria ter, afinal, em pleno 2013, uma bobagenzinha como um beijo entre homens ainda cause tanto burburinho é de dar dó.

Mesmo sem conseguir inserir nas novelas – apesar da ENORME expectativa -, o fatídico ato de afeto foi ar de forma simples e sem traumas. O esquema lúdico montado foi o de dividir a plateia em pessoas que procuravam parceiros héteros e homoafetivos. Daí possíveis casais de interesse reproduziam a cena clássica da Dama e do Vagabundo, aquela do macarrão, e se tudo desse certo, davam um beijo no final.

Vejam:

Beijo Gay em Amor&Sexo Globo

Clique para ir à página do programa. A cena acontece a partir do minuto 03:05.

OOOOOWWWWNNNNNN! ❤

A jornalista Glória Maria, que participava do programa, completou após a cena: “Fernanda é o primeiro beijo gay da TV”. Já não  era sem tempo que a maior emissora do país tornasse a discussão sobre a homossexualidade mais abrangente, né? Estaria a Globo ensaiando ampliar a abordagem e o tal beijo gay de novela ser apenas uma questão de tempo? Veremos…

Eu adoro o programa “Amor & Sexo”, primeiro porque tem a Fê Lima que é uma querida que consegue levar o programa de forma autêntica e espontânea, sem repetições ou formulas (fora aquele pão que é o marido dela, néam). Segundo que ele trata de temas que neste nosso país hipócrita são “proibidos” de ser publicizados. Brincando, brincando, a gente vai quebrando barreiras, provocando reflexão sobre mudanças de comportamento e questões sociais.

Será que a Rede Record vai dar basfond assim como deu quando o programa mostrou nudez frontal?

———————–

UPDATE: Bem fui lembrado que esse não é o primeiro beijo gay entre homens da Globo! Já teve um na minissérie Queridos Amigos entre Guilherme Weber e Pedro Novais. Podemos dizer que foi o primeiro beijo autêntico, o primeiro beijo documental. rs

UHULLL, as bichas hackearam o final da Copa das Confederações!


Durante o show de Ivete Sangalo no Maracanã, no espetáculo de encerramento da Copa das Confederações, antes da partida entre Brasil e Espanha, um dos manifestantes que estava dentro de uma das bolas que enfeitavam o gramado saiu do traje e estendeu uma bandeira que pedia o fim do preconceito contra os gays. Veja:

copa da confederações gays

É BABADO OU NÃO É?! É BA-BA-DO OU NÃO É?! (ai, tô empolgado, sorry) .

Testei: Camisinha Feminina


eocu

Desde aquele post sobre a camisinha Origami, tenho acompanhado a página deles no Facebook. E lá encontrei um vídeo (clique aqui para assistir) discutindo sobre a diferença entre camisinha Origami e a camisinha feminina no sexo anal.

Sim, também achei super estranha essa ideia de usar camisinha feminina para o sexo anal, mas lendo comentários na internet percebi que é mais comum do que se imagina.

Como eu adoro sexo e já queria saber como vai ser a sensação de usar a camisinha anal, resolvi testar a camisinha feminina ontem.

Isso é uma camisinha feminina, pra quem não conhece:

camisinhafeminina

Vamos à experiência.

bchecha

Sexta liguei pro meu pau amigo, afinal, a melhor maneira para se testar novidades é com quem já conhece seu corpo ao ponto de fazer o mesmo sexo de sempre, e assim a gente poder ter uma noção perfeita da diferença.

Antonio_del_Pollaiolo_-_Ercole_e_l'Idra_e_Ercole_e_Anteo_-_Google_Art_ProjectSábado comecei os doze trabalhos de Hércules: Chuca, jejum de 6 horas, esfoliação, Veet nas regiões onde a gillette faria um estrago, aromaterapia anal e todo o resto que vocês já conhecem. Segundo a embalagem, a camisinha pode ser colocada até 8 horas antes do ato sexual, por isso coloquei umas 3 horas antes do bafo acontecer.

Quando você coloca a sensação inicial é estranha, dá a impressão de que tem alguma coisa incomodando e a vontade de tirar é enorme. Mas com o tempo o corpo acostuma e fica tudo bem, tipo quando a gente compra um óculos novo e ele incomoda nas primeiras horas, sabe?

sacola_6kgO boy chegou, saí pra beber com ele, tudo com a sacolinha de supermercado dentro do edi. Quanto à mobilidade, não vi problemas, ela se manteve bem firme, mesmo que eu levantasse várias vezes para fazer xixi.

Dali fui pra um motel e começou a putaria.

Assim, esteticamente não é interessante ver aquele anel de plástico do lado de fora, mas isso não pareceu incomodar em nenhum momento. Até porque, com um corpo escândalo como o meu, quem vai olhar pra esse detalhe? Hahahaha.

corpo

Mesmo o beijo grego foi tranquilo (aliás, o lado bom de ter esse plástico pra fora é que ele também protege a parte externa do ânus/vagina, impedindo a contaminação por HPV ou outras DST’s que passam pela pele).

frango-assado1Quanto ao sexo: A penetração é incrivelmente mais fácil, uma vez que ela tem lubrificação interna e externa, ou seja, mesmo que eu não tivesse lubrificante à mão seria possível penetrar sem muita dificuldade. Além disso, não precisar lubrificar evita toda aquela meleca de passar KY na porta, na pica, no dedo e o diabo. Não me senti um frango de padaria besuntado de óleo.

Tudo correu bem, o sexo não me pareceu diferente. E segundo meu pau amigo, a sensação foi a mesma de fazer sem camisinha, já que não tinha nada apertando a neca dele. Nada além da minha apertadérrima kooceta, LÓGICO.

Tão apertada que se me fizer um cunete acontece isso:

cuidado com a lingua

Ai, tranquei com o susto, desculpa!

Outra parte boa de usá-la foi quanto aos sangramentos. Meu reto é sensível demais, então sempre que trepo sangro que nem aquelas virgens árabes. É tanto sangue, mas tanto sangue, que dá pra enganar a família do boy e mostrar o lençol depois… várias famílias.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=_Gl4GLpil_k]

Com a camisinha masculina eu sempre fico muito constrangido com isso, porque na hora de tirar todos eles ficam assustados pensando ter me machucado.

Dessa vez não houve contato nenhum do sangue com o meio externo, pois eu só tirei a camisinha no banheiro, depois do ato. Óbvio, a camisinha saiu toda pintada de urucum, mas só quem viu fui eu.

Ah! Isso vale também pra beesha que não se segura e passa cheque, vai ficar tudo dentro de você e a neca vai sair encerada. Eles vão pensar que você fez a chuca com Veja Multi-Uso e lubrificou o edi com Poliflor.

O boy depois de um cunete na Max

Bofe étnico depois de um cunete na Max

Agora, os problemas:

São dois, ao meu ver. O preço é um deles, uma camisinha dessas custa no mínimo 17 reais o pacote com duas unidades, e você não encontra em qualquer lugar. A praticidade paga por essa fortuna?

ah please

PFVR, né, Max?

E o outro, ela faz barulho! Aham, sem brincadeira, não é o tempo todo, mas de vez em quando, durante o sexo, ela fazia um barulho parecido com quando a gente mastiga bola de soprar. Certeza que vocês já fizeram isso quando criança.

Enfim, valeu a experiência, mas esse preço não permite que seja possível se tornar um hábito.

Entretanto, pra quem faz pouco sexo é uma ótima opção, até porque não é sempre que a gente sai e pega alguém ao ponto de ir pra cama\motel\carro\muro da esquina.

Gastar 17 conto toda vez que for piranhar sem ter a garantia de que vai mamar o bonde não funciona, 17 reais paga muitas cervejas.

Aff, pobre.

Aff, pobre

Porchat e Duvivier se beijam em vídeo de humor


Em mais um hilário vídeo da “Porta dos Fundos”, com temática gay, os atores trocam beijo sinistraço, veja:

Do site A Capa:

(…)

“A ideia era fazer piada com esse ambiente formal, que é uma transmissão ao vivo pela TV ou rádio, misturando-o ao universo gay”, explica Duvivier em entrevista ao jornal “O Globo”, comentando que o vídeo faz uma alusão à famosa dupla Galvão Bueno e Arnaldo Cezar Coelho.

(…)

“Nós todos [do Porta dos Fundos] abraçamos a causa gay, então foi bacana ver o vídeo sendo compartilhado nas redes por quem apoia o movimento”, diz Duvivier.

Fábio Porchat, autor do curta, explica porque o vídeo tinha que terminar com um beijo.

“O final é um beijo porque é mais engraçado assim. Se um abraço fosse mais divertido, teríamos optado pelo abraço. A intenção não era fazer barulho, mas fazer uma boa piada. Mas fiquei feliz de ver que o vídeo gerou uma discussão em torno do tema. Eu, particularmente, defendendo a causa gay”, diz Porchat.

Entre os comentários postados na página do filme no YouTube, há muitos internautas que comemoram o beijo e outros que consideram as imagens “ofensivas” ou “nojentas”. Alguns dizem até que vão parar de acompanhar o canal.

“A gente não liga para o público conservador. É importante empurrar as barreiras para quebrar os preconceitos. Se não fizermos isso, vamos cair no erro da TV aberta, que se preocupa demais com o que o tal ‘grande público’ quer ver. Não queremos ser escravos do público”, afirma Duvivier.

“Não temos medo de perder espectadores ou assinantes do canal. Só fazemos o que achamos engraçado. O beijo foi fácil. Difícil é olhar para a cara do Gregório e não rir!”, conta Porchat.

Legal, né? E beijo gay ainda choca, gente! Pode isso?

E foi ruim?!


As travas reinando no blog esta semana, né? Bobagê, todash somos um pouquinho trava porta-de-cadeia e GRITAMOS a cada novo jargão, a cada novo meme. Você conhece as guei do babado certo por não entender o que elas falam de tanta citação de vídeo de trava que elas falam, de tanta piada interna. Não são bichinhas com roupas de mulhérr, são travestis! Pra elas cadeia é hotel, policias são garçons, beu abôr.

Veja a última a ganhar nosso coração:

[youtube.com=http://www.youtube.com/watch?v=rjauCS0vg9g]

Amém, irmãs?

Já adotei liiiiinda:

– E aí, foi bom para você?

– Foi óóóóótimô…

Um beijos pra quem é traaaavestchy! MUAH!

Mas antes de aterrarem o mangue da Ufes…


… que tal aproveitar os poucos anos que restam fazendo um clipe musical SENSAC… é… um clipe musical:

Eu tô até nervoso ao escrever esse post, porque É TANTA COISA pra comentar, que eu nem sei por onde começar!

0:40 – De cara a gente já tem que lidar com o combo Derby azul + merchandising de cachaça. O copo de água gelada sugerindo que ela está bebendo aquilo é um caso à parte, claro, porque todo mundo bebe cachaça gelada num copo de Uísque, enquanto trabalha, na maior naturalidade.

0:50 – E apenas em DEZ SEGUNDOS, uma foto belíssima do boy fingindo dormir completamente nu, no sofá da sala, nesse festival de fronha de cetim e dermatite de contato.

1:07 – “Olá Jonas”! Olá adstringente, olá pó compacto, olá sombra cremosa, olá pinta com lápis de olho, olá batom cafona.

No dia seguinte…

1:30 – A Síndrome do CrossFox, sempre presente nesses vídeos amadores, néam? Tem uma Hylux, mas não tem nem uma peça de roupa inteira.

1:40 – Macho de frente, mas pintosa de costas… Hips don’t lie.

1:50 – Ah lá! Shakira, CLARO! Se fosse uma sacada do autor, não teria saído tão perfeito!

2:00 – Ele não é gay? Só se for na letra da música, porque no resto do vídeo você só vai pensar em luta de mulheres em ringue de sabão

2:25 – Sem piadas com o vibrato, gentchy! Ele tá mudando de voz, super comum na adolescência.

3:00 – Dica da Dama do Mangue: Ao ver um tarado, basta correr pra dentro d’água uns 4 passos, voltar pra areia e jogar uma bola de lama no meliante. Quero isso nas aulas de defesa pessoal A-GO-RA!

Aliás, me esclarece muita coisa sobre o comportamento dos macacos no zoológico, quando jogam cocô nas pessoas.

3:22 – hahahaha, ME RESPEITE, bee!

3:38 – E agora os dois untam o corpo inteiro de lama pra sensualizar. Será que eles sabem que o solo do mangue é composto PRINCIPALMENTE de matéria orgânica em decomposição?

4:00 – A produtora, com a mesma maquiagem, e agora com uma franja de 6 metros de comprimento. Mas e a pinta? Cadê? Tirou pra fazer biópsia?

E finaliza com as duas batendo palma, como se estivessem achando o ensaio genial. Ela não estaria tão feliz se soubesse o quanto vai gastar com cloro e fungicida pra matar o monte de cobreiro que vai dar na virilha dessa racha.