Top Five do Pop 2011


Agora é nossa vez! Neste clima goshtoso de retrospectiva, vamos relembrar os 5 melhores momentos da pop music que mais nos marcaram em 2011? Aquelesh que levaremos na memória e em nosso heart ♥? Vamash:

5 – Katy Perry e o Julio de Sorocaba

Foi um ano de grandes shows internacioanis nas terras tupiniquins. Teve Britney e milhares de bees gritando “Oh Oh Oh Oh”, teve Rihanna curtindo nossa caipirinha, teve Shakira cantando com Ivetão, teve adolescentes jogando calcinha na cara do Justin Bieber, enfim. E teve Katy Perry no Rock in Rio e uma bee que virou web-celebridade instantânea depois que:

“Juli.. Oooh!”

4- O ovo de Gaga

O ano iniciou com o aguardadíssimo álbum Born This Way, da cantora Lady Gaga. Sempre com performances memoráveis – como a que trouxe a público seu alter-ego masculino Jo Calderone – Gaga abalou ao chegar a premiação do Grammy dentro de um ovo. O single-título do álbum teve sua estreia marcada por acusações de plágio que não tiraram em nada o brilho e a fechação da apresentação:

3 – Beyoncé e a performance de Run the Word (Girls) no Billboard Music Awards

Este ano ela deu o que falar por conta de sua gravidez – que chegou-se a suspeitar ser falsa. Lançou um álbum (4) e vários clipes. Mas o que realmente deixou o mundo de queixo caído foi a performance fabulosa do single Run the Word (Girls)! Foi acusada de plágio e copiadíssima. Arrasa, Bey:

2 – A morte de Amy Winehouse

Em janeiro, ela veio ao Brasil pela primeira e última vez. O mundo chorou sua morte acontecida em julho. No fim deste ano, foi lançado um álbum póstumo Lioness Hidden Treasures no qual inclui o clássico da Bossa Nova ‘Girl from Ipanema’. Pra mim Amy foi o maior presente e a maior perda que este século nos deu no quesito música.

1 – Adele!

O fenômeno Adele, por si só, foi a grande revelação deste ano. Desbancando várias divas, a gordinha deu nó na garganta de muitas bees embalando crises de dor de cotovelo… Sem dúvida É a diva gay do ano:

Morre Amy Winehouse, uma artista de verdade


Acaba de ser confirmada a morte da cantora inglesa Amy Winehouse. A cantora que tinha 27 anos foi encontrada morta em sua casa às 16h (horário de Londres). A morte foi confirmada pela polícia e apesar da causa ainda não ter sido divulgada oficialmente, é quase certo que seja overdose.

Era uma tragédia anunciada, todos sabiam que isso ia aconteccer mais cedo ou mais tarde dado aos excessos da cantora. Uma grande perda pra música contemporânea, talvez a maior que poderia acontecer, já que Amy é, na minha opinião, a maior cantora em importância artística  do nosso século.

Eu fiquei tristíssimo porque eu amava essa racha e seu trabalho. Morreu de seu trabalho sempre feito a base muita paixão e intensidade. É dessas que sentiam demais e conseguem expressar de forma tão grandiosa esses sentimentos, mas o corpo não suporta a dor de viver e buscam escapismo nas drogas. É o caso de artistas como Janis Joplin, Billie Holliday, Kurt Cobain, Alexander Mcqueen… Vítimas da fama e da pressão de ser. Cumpriu sua sina. Sua morte será a cereja do bolo de um romance moderno que a mídia  narrará a exaustão até perder o sentido.

Ouçamos mais uma vez sua linda voz, que sempre se manterá viva por meio de nós, seus fãs:

TODAS CHORA (mesmo) 😥

Só depois do carnaval mesmo!


Sim. Só depois do carnaval que o Brasil começa o ano. Maria Alice Vergueiro estava correta em afirmar que a pantera fica ali quieta, até que. ..Pááá!Justo quando achava que a minha vida perdia um pouco o sentido, a minha musa maior resolve acabar com suas férias no Caribe. Marque a alternativa que melhor se enquadra em sua volta a Londres:amy_winehouse_4_wenn1832955

A- ( )   Converteu-se  a igreja do Edy Macedo, e corre para coloca o nome na fogueira Santa de Israel
B- ( )     Foi encontrar a Jolie, e juntas partiram rumo ao Camboja onde adotarão gêmeos
C- ( )    Ficou bêbada no vôo, com direito a barraco com passageiro que a olhou torto

Palhaça não!

Palhaça não!

Colocar a Amy em um vôo é o mesmo que colocar um siri na lata. Adoro! Já Madonna, apelidada pelo seu ex de it(coisa), recebeu um presentão em sua humilde choupana. Vários exemplares do livro It, de Stephen King, e cópias do DVD da adaptação para o cinema. Inveja desse povo criativo!Ainda bem que ela conta com o conforto que Jesus proporciona.

Em terras capixabas a polêmica saída dos promoters da Move  Music continua rendendo. Dizem que já existem novos, e que o flye já circula.   Cacaw ( I back!), Cadu, Synthia. Claro que já procurei o Orkut para vocês já ficarem amigos!

Sobre Madonna, li no ótimo Salada de Frutas.