10 coisas que brocham caras gays


Já que estamos falando de coisas inusitadas que nos dão tesão, porque não falar de coisas que nos tiram o tesão? Afinal tão importante para sentir prazer quanto atingir a excitação é manter a libido, não é não?

Então, enfia a mão dentro da cueca, pensa no boy e vislumbre se nas seguintes situação o seu abïguinho (#valescafeelings) ia se manter animadinho, cata:

  • 10 – Se perguntar “Posso?!”

Falta de pró-atividade no sexo é uó. Bem uó. É quando o boy fica pedindo permissão para fazer as coisas. Tipo: “É, ãhr, agora eu posso colocar o dedinho no seu edí?”. Esse tipo de coisa tem que se usar uma linguagem menos verbal. No caso acima vai enfiando o dedo, se você ver que a bee ficou louca de tesão – provavelmente ela já estará cavalgando na sua mão – beleza, mas se ela fez essa cara:
Saiba que foi tiro n’água, marinheiro. Tenta outra coisa.

  • 9 – Não estar na mesma vibe

Acontece muito. Você é uma bee romântica que gosta de palavras doces e aquele sexozinho feito de forma lenta e carinhosa. O boy é um chucro que quer meter a rola, te rasgar toda, falando palavras de baixo calão e dar uns bons tapinhas na sua cara. Simples assim: não rola direito. Alguém tem que ceder ou

  • 8 – Estar ouvindo música conhecida

Não sei se acontece com vocês, mas comigo sempre acontece. Ligou uma musiquinha pra dar um clima. Daí começa a tocar uma música que você ama, sei lá, La Isla Bonita, por exemplo. Gente, é impossível não ficar dublando!!! Tá lá rolando um keti e a neca já vira um microfone. Fora que o boy tá lá e você está cantando baixinho junto cadiva e o boy fala “O que, você falou alguma coisa?”. Sério, muita concentração é exigida pra manter o foco nessas duas coisas. O mesmo para bons filmes e programas de TV.

"Desculpa é irresistível, amor: ♫'...last night I dream of San Pedro...'♪"

Isso quando não rola uma coreô. Aloka!

  • 7 – Perder o time

"Acorda, Alice!"

Porra, ir rápido demais ou ir devagar demais, tanto quando você já ‘põe’ ejaculando – fail, mano, fail – ou quando você fica ‘4 semanas de amor’ pra terminar o servicinho. Tédio não combina com sexo!

Apesar de que admito que amo quando os boys vem se desculpar dizendo – quando foram muito rápido – que é porque a gente dá muito tesão neles e eles não aguentam. Acho fofo disfarçar disfunção erétil com declarações de desejo ♥.

Vamos combinar, tem coisa melhor que gozar junto?

  • 6 – Feder

Olha, taí uma surpresa que pouca gente gosta, né? Sei que tem gente que curte uma ricota sabor gorgonzola, mas de maneira geral é bom quando chegar do trabalho nestes dias quentes de verão pelo menos dar um truquezinho numa pia. Ajudaê, que a gente te ajuda também, gato. O mesmo serve pra cheque, viu, mona?

  • 5 – Sensações térmicas inesperadas e não bem-vindas

Acho que tanto a música, quando os cheiros ruins vão no mesmo sentido que este item: são sensações audiovisuais, olfativas e tácteis que tiram nossa atenção na hora agá. Gente, nada pior que estar quentinho embaixo do lençol numa noite fria e encostar numa barra de ferro geladííííssima #marilacfeelings. Não é atoa que dão um banhaço de água fria – ou quente, se a pessoa for vilã – em gatos e cachorros pra eles se separarem quando estão cruzando.

Depois não venha chorar pelo Jack perdido, Rose.

  • 4- Falar “Goza, amor, goza”

Rrrrrrrrr, nada me irrita e me brocha mais que isso. A coisa pode estar na portinha, é pedir pra gozar que volta tudo atrás! Minha neca ama trollar pessoas que ficam pedindo pra gozar logo. Se não quer brincar, não desce pro play, porra!

"CALA BOCAAAA!"

  • 3 – Chamar no feminino

“Puta”, “vadia”, “minha garota”, “bichinha” etc. Me brocha. Sou macho, garaleon!

"Véi, pô, véi. Estragou tudo."

2- Estar de mau humor ou fazer “por obrigação”

Nossa, gente que leva sexo a sério demais, que parece estar cumprindo uma obrigação, ou ainda, os famosos “cu doces” – não, não é um edí coberto com mel e/ou calda de chocolate – que tem aquela má vontadezinha, ou também gente que se irrita por qualquer besteira são coisas que fazem qualquer um perder o tesão. Sexo tem que ser feito de forma descontraída, todos tem que querer e “se divertir”

Bom humor é fundamental!

  • 1- Se a mãe e/ou o pai abrirem a porta do quarto 

Precisa falar sobre?!

OMG! Mãe, não é nada disso que você está pensando.

BOMBA! Baixar o porrete, Silas?


Finalmente a máscara desse fascista caiu!

Dá uma  olhada nessas imagens do Manifesto LGBT de São Paulo, no qual foram vinculadas propagandas incentivando o uso da camisinha, mas para isso utilizaram bordões religiosos típicos dos brasileiros:

Acontece que o Pastor não ficou muito contente com a “brincadeira” e desceu a lenha nas gays:

E aí? O que vocês acham? A comunidade LGBT errou por ter vinculado tal campanha ou esse mimimi todo é frescura do pastor que, meses atrás, não se preocupou com quem ia se ofender quando expôs o outdoor abaixo nas ruas de São Paulo?

Engraçado… Inúmeros são os artistas que chutam usam imagens religiosas para criar obras de arte, muitas vezes de teor sexual, e o Silas nunca teve a audácia de induzir seus fiéis a tomarem esse tipo de atitude, foi uma gay publicitária ter a ideia de mexer com um bordão católico que a louca da Malafaia incorporou a Menina Pastora assassina? Eu jurava que incitação à violência era crime… deixou de ser?

Tem caroço nesse angu… vai vendo…