Escreveu não leu, o pau comeu…


O que mais se fala no momento é sobre a incitação à violência promovida por um funcionário da Jovem Pan Maringá, Douglas Alan, cata:

Clique para ampliar

A organização da Parada Gay de Maringá não curtiu a ideia, comunicou os orgãos competentes e deu um chega mais em Douglas, que publicou hoje, há pouco menos de uma hora, o seguinte pedido de desculpas em seu Facebook:

E aí, leitoras, vocês acham que o pedido de desculpas foi suficiente para o que ele fez, ou concordam que enquanto as leis não se fizerem presentes esse tipo de incitação à violência vai continuar acontecendo nas redes sociais? Uma vez que basta ‘pedir desculpas’ que um grande arco-íris se abre na testa do homofóbico.

Nunca dá em nada, Max.

Via Maringay