Thalia Bombinha na Bojangles: resumo


Sábado, 1º de maio de 2010, dia do trabalho. Bojangles. A boate não estava lotada, mas também não estava vazia, sabe como é, eu costumo chamar de “no ponto” (apesar de adorar um apertozinho goshtoso). Como eu já havia dito a Thalia Bombinha é tipo o Dedé Santana – dá suporte para piadas, não as faz- das drags paulistas, portanto, o show foi bom, só bom.

Ela chamou umas rachas (eram?) para baterem cabelo no palco. Nessa parte do show Michele Summer – a drag capixaba -caiu em cima de um carinha que estava sentado no palco, foi hi-lá-rio. Depois ela chamou umas bees para também bater cabelo… Morri!

O melhor de tudo foi quando subiu ao palco uns bophes (eram?) e sensualizaram total, um desceu a calça e mostrou cuequinha e tudo. Cata:

Ela terminou o show fazendo o famoso “bonecão de Olinda”, sua marca.

Ah, Bojangles, há de se melhorar a agilidade nas transações etílicas, é, na venda do otim, fia! Porque é uó esperar para beber. Aliás, uma galera que costuma comentar aqui estava lá dando close (te viram, Inhaêêê!).  No mais, quem foi, comenta aí:

Promoção Relâmpago: B&B


Quer ir no 1º Baile de Máscaras da Bojangles, com show de Angela Jackson e Gogo Boys, de graça pelo Babado Certo?! Pois é, meu beimmm, a boate nos deu para sortearmos 7 cortesias para o sábado (10). Na verdade, deu 10, mas nós já catamos os nossos, porque não estmos mortas, néam?! Para ganhar é só mandar um e-mail para o endereço el_de_seo@hotmail.com com o título “Promoção”, mais seu nome completo e telefone (para colocarmos na lista amiga do Babado) no corpo do texto. Os primeiros a enviar ganham! Não é demais?!

Até sexta-feira a noite, os vencedores receberão um e-mail confirmando (não divulgaremos dado nenhum aqui no blog). E é 1, é 2, é 3… VALENDO!

——————————————————

UPDATE: Sou mesmo uma mãe para vocês (e o Luiz dono da Bojangles é bonzinho demais também)! Como em poucos minutos de promoção já haviam completado a cota, eu pedi mais e ele ofereceu mais 10 ingressos. Mandem seus nomes logo, galere! E um beijo para quem é travestchy e vai estar na Bojy sábado.

Minha querida buatchy!


É sempre a mesma coisa: um post sobre boate, daí começa o babado e a confusão, longos diálogos de argumentos e contra-argumentos, muitos deles agressivos. Claro que nós do blog adoramos tudo isso, ontem mesmo com a história do Bojangles a audiência deu um duplo-twist-carpado e foi as picas. A passionalidade da participação é tanta que tô quase motivado a dizer que a relação bee-boate equivale a relação hetero-time de futebol.

Não vou mentir para vocês, já fui fascinado também por uma boate, a Move. Ia todo fim de semana e queria que todos meus amigos também fossem, principalmente os héteros. Participava ativamente da comunidade da boate no orkut, queria conhecer tudo e a todos e seria capaz de morrer por um vip (que pouquísismas vezes consegui). Por conseguinte falava mal e queria acabar com as boates concorrentes, na época, a Heaven e a Chica, pois inconcientemente achava que todos tinham que se obrigar a experiência Move Music. Tudo mudou quando comecei a namorar meu companheiro atual (com os anteriores ia na Move numa boa). Com meu coiso lindo, a Move não dava certo. Toda vez que eu iamos sempre tinha uma briga homérica, dessas de jogar aliança na cara, choro, agressão física… Na época, cheguei a falar com o promoter Thiago (lembram dele?) quando ele me perguntou via msn porque eu havia parado de ir a boate: “Não dá certo, Move com namorado não dá certo”. E ele concordou.

logos boatesDaí passei a frequentar a Chica, pois a boate da Chica sempre significou outra coisa para mim que foi a de ir, dançar e se divertir, o que na Move também existia, porém lá incluia dar close, fazer carão e flerte sexual (já fiz cada coisa que infartaria qualquer moralista). A Chica foi um lugar para rir e brincar com os amigos. Daí comecei a preferir a Chica, pois lá a coisa funcionava melhor, além de ser bem mais perto. Foi nesse contexto que surgiu o blog, para que se situem. Quando voltei na Move, quase um ano depois, achei a boate muito chata, as pessoas de quando eu frequentava já não eram as mesmas e a batida do dj era algo que especialmente me incomodava, a tal ponto que fiquei extremamente entediado. Nesse dia, oficialmente deixei de ser um movet. Entretanto, nunca deixo de dar todo o crédito àquele lugar que querendo ou não foi muito além de uma casa noturna, foi um espaço de convivência e de descoberta de mim e do outro.

Bem, essa história toda foi para discutir com vocês esta proximidade que as bees criam com a esse espaços que beiram em muitos casos ao fanatismo. Segundo o Wikipedia o fanatismo

é qualquer coisa extremista, muito exagerada. Uma pessoa fanática tem comportamentos excessivos, particularmente por uma causa religiosa ou idéia ou política ou até mesmo atos extremos, ou com um entusiasmo obsessivo para uma postura ou um passatempo.

Então, pode ser isso, ou pode ser também que quanto mais gente num lugar, mais opção pras pegações. Pode ser a idade também,  a imaturidade. Mas aí eu deixo que cada se expresse sobre o tema. Ou não.

Nota – Bojangles


Devido a alguns comentários negativos a Bojangles enviou-nos uma nota por e-mail de esclarecimento sobre a abertura no domingo:

Mediante aos comentários feitos no blog Babado certo, gostaria de esclarecer que a Bojangles reabriu suas portas com todo carinho para o público capixaba, direcionada especificamente ao público GLS. Informamos que mediante conversa entre os proprietários e o DJ residente, foi feita uma proposta de parceria para que o mesmo ajudasse a reabrir a casa neste seguimento.

Feito isto, no dia seguinte o DJ junto com a direção da casa em APENAS UMA SEMANA reestruturam-na por completo, esquecendo o que era dia, o que era noite, na única preocupação de poder fornecer um espaço para o público se sentir bem e se divertir nos finais de semana.

Nós não queremos ficar ricos, tirar proveito do público, ser concorrentes, sermos melhores e nem piores, gostaríamos apenas de ser a Bojangles aberta para todos que desejam ter uma noite interessante e divertida entre amigos e conhecidos.

Imprevistos acontecem, mas estamos trabalhando para poder saná-los o mais rápido possível. Infelizmente, tivemos pequenos problemas com o som, comandas, bem como outros detalhes citados nos comentários do blog. Nada na vida é perfeito e nem imperfeito, mas nós como profissionais abrimos a casa no intuito de presentear ao público GLS e faremos o que for preciso para agradá-los, todos os quesitos que por hora estavam em falta serão sanados para se adequar a uma qualidade melhor.

Não basta abrir as portas, colocar um som, contratar profissionais, existem coisas mais pesadas e árduas por baixo disso e nós nos lançamos sem medo de tais fatos, acreditando no público GLS.

Bom, só temos a agradecer a todos com o maior carinho pela presença, pelas dicas e atenção dada durante a noite e é certo de que vamos chegar a um ponto positivo sempre tendo em vista a qualidade requerida pelo público.

Atenciosamente;

Dj Alex Brazil
Bojangles Music Bar e Boate.

Achei zuper atencioso da parte deles e vocês?!

Tão sabendo do bapho?!


Nova casa noturna em Vila Velha… Aliás, ela não é bem nova. É a Bojangles Music Bar, uma que fica no centro de Vila Velha, perto da Univila,  que era uma casa hétero e que agora virou buatchy G-A-Y! O dj Alex Brazil que tá puxando o bonde dessa nova empreitada e ele promete inovar. Nunca fui na Bojangles, então vejam comigo como é que é lá:

boj1boj2boj3Fico chocado que há alguns meses atrás a gente tinha tédio de ter que ficar indo ou na move ou na Chica, e vejam agora: temos quatro, Q-U-A-T-R-O, QUATRO opções de casa noturna LGBT no estado. Ai, gente, fico emocionada! Tô me sentindo em São Paulo, Rio, NY, Ibaza… ALOKA!

A perigosa da Dj Alex vai inaugurar bem no final de semana que a sua rival mais direta, digamos assim, a The Pub estará fechada para reformas para se adequar as leis anti-fumo, (BESHA DOIDA ESSA DÉ) no dia 4 de outubro, domingo (saiba mais aqui). No dia 10, ele vai promover uma festa ba-ba-dei-ra de máscaras eu vi uma bee feia sorrindo?!. Olha o flyer:

Vou procurar saber mais e bato tudo para vocês! Tô pensando seriamente em ir… Ai, desculpa, gente, sou viado, adoro uma inauguração!