Tchynna voltou… ao Sexy Rose


hahahah eu to viva e não sou zumbi!

hahahah eu to viva e não sou zumbi!

Feriados prolongados foram feitos para quê? Viajar! Sou dessas e nunca menti. Eu sei que muita gente se perguntou por mim (e outras ficaram no recalque), mas não é isso que quero falar agora. Depois de anos, voltei ao Sexy Rose e tenho que contar tudo para as beeshosas do meu S2!

Imagem

Sou discreta na chegada

Era feriado, tinha promoção e eu fiz o esforço de ir para Rio de Gayneiro pela 81928494038 vez.  Marquinha em dia, no dia que deu praia e uns bebidinhas aqui, resolvi com Lidsay – uma amiga que apesar do nome é uma ursa gigante – dar uma volta pelo Centro do Rio. A gata veio com um papo de ver um exposição no tal museu novo, mas deu tanta volta que paramos na Cinelândia. Uma olha para a cara da outra e pensou: partiu, Sexy Rose!

Nada tinha mudado desde a última vez que escrevi sobre lá. A mesma vitrine com manequim prateado e o mesmo sexy shop na entrada.  Como eles sabem que ninguém vai lá para assistir ao filmes nas cabines, eles acabaram com as fichas e a pornográfica corre solta em looping! Arte! Não vou dizer que estava lotado, mas tava bombando!

Imagem

“Sou menina, sou mocinha”

Nunca revelei, mas sempre dou uma “cafuçada” no meu visual quando vou nesses lugares. Prendo o cabelo, ponho um bonezinho e deixo a camisa mais solta. Engana alguém? Nunca! Mas eu me sinto a pedreira. Na parte de baixo, uns cafus gatinhos sentados no sofá. Ou estava no momento entre-gozo ou fazendo a princesa Disney esperando o príncipe aparecer pela porta. Uma beeshosa descia louca pela escada e foi para o banheiro. Pensei em esperar, mas vamos para o andar de cima.

Acabaram com o labirinto-room 😦 Não ia ter show de Drag ou coisa do tipo. E a música tava baixa. Dei umas voltas pelas cabines e todas ocupadas! Não sobrou um glory-hole disponível. Fui obrigada a entrar no grande dark-room. A marofa tava solta lá e eu não agüentei dois minutos de cegueira. Lidsay? Essa se perdeu nas trevas e só encontrei quando acenderam as luzes (já explico).

Resolvi comprar um otin mate – ay como to carioca! E um gato top-top DJ delícia daqueles que você quer fazer um filho com ele ali mesmo subiu as escadas sem camisas – com várias carrancas e hienas no rastro. Foi tomar um ar. Apareceu uma bicha tão grande, mas tão grande que a Lidsay parecia anã. O circo estava completo! A bela das belas tomou seu ar, deu uma volta e se atracou com uma delicinha com alargador na orelha e camisa do nirvana vintage! Se eu tivesse com o exú-voyeur tinha estacionado ali, mas queria baixaria amor e carinho. Voltei para a DR!

Imagem

Não tá fácil para ninguém

O babado tava quente. Mãos na minha neca, dedos na minha calça e muito gemidinhos. Os olhos se acostumaram, mas era tanta gente que só dava para sentir mesmo. Começa um empurra-empurra e páhhhhhhh acendem a luz! O povo corre que nem vampiro, mas alguns ficam com cara de onde estou.  Quase todo mundo, quer dizer. No canto, uma bicha empinativa dava lindamente para um boy pequeno e magrinho que bombava como se não houvesse amanhã. 30 segundos depois, os dois perceberam que as luzes estavam acesas e o povo assistia tudo e admirava que aquele rapaz tinha quase mais neca do que altura! O boyzinho puto parou tudo, suspirou e reclamou: “Não se pode nem mais trabalhar em paz”. Corta! Ele guarda a neca dura e sai do Dark. Apagam a luz!

Não, a história ficou longa, mas não acabou! Fui investigar o motivo de acenderem a luz assim do nada! Corri atrás de Lidsay! E aproveitei uns corpinhos. Tudo isso conto depois.

Um beijxxx para as recalcadas – já expulsamos as invejosas e lambidas nas beeshosas que eu amo!

Uomini voltou, Tchynna está voltando!


Já volto, beeshosas do meu s2

Olá Beeshosas!!!

Eu sei que as senhoras sentem a minha falta e eu de vocês,mas estou aproveitando essa baixa do dólar para reencontrar minhas amigas que foram embora do Brasil e trabalhar horrores – não, não estou vendendo meu corpo! Logo, logo, Tchynninha, essa delícia em forma de sereia, já volta com os babadinhos.

Até lá, a minha dica é se jogar e se divertir com outro comeback mega esperado nas redes. O Cris, aquela delícia que escreve o blog Uomini, está de volta a ativa – passiva ele nunca deixou… O lindinho ficou um tempo fora depois que o Uórdpress tirou o blog dele do ar por conta de uns fotos baphoentas. Agora, ele está arrasando com Tumblr da vida com direito a um podcast LUXO!

Já foram dois episódios do podcast e uns textinhos rápidos. E quem acha que ele voltou mais comportado…

Beijoxxxx