Whey + Feminilidade = Antídoto contra homofobia


Sabe quando aquele funkeirinho passa do seu lado na rua e grita “viadinhoooo!” e você, biluzinha raquítica e indefesa, é obrigada a engolir o desaforo porque se reclamar periga de levar uns tabefes?

Pois seus problemas acabaram! Veja como essa heroína se saiu diante da homofobia sofrida:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=aCGzck0uIAs&desktop_uri=%2Fwatch%3Fv%3DaCGzck0uIAs&app=desktop&hd=1]

Quebrou o caralho todoooooooooooooooooooooo!

tumblr_lyc7kwR3So1qdejcbo1_500

MA-RA-VI-LHO-SA! E o shortinho é só um plus pra afrontar ainda mais a masculinidade do homofóbico.

Quero emoldurar uma foto dessa gay e colocar na minha sala, como inspiração. ❤

 

 

Nós!


Me identificando demais com essa beesha!

Pense naquelas situações que você tá brigada com o boy que ama, mas no fundo tá doida pra dar pra ele:

[youtube https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=ECV9nzRNxOA]

Tá encostada, disso não há dúvidas, até mortal o viado dá! Tempo de quebrar o pescoço naquela segunda pirueta. Coitada, alguém tem que comer essa bee, é uma questão de saúde pública.

O vídeo é tão piada por si só que eu nem sei o que comentar. Portanto, vou colocar um gif de um boy gostoso, porque um boy gostoso é argumento para qualquer discussão:

001474

SAI DAE CE VAI MORRE VIADO

Dica do Raphael

Vamos tentar ser compreensivas


Cata a notícia abaixo:

Que gracinha, eu também brincava de boneca quando era criança, me lembro que eu e minha prima (hoje sapatão) trocávamos os brinquedos quando nossas mães não estavam por perto, e quando elas passavam destrocávamos na velocidade da luz, pra ninguém perceber que eu estava brincando de Barbie e ela de carrinho.

Não sejamos como os heterozinhos misóginos, gente! Não há ligação nenhuma entre um menino brincar de boneca e a sua sexualidade… bem, não com ESSE tipo de boneca, néam?

Porque conheço beesha que com 10 já tava schupan … *ALERTA MAGNO MALTA! ALERTA MAGNO MALTA!*

I’m judging you que fazia isso aos 10 anos

Dica do Diego, via Grupo Babado Certo

TEM COMO NÃO ♥AMAR♥?!


Valeshca Popozuda a diva mor das pirigosash, daquelas que não saem de casa se não for pra fechar negócio, está preparando uma surpresinha pras guei na parada de Sampa, chupa:

Enquanto a gente se corta de ansiedade esperando esta maravilha “vazar”, vamos decorando a letra pra arrasar casamiga na Black House? Qüenda, maricona:

Vem meu bem não tem ninguém
Apaga a luz relaxa e vem
Suei, beijei, gostei, gozei
Sou Bi, sou free, Sou tri sou gay

Cheguei na Boate e ao som do bate cabelo eu vi
Não sei o que senti
Mona aguenda o que vi

Senti um calor e na pista desci ao som do dJ me liberei
Te olhei e percebi, que aqui posso ser Free

Dança comigo, sente meu som
Dança comigo, e sente o que é bom

No bate cabelo na pista senti
Seus lábios aos meus senti que sou free

Beijei uma mulher (risadas)
Um gosto bom eu senti
Eu posso ser livre ou posso ser Bi

Vem DJ coloca o bate cabelo

Vem DJ aqui todo mundo é free
É homem com homem arrasa as bee

Sinbora DJ que eu quero cantar
Mulher com mulher é bom de beijar

Se joga na pista e venha ser free
Bate cabelo comigo é assim

Vá se preparando!

É sair o mp3 pra virar meu ringtone! ♥