Ui, estão com medinho?!


Cata que notícia bizarra:

Tem causado polêmica na Bahia a presença de uma transexual entre as participantes do concurso Miss Bumbum 2012. As candidatas ao título Dani Katty, Mulher Perereca, Mulher Jambo e Mabelle realizaram na última quinta-feira, 23 de agosto, um protesto contra a participação da transexual Amanda Sampaio no concurso.

As quatro foram às ruas da capital baiana mostrando o principal quesito do concurso e carregando uma faixa com os dizeres: “Organizadores do Miss Bumbum: na Bahia tem mulher bonita, não precisa de transexual”. Mas os idealizadores do concurso já defenderam a presença da transexual na disputa dizendo que não há nada de errado na participação dela.

Hauhauhauhauhauhauhua! Estão trancando o edí – sem trocadilho – porque não cumprem o requisito! Afinal, se estão protestando é porque a água está batendo na bunda – ops. Todo mundo sabe que as nádegas masculinas são muito mais bonitas que as de mulher, não têm estria, não têm celulite. E por mais que Amandjeenha Transh hoje seja mulher, a genética ajuda, né, bebês?!

Go, Amanda! Tomba as racha tudo!

“chora no edí, beu abôr!”

Fonte: Mix Brasil.

Conte-nos seu carnaval!


O carnaval celebra a quebra da ordem, da lógica do poder da maioria. Tudo é botado de cabeça pra baixo: os poderosos virão alvo de risada, velho vira criança, a mulher vira homem, o homem vira mulher, travesti! Plumas, paetês, brilho, montação. Xoxação. PEGAÇÃO! Tem festa mais gay que o carnaval, gente?

Ano passado, junto com nossos leitores fizemos uma cobertura babadeira do carnaval capixaba. Simplesmente cada um veio e contou sua experiencia de carnaval. Lembram? Tá aqui e aqui. Dessa forma, conseguimos estar onipresentes em vários blocos, festinhas e arruaças deste estado e de outros.

Este ano a proposta é repetirmos o modelo: vão, se joguem, sambem na cara das carudas, façam pegação, enfim, divirtam-se e depois, enquanto curtem uma ressaca babadeira na quarta-feira de cinzas, contem tudo o que viveram aqui mesmo neste post ou mandem textos, fotos e vídeos pro meu e-mail: el_de_seo@hotmail.com. Depois vamos organizar tudo num post!

Aproveitem o feriadão, monas, que nós vamos fazer o mesmo, aqui vai ficar num clima de recesso. E usem camisinhas, suas danadas.

♪ “Com que roupa… eu vou?”♫


Tá em dúvida no modelito de hoje a noite, gata? Que tal se inspirar no Lady Gaga Look Book?

É um site zuper legal que faz um apanhado das roupash eshcandalo usadash pela cantora/diva/performer. Curti o body de oncinha… Vou arrasar no bar do (Ma)Lucas hoje? Via Moda e Recicalgem.

Por falar neste travesti maravilhoso, viram no Papel que a Elton John disse ao ouvir a nova música dela, “Born This Way” (do novo álbum homônimo), que esta será a coroa de “I will Survive”, sendo o novo hino gay? O dedo não, fia, tô enfiando a mão no edí e rasgando até a nuca de ansiedade. Já quero ficar em fila (ui!), com a mão no peito (uma, a outra na mala do bophe) e cantar linda enquanto se hasteia a bandeira do arco-íris na frente do Palácio Anchieta #combinandoflashmob.

“Contagem progressiva” ou “Rumo a 1 milhão!”


Se as senhoras são atentas perceberam que temos um contador de visitas (únicas/dia) bem na parte inferior da coluna lateral que marca o número de acessos do blog desde sua criação. Menina, cata em que número já está chegando:

CONTAGEM RUMO A 1 MILHÃO DE ACESSOS!!!

Nossa expectativa é que até domingo no máximo a gente chague lá. Eu ouvi alguém gritando pra fazer uma festa pra comemorar? Han, ouvi?! Mais alto…

Efeito cascata: outra Vitória!


GayBaby Boom

Beeshosaaaas, olha que delícia: vou falar outra vez de um assunto na mesma semana. Depois do Supremo Tribunal Federal ter dado ganho de causa para a adoção de duas crianças para um casal de lésbicas no Rio Grande do Sul, é a vez do Tribunal de Justiça do Mato Grosso conceder por unanimidade a guarda de um criança para um casal de gays! Babado!!!E olha o que disse a desembargadora Maria Helena Gargaglione Póvoas quando deu seu voto: “De todas as discriminações de que são vítimas os homossexuais, a negativa de reconhecimento de direito de ter filhos é a mais cruel, por tornar inviável a realização pessoal do indivíduo que sonha em ter um filho, neto e transmitir e receber amor e carinho”.

Gente, eu fico muito feliz. Primeiro, porque é mais uma criança que não vai ficar mofando em um orfanato a espera de pais que nunca virão. Segundo, e tão importante quanto, é o fato de a justiça abrir mão do preconceito e ver que a orientação sexual em nada tem a ver com caráter e capacidade de dar uma boa educação! Estamos arrasando!!!